Concurso PC-RJ: última prova para inspetor teve 13% de Direito Penal

Direito Penal correspondeu a 13% da prova objetiva para inspetor do concurso Polícia Civil-RJ, realizado em 2012.

07/08/2018 11:25 | Atualizado: 07/08/2018 14:29

07/08/2018 11:25 | Atualizado: 07/08/2018 14:29

O concurso Polícia Civil-RJ terá 96 vagas, das quais 50 serão para inspetor. Esse cargo tem como pré-requisito nível superior completo em qualquer área, além de Carteira Nacional de Habilitação na categoria B. Os ganhos são de R$5.809,58, já com  R$264 de auxílio-alimentação. A corporação fluminense trabalha para que o edital seja publicado até o fim do ano. Portanto, a recomendação é começar os estudos o quanto antes.

Uma das possíveis formas de preparação é refazer as questões da última prova para inspetor, realizada em 2012. Na época, a banca organizadora foi a Fundação Euclides da Cunha. Das 100 perguntas cobradas para os candidatos a inspetor, 13 foram de Direito Penal, Legislação Penal e Processual Penal Especial. O que corresponde a 13% do exame.

Para o professor Marcus Silva, essa disciplina teve peso significativo para um concurso que foi definido décimo a décimo. Ele atenta, no entanto, que existe um espaço de tempo grande entre a última prova, aplicada há seis anos, e o concurso de 2018. “Há uma defasagem em relação à Legislação Especial porque muita coisa mudou. Os candidatos devem ficar atentos ao lapso temporal que foi preenchido por novas legislações”, disse o especialista.

Polícia Civil-RJ tem autorização para abrir concurso com 96 vagas
(Foto: Bruna Somma)

 

Para realizar essa atualização em Direito Penal e suas legislações, a recomendação de Marcus Silva é refazer questões não só da última prova do concurso para inspetor da Polícia Civil do Rio de Janeiro. “Procure por questões de várias bancas e de outros concursos para policiais civis pelo país. O que importa, nesse momento, é o conteúdo”.  

Quer cursos preparatórios para o cargo de inspetor?

Veja os temas de Direito Penal cobrados no concurso PC-RJ 2012

Marcus Silva realizou um levantamento de quais temas foram cobrados no último concurso para inspetor da Polícia Civil-RJ. Confira abaixo:

Direito Penal:

  • Do roubo e da extorsão (arts. 157 a 160 do CP);
  • Dos crimes sexuais contra vulnerável;
  • Falsificação de documento público;
  • Dos crimes contra a administração da Justiça;

Legislação Penal e Processual Penal Especial:

  • Lei nº 4.898/1965 – Lei de Abuso de Autoridade;
  • Lei nº7.210/1984 – Lei de Execução Penal;
  • Lei nº9.455/1997 – Crimes de Tortura.

Quer saber mais assuntos cobrados na última prova para inspetor no concurso Polícia Civil-RJ? Assista ao vídeo abaixo: 

Para os interessados no próximo concurso para Polícia Civil do Rio de Janeiro, a boa notícia é que a estrutura das provas está definida pela legislação. A  Lei nº3.586, de 21 de junho de 2001  detalha como são os concursos de ingresso na instituição. De modo geral, os concursos para ingresso da corporação são compostos por duas fases:

A primeira etapa conta com provas de conhecimentos, exame psicotécnico, exame médico e prova de capacidade física. A segunda fase é caracterizada pelo curso de formação profissional, com apuração de frequência, aproveitamento e conceito.

Organizadora do concurso Polícia Civil-RJ já estão em definição

O governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, autorizou – entre junho e julho – a abertura de 96 vagas em concursos Polícia Civil-RJ. Veja abaixo a distribuição das oportunidades por cargo, assim como os pré-requisitos para inscrição:

Auxiliar de necropsia – 6 vagas
RequisitoNível fundamental completo
VencimentosR$4.174,34
Técnico de necropsia – 4 vagas
RequisitoNível médio completo
VencimentosR$4.885,31
Perito Legista – 20 vagas
RequisitoNível superior em Medicina, Odontologia, Farmácia ou Bioquímica
VencimentosR$7.827,33
Inspetor - 50 vagas 
RequisitoNível superior em qualquer área e carteira de habilitação na categoria B
VencimentosR$5.809,58
 Delegado – 16 vagas
RequisitoNível superior em Direito
VencimentosR$18.157,73

 

Os procedimentos para abertura dos concursos já foram iniciados. De acordo com fontes ligadas à corporação, o processo para escolha da banca organizadora está em definição. A tendência é que a instituição seja escolhida por licitação e não mais por dispensa, como aconteceu nos últimos anos.

Um processo licitatório será realizado para cada cargo autorizado. Segundo informações obtidas pela FOLHA DIRIGIDA, a mesma banca poderá organizar o concurso para todas as carreiras, caso vença a licitação. Mas, isso não será uma regra, pois haverá um contrato para cada cargo.

Ao escolher o método de pregão, a Polícia Civil do Rio de Janeiro pretende tornar o processo mais equilibrado e democrático.

Quer receber novidades sobre concursos?

Cadastre-se para receber e-mails com asnotícias em destaque da semana, dicas de preparação, novidades da Folha Dirigidae muito mais!