Concurso PC SP: saem resultados para escrivão e investigador
Candidatos do concurso PC SP para escrivão e investigador já podem consultar o resultado das provas objetivas. Confira!
23/06/2022 16:45
23/06/2022 16:45

Os resultados das provas objetivas do concurso para escrivão e investigador da Polícia Civil de São Paulo (PC SP) foram divulgados. As pontuações dos concorrentes podem ser consultadas pelo site da Fundação Vunesp, banca organizadora. 

Também foram publicadas as relações de candidatos que terão a prova escrita corrigida. Confira: 

É possível interpor recurso contra o resultado das provas até 27 de junho, pelo portal da Fundação Vunesp

Os habilitados na prova objetiva que tenham se autodeclarados pretos ou pardos serão convocados para a entrevista de heteroidentificação na cidade de São Paulo nos dias 10 e 11 de julho. 

Como foram as provas do concurso Polícia Civil SP?

As provas objetivas e escritas do concurso para Polícia Civil de São Paulo foram aplicadas no dia 22 de maio. Para investigador foram cobradas 80 questões, distribuídas em módulos: 

Módulo 1:

  • Língua Portuguesa: 15 questões;
  • Noções de Direito: 15 questões;
  • Noções de Criminologia: 10 questões.

Módulo 2:

  • Noções de Informática: 20 questões;
  • Noções de Lógica: 20 questões.

Já a prova escrita do investigador foi composta por quatro questões discursivas sobre:

  • Língua Portuguesa - Uma questão;
  • Noções de Direito - Duas questões;
  • Noções de Criminologia - Uma questão.
Viaturas da Polícia Civil de São Paulo estacionadas em frente à sede da corporação
Polícia Civil de São Paulo realiza concursos para escrivão e
investigador (Foto: Divulgação)

No caso de escrivão, na prova objetiva, os inscritos tiveram que responder a 80 questões de múltipla escolha, divididas da seguinte maneira:

Módulo 1:

  • Língua Portuguesa: 24 questões;
  • Noções de Lógica: 16 questões.

Módulo 2:

  • Noções de Direito e Criminologia: 20 questões;
  • Noções de Informática: 20 questões.

Na prova escrita, aplicada no período da tarde, os concorrentes a escrivão responderam a perguntas sobre:

  • Língua Portuguesa: 2 questões;
  • Noções de Direito e Criminologia: 2 questões.

Os classificados para ambos os cargos ainda serão submetidos as etapas de comprovação de idoneidade e conduta escorreita; prova oral; e prova de títulos. 

Concurso PC SP tem oferta de 2.500 vagas

edital do concurso para investigador e escrivão da Polícia Civil de São Paulo foi publicado em fevereiro deste ano. A oferta é de 2.500 vagas para as carreiras, sendo 900 para investigador e 1.600 para escrivão. Há reserva para deficientes (5%). 

As oportunidades deste concurso são regionalizadas, isto é, os candidatos disputam vagas para uma cidade específica. Veja a distribuição por lotação:

Investigador

  • São Paulo (capital) - 210 vagas;
  • Demacro - 146 vagas;
  • DEINTER 1 (São José dos Campos) - 68 vagas;
  • DEINTER 2 (Campinas) - 98 vagas;
  • DEINTER 3 (Ribeirão Preto) - 54 vagas;
  • DEINTER 4 (Bauru) - 40 vagas;
  • DEINTER 5 (São José do Rio Preto) - 28 vagas;
  • DEINTER 6 (Santos) - 85 vagas;
  • DEINTER 7 (Sorocaba) - 49 vagas;
  • DEINTER 8 (Presidente Prudente) - 26 vagas;
  • DEINTER 9 (Piracicaba) - 63 vagas;
  • DEINTER 10 (Araçatuba) - 33 vagas;
  • Total - 900 vagas.

Escrivão

  • São Paulo (Capital): 373 vagas;
  • Demacro: 258 vagas;
  • DEINTER 1 (São José dos Campos): 120 vagas;
  • DEINTER 2 (Campinas): 169 vagas;
  • DEINTER 3 (Ribeirão Preto): 96 vagas;
  • DEINTER 4 (Bauru): 72 vagas;
  • DEINTER 5 (São José do Rio Preto): 57 vagas;
  • DEINTER 6 (Santos): 146 vagas;
  • DEINTER 7 (Sorocaba): 87 vagas;
  • DEINTER 8 (Presidente Prudente): 52 vagas;
  • DEINTER 9 (Piracicaba): 113 vagas;
  • DEINTER 10 (Araçatuba): 57 vagas;
  • Total: 1.600 vagas.

A seleção totalizou 60.637 candidatos, dos quais 31.979 para investigador e 28.658 para escrivão. 

Ambas as carreiras têm como requisitos: nível superior em qualquer área e Carteira Nacional de Habilitação na categoria B. A remuneração inicial é de R$3.931,18 e o regime de contratação é o estatutário, que garante a estabilidade no cargo.

A corporação ainda realiza concurso com outras 439 vagas, sendo 250 para delegado e 139 para médico legista. 

O cargo de delegado exige bacharelado em Direito, Carteira Nacional de Habilitação (CNH) na categoria B e comprovação de atividade jurídica. Os salários iniciais são de R$10.382.48.

Já médico legista requer graduação em Medicina, registro ativo no Conselho Regional (CRM), Carteira Nacional de Habilitação, no mínimo, na categoria B. A remuneração inicial é de R$8.699,94.

Quer receber novidades sobre concursos?
Cadastre-se para receber e-mails com asnotícias em destaque da semana, dicas de preparação, novidades da Folha Dirigidae muito mais!
Newsletter
Receba notícias recomendadas para você!
É só se cadastrar e seguir concursos de seu interesse para receber notícias exclusivas direto na sua página inicial.
icon