Concurso PF: com déficit de perito, APCF tenta criar mais 200 cargos

A Associação Nacional dos Peritos Criminais Federais luta pela criação de mais 200 cargos de perito para suprir o déficit da corporação.

28/08/2020 15:25 | Atualizado: 21/12/2020 11:30

Por: Mateus Carvalho

28/08/2020 15:25 | Atualizado: 21/12/2020 11:30 - Por: Mateus Carvalho

O próximo concurso da Polícia Federal já está autorizado de maneira informal. Mas, mesmo sem um aval documentado, já se sabe que a oferta não contemplará o cargo de perito criminal federal. Mesmo assim, a APCF tenta a criação de mais 200 cargos.

Além dessa criação, a corporação ainda comentou que o déficit permanecerá mesmo com a chegada dos aprovados do último concurso, e que se faz necessário mais servidores.

A Associação Nacional dos Peritos Criminais Federais considera insuficiente a quantidade legal de cargos que a Polícia Federal tem, atualmente, de perito criminal federal.

Por isso, há um projeto da própria associação que visa a criação de 200 novos códigos de vagas para essa carreira. A distribuição por área não foi informada, mas a luta é incessante.

Essa luta, inclusive, é travada de forma direta pelo próprio presidente da APCF, Marcos Camargo, que considera não haver vagas para peritos no próximo concurso uma medida completamente equivocada do atual governo.

Último concurso PF preenche apenas 60% do déficit de peritos

De acordo com a APCF, atualmente a Polícia Federal tem um quadro com 1.100 profissionais de peritos criminais na ativa. Mas, ainda não é o suficiente para desenvolver todas as atividades de maneira eficaz.

A PF, portanto, soma 90 cargos vagos. Esses, em sua maioria, serão preenchidos pelos aprovados do último concurso, de 2018.

Mas, o edital com 500 vagas reservava apenas 60 postos de perito. Isso dá cerca de 66,6% do déficit atual de 90 cargos vagos que seriam supridos de forma imediada.

No entanto, cabe ressaltar que a PF, bem comoa  PRF, recebeu aval para chamar os excedentes, os aprovados além do número de vagas imediatas. Dessa forma, o déficit ficará ainda menor.

De qualquer forma, a categoria de peritos criminais repudia um novo concurso que não contemple a carreira, pois as atividades de perícia são tão essencias quanto e precisam de um reforço ainda maior.

"Fazer concurso da Polícia Federal sem contemplar a perícia criminal federal é completamente equivocado", destacou o presidente da APCF, Marcos Camargo

O presidente destacou, ainda, que exite um déficit na corporação, mas que essa carência contempla todas as categorias, incluindo o perito criminal federal. Logo, todas precisam de concurso público. 

"Isso é inegável. Os peritos criminais federais também precisam, pois estão incluídos nas categorias funcionais da Polícia Federal."

Assim como os demais cargos da área policial, o perito exige nível superior. Mas, este precisa de graduação em áreas específicas, além de CNH na mesma categoria dos demais cargos: B ou superior.

Confira as áreas do perito criminal no concurso 2018

  • Área 1 - Ciências Contábeis ou em Ciências Econômicas
  • Área 2 - Engenharia Elétrica, Engenharia Eletrônica, Engenharia de Telecomunicações ou em Engenharia de Redes de Comunicação
  • Área 3 - Análise de Sistemas, Ciências da Computação, Engenharia da Computação, Engenharia de Redes de Comunicação ou em Informática
  • Área 4 - Engenharia Agronômica
  • Área 5 - Geologia
  • Área 6 - Engenharia Química, Química Industrial ou em Química
  • Área 7 - Engenharia Civil
  • Área 9 - Engenharia Florestal
  • Área 12 - Medicina
  • Área 14 - Farmácia
(Foto: Polícia Federal)
Concurso da PF não contemplará o cargo de perito
e associação repudia essa medida
(Foto: Polícia Federal)


Bolsonaro diz que concurso PF 2020 está autorizado

Quem está se preparando para o concurso PF 2020 já pode comemorar. O concurso da Polícia Federal está autorizado. Quem confirmou o aval foi o próprio presidente da República, Jair Bolsonaro.

O anúncio foi feito em live realizada na última quinta-feira, 20, quando o presidente comentou que este reunido com o diretor-geral da Polícia Federal, Rolando Alexandre.

Além disso, também participaram do encontro o ministro da Justiça e Segurança Pública, André Mendonça, e Paulo Guedes, ministro da Economia, que decidiram pelo aval do concurso.

"A pedido do próprio do diretor-geral da Polícia Federal, Rolando Alexandre, nós conversamos com o ministro da Justiça (André Mendonça) e com Paulo Guedes. Foi autorizado a abertura de concurso para 2 mil policiais federais. Com toda certeza a PRF também vai ter abertura de concurso para breve de modo que seus quadros permaneçam cumprindo com o seu dever", disse o presidente.

O aval deve ser confirmado oficialmente em breve. Mas, essa notícia dá liberdade e sinal verde para que a Polícia Federal possa iniciar os trabalhos de forma interna e acelarada, visando um edital ainda em 2020.

curso para PF

A Polícia Federal ainda formará uma comissão organizadora. O grupo ficará responsável por elaborar um projeto básico e dar início a contratação da organizadora. Ainda não há previsão de publicação do edital, mas são grandes as chances disso acontecer ainda este ano.

Vagas do concurso PF estão confirmadas

FOLHA DIRIGIDA obteve a confirmação da distribuição das vagas do próximo concurso PF. Segundo o presidente da Fenapef, Luís Boudens, serão:

  • 1.016 vagas de agente;
  • 600 vagas de escrivão;
  • 300 vagas de delegado; e
  • 84 vagas de papiloscopista.

Todas as 2 mil vagas são para a área Policial. No entanto, o pedido de concurso da PF contempla, ainda, a área de apoio. Mas, para os cargos da área administrativa não há previsão de autorização.

O que precisa ter para concorrer no próximo concurso PF?

CarreiraRequisitosRemuneração 
AgenteNível superior em qualquer + CNHR$12.441,26
EscrivãoNível superior em qualquer + CNHR$12.441,26
PapiloscopistaNível superior em qualquer + CNHR$12.441,26
DelegadoNível superior em Direito, experiência de três anos + CNH R$23.130,48
Plano Especial de Cargos da PF Nível superior em várias áreasR$5.559,67
Agente administrativoNível médio completoR$4.710,76


Resumo concurso PF 

  • Órgão: Polícia Federal
  • Vagas: 2.508
  • Cargos: escrivão, papiloscopista, delegado, agente, agente administrativo
  • Escolaridade: níveis médio e superior
  • Status: aguardando autorização
  • Banca: a definir

Confira o material de preparação da FOLHA DIRIGIDA e comece já os estudos para o concurso!

✔ E-books 
✔ Provas para download
✔ Artigos sobre concursos
✔ Editais verticalizados
✔ Vídeos com dicas

Quer receber novidades sobre concursos?

Cadastre-se para receber e-mails com asnotícias em destaque da semana, dicas de preparação, novidades da Folha Dirigidae muito mais!

Carregando...