Concurso PF: 644 agentes de polícia são nomeados após CFP
Primeiro curso de formação do concurso PF 2021 é concluído e mais de 600 agentes são nomeados. Portaria já foi publicada no DOU.
05/01/2022 07:25 | Atualizado: 05/01/2022 12:31
05/01/2022 07:25 | Atualizado: 05/01/2022 12:31

A primeira turma do curso de formação profissional (CFP) do concurso PF 2021 foi finalizada. Dessa forma, 644 agentes de polícia foram nomeados e já podem assumir os seus respectivos cargos na corporação.

A portaria que oficializou a nomeação desses aprovados, após o CFP, foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) do dia 29 de dezembro.

Após o ato, a Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef) comemorou a nomeação dos agentes por meio das redes sociais .

"Parabéns aos novos  #PoliciaisFederais ! Contem conosco, colegas!", disse a federação.

♦ Prepare-se para concursos e seja aprovado! ♦

Próximo CFP do concurso PF terá início em fevereiro

Recentemente, o cronograma para a realização do curso de formação do concurso PF foi retificado e conta com novas datas. O cronograma feito pela banca e corporação divide os candidatos pelos cargos, sendo duas turmas para agentes de polícia:

  • Agente de Polícia Federal, primeira turma, de 15 de outubro de 2021 a 22 de dezembro de 2021;
  • Agente de Polícia Federal, segunda turma, de 13 de junho de 2022 a 2 de setembro de 2022;
  • Escrivão de Polícia Federal e Papiloscopista Policial Federal, de 21 de fevereiro de 2022 a 13 de maio de 2022;
  • Delegado de Polícia Federal, de 13 de junho de 2022 a 2 de setembro de 2022.

A primeira turma é referente aos mais de 600 que já foram nomeados. 

O curso de formação será realizado pela Academia Nacional de Polícia, no Distrito Federal, exigindo-se do aluno tempo integral, com frequência obrigatória e dedicação exclusiva, podendo ser desenvolvidas atividades, a critério da Administração, em qualquer Unidade da Federação.

A ordem de classificação obtida no Curso de Formação Profissional será obedecida para efeitos de escolha de lotação para todos os candidatos.

Foto fachada com logo da PF
Concurso PF tem oferta de 1.500 vagas e pode chamar excedentes
(Foto: Divulgação)

Concurso PF tem oferta de 1.500 vagas

Publicado em janeiro de 2021, o concurso PF tem oferta de 1.500 vagas imediatas e efetivas. Além disso, o presidente Jair Bolsonaro deverá permitir a chamada de 500 excedentes.

No entanto, a comissão de aprovados luta para zerar a lista do cadastro de reserva e chamar todos os candidatos. E já conta com a ajuda do presidente.

O presidente conversou, por ligação, com o Ministro da Justiça, Anderson Torres, que explicou que estão negociando com a Economia sobre as chamadas de excedentes.

"Nós pedimos uma autorização da Economia para chamar até 100% do número de vagas. O que está muito difícil de superar é chamar mais de 100%. Fizemos um concurso para 1.500 vagas, chamar até 3 mil é muito viável, agora mais que isso é muito díficil pela Economia e pela Legislação também", explicou o ministro.

Todas as vagas do concurso PF são para graduados, com nível superior. As carreiras têm jornada de trabalho de 40 horas semanais e a distribuição das vagas imediatas por cargo confirmada é a seguinte:

  • Agente de polícia  - 893 vagas
  • Escrivão de polícia  - 400 vagas;
  • Papiloscopista policial federal  - 84 vagas;
  • Delegado de polícia  - 123 vagas.

As vagas oferecidas são em formato nacional, ou seja, sem distribuição por regiões. A Polícia Federal convocará de acordo com suas necessidades.

Quer receber novidades sobre concursos?
Cadastre-se para receber e-mails com asnotícias em destaque da semana, dicas de preparação, novidades da Folha Dirigidae muito mais!
Newsletter
Carregando...