Concurso PF: aval com 1.500 vagas é oficialmente publicado

A portaria autorizativa que dá o aval para a realização do concurso PF foi finalmente publicada no Diário Oficial da União. Veja!

11/12/2020 08:02 | Atualizado: 21/12/2020 11:10

Por: Mateus Carvalho

11/12/2020 08:02 | Atualizado: 21/12/2020 11:10 - Por: Mateus Carvalho

Após a confirmação na última quarta-feira, 9, e muita expectativa pela publicação por parte da Imprensa Nacional, o aval do concurso PF foi oficializado. A portaria autorizativa foi finalmente divulgada no Diário Oficial da União desta sexta, 11.

O documento é o mesmo que já havia sido divulgado por Folha Dirigida, após ser disponibilizado em consulta no Sistema Eletrônico de Informações (SEI) do Governo Federal.

Confira a portaria autorizativa do concurso PF
confira

Embora o presidente Jair Bolsonaro ter anunciado constantemente 2 mil vagas para a seleção da área policial, a portaria se confirmou com 1.500 vagas, tendo a seguinte distribuição:

  • agente de polícia - 893 vagas
  • delegado de polícia - 123 vagas
  • escrivão de polícia - 400 vagas; e
  • papiloscopista policial federal - 84 vagas.

Todas as carreiras exigem nível superior em qualquer área, com exceção do delegado, que precisa de curso superior na área de Direito. Além disso, também será obrigatório para todos os candidatos o requisito da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) na categoria B ou superior.

GIRO ESPECIAL SOBRE AVAL DO CONCURSO PF TRAZ DETALHES E ENTREVISTAS
ASSISTA!!

A remuneração do policial federal em início de carreira é de R$12.980,50. Mas, para o delegado esse valor é ainda mais atrativo, tendo ganhos mensais de R$24.150,74. Para o delegado, haverá, ainda a comprovação de três anos de atividade jurídica.

É importante destacar que, para todos os cargos, o regime de contratação é o estatutário, com estabilidade. Este é um dos principais benefícios de se tornar servidor PF.

(Foto: Divulgação)
Concurso PF tem aval publicado no DOU e confirma 1.500 vagas
(Foto: Divulgação)

Edital do concurso PF: quando será publicado?

Agora que o concurso público da Polícia Federal foi de fato autorizado, a pergunta que paira na cabeça do candidato é: quando será publicado o edital de abertura com todas as regras e cronograma completo?

Essa informação ainda não foi confirmada pela corporação, até porque ainda falta a contratação da banca organizadora.

No entanto, esse evento não deve demorar muito para acontecer, já que o próprio presidente da República, Jair Bolsonaro, disse em diversas oportunidades que o edital está pronto e sendo finalizado.

“Não é por causa disso apenas. É por outras questões que o governo federal autorizou, os editais estão prontos já. No ano que vem, abriremos vagas para 2.000 policiais federais e 2.000 policiais rodoviários federais. Isso é investimento porque, só no que se aprende em bens e valores, dá para pagar várias folhas da PF. Em especial, de maio para cá, a PF tem feito um trabalho cada vez mais profícuo”, disse o presidente.

Com isso, o documento deve sair tão logo a banca for confirmada - já que a PF tem histórico de preparativos internos acelerados. Além disso, já se sabe que os trabalhos estão avançados, isso antes mesmo do aval no DOU.

curso para PF

Presidente da APCF repudia ausência do perito no aval do concurso

Infelizmente não foi surpresa para ninguém a ausência do cargo de perito na autorização. Os quatro cargos foram os solicitados pela corporação e já estavam confirmados pelo governo, em tese.

Mas, na última quinta, 10, a Folha Dirigida ouviu o presidente da  Associação Nacional dos Peritos Criminais Federais (APCF), que lutou do início ao fim para garantir a presença da carreira na próxima seleção.

Ele repudia a ausência da carreira de perito no aval do concurso. Ele enxerga que fazer um concurso público sem contemplar a categoria contribui para o enfraquecimento do Estado de Direito e o combate à criminalidade.

“A perícia criminal trabalha com base na ciência. Apontamos culpados, mas também inocentes, de forma isenta e equidistante das partes. O déficit de peritos certamente prejudica a instrução do processo penal e a ampla defesa e, assim, o Estado de Direito fica enfraquecido. O concurso para as categorias que compõe a Polícia Federal é fundamental. É lamentável e muito preocupante, contudo, a ausência de vagas para perito criminal federal”, foi o que pontuou Marcos Camargo, presidente da APCF.

Resumo concurso PF 

  • Órgão: Polícia Federal
  • Vagas: 1.500
  • Cargos: escrivão, papiloscopista, delegado, agente
  • Escolaridade: nível superior
  • Status: autorizado
  • Banca: a definir

O que precisa ter para concorrer no próximo concurso PF?

CarreiraRequisitosRemuneração 
AgenteNível superior em qualquer + CNHR$12.980,50
EscrivãoNível superior em qualquer + CNHR$12.980,50
PapiloscopistaNível superior em qualquer + CNHR$12.980,50
DelegadoNível superior em Direito, experiência de três anos + CNH R$24.150,74


Confira o material de preparação da FOLHA DIRIGIDA e comece já os estudos para o concurso!

✔ E-books 
✔ Provas para download
✔ Artigos sobre concursos
✔ Editais verticalizados
✔ Vídeos com dicas

Quer receber novidades sobre concursos?

Cadastre-se para receber e-mails com asnotícias em destaque da semana, dicas de preparação, novidades da Folha Dirigidae muito mais!

Carregando...