Concurso PC RJ: corporação já tem 82 vacâncias além do bloqueio

Polícia Civil do Rio de Janeiro já registra 82 cargos vagos, além do bloqueio, para preenchimento por aprovados no concurso PC RJ. Confira!

09/11/2020 10:31 | Atualizado: 09/11/2020 11:13

Por: Bruna Somma

09/11/2020 10:31 | Atualizado: 09/11/2020 11:13 - Por: Bruna Somma

A Polícia Civil do Rio de Janeiro já tem 82 cargos vagos aptos para preenchimento por aprovados no concurso PC RJ. Esse é o número de vacâncias que a corporação registrou após o Decreto 47.117/2020, publicado em junho, que bloqueou milhares de cargos na estrutura do Estado.

Tal quantitativo é referente às carreiras autorizadas para o novo concurso Polícia Civil RJ. Isto é: auxiliar de necropsia, técnico de necropsia, investigador, inspetor, perito legista, perito criminal e delegado. 

Para permanecer no Regime de Recuperação Fiscal e equilibrar as contas públicas, o Estado do Rio bloqueou milhares de cargos vagos que seriam preenchidos por aprovados em concursos.

Como a Polícia Civil tem postos dentro desse contingenciamento, só pode abrir concurso para cargos que vagaram após o bloqueio. Confira tais vacâncias na tabela abaixo: 

 Vacâncias após Decreto 47.117 – 15/06/2020
CargosAposentadoriaFalecidoExoneradoDemitidoTOTAL
Auxiliar de necropsia (nível fundamental)02002
Técnico de necropsia (nível médio)10001
Investigador (nível médio até o momento)930113
Inspetor (nível superior)5232057
Perito legista (nível superior)41106
Perito criminal (nível superior)00000
Delegado (nível superior) 30003
Totais6993182

*Fonte/atualizações: Planilha CARGOS EFETIVOS - SCACEC/DAP/DGGP - Publicações DO/BI até 03/11/2020


A corporação ainda tem oito cargos vagos de papiloscopista e dez de oficial de cartório. Porém, essas carreiras não estão contempladas na autorização para o próximo concurso.

De acordo com as regras do Regime de Recuperação Fiscal (RRF), os órgãos estaduais só podem abrir vagas em concursos para cargos que estejam vagos após setembro de 2017 e além desse bloqueio.

Dessa forma, a Polícia Civil do Rio, até o momento, só pode prover 82 oportunidades. Porém, até que o concurso seja aberto, as etapas realizadas e o resultado homologado, mais vacâncias devem ocorrer para que mais aprovados sejam convocados.

O número atual de vacâncias foi informado à Folha Dirigida na sexta-feira, 6, pelo Departamento Geral de Gestão de Pessoas da PC RJ. A solicitação foi feita pelo Serviço Eletrônico de Informações ao Cidadão (e-SIC.RJ).

Segundo o governo do Estado do Rio de Janeiro, inicialmente, serão chamados 73 aprovados no concurso PC RJ. Esse era o quantitativo de cargos em aberto no mês de outubro, após o bloqueio de cargos. 

Como a corporação já tem carência além dessas 73 anunciadas pelo governo estadual, é possível que o número de chamadas imediatas cresça até a homologação do concurso.

Perceba que de outubro para novembro, a Polícia Civil do Rio teve o acréscimo de nove vacâncias. O que demonstra que as saídas de policiais são recorrentes.

Concurso PC RJ tem nova autorização publicada

Uma nova autorização do concurso Polícia Civil RJ foi publicada na quinta-feira, 5, no Diário Oficial do Estado. O aval contempla oportunidades para auxiliar de necropsia (nível fundamental), para técnico de necropsia (nível médio), para investigador (nível médio até o momento), para inspetor (nível superior).

Além de perito legista (nível superior), perito criminal (nível superior) e delegado (nível superior em Direito). As remunerações chegam a R$18 mil.

Por mais que o aval não traga o número de oportunidades do concurso PC RJ, o governo do Estado informou que serão preenchidas 864 vagas até 2022. Veja a divisão:

  • Auxiliar de necropsia: 12 de vagas; 
  • Técnico de necropsia: 16 vagas;
  • Investigador: 118 vagas;
  • Inspetor: 597 vagas. 
  • Perito legista: 54 vagas;
  • Perito criminal: 20 vagas; 
  • Delegado: 47 vagas.
     

À princípio, segundo o governo, serão convocados 73 aprovados para os cargos. Os demais candidatos serão chamados conforme o prazo de validade da seleção, à medida que surgirem novas vacâncias na corporação. 

Governo do Rio de Janeiro publica nova autorização para o concurso PC RJ
Governo do Rio de Janeiro publica nova autorização para o
concurso PC RJ (Foto: Governo RJ)

Conforme informado pelo Assessor Especial do Gabinete do Governador do Estado do Rio de Janeiro, Marcio Garcia, uma nova autorização foi necessária em função do bloqueio de cargos vagos.

Em 2019, o então governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, autorizou concurso com 864 vagas para Polícia Civil. Porém, para se manter no Regime de Recuperação Fiscal e equilibrar as contas públicas, o Estado do Rio bloqueou milhares de cargos vagos que seriam preenchidos por aprovados em concursos.

As 864 vagas autorizadas inicialmente por Witzel para Polícia Civil estão nesse contingenciamento. Dessa forma, a corporação só pode abrir concurso para cargos que vagaram após esse bloqueio.

Garcia, que também é presidente licenciado do Sindicato dos Policiais Civis do Rio de Janeiro e comissário da Polícia Civil, explicou que com o contingenciamento das vacâncias foi preciso de um novo aval para abertura do concurso.

“O que se fez hoje foi um despacho do governador publicado no Diário Oficial autorizando, novamente, esses cargos e colocando o concurso em evidência, porque você não pode lançar um edital sem nenhum cargo disponível”, afirmou.

Concurso PC RJ: editais devem ser publicados em 2021

O governo do Estado também anunciou que o concurso PC RJ deve ser realizado no primeiro semestre de 2021. Tal prazo já tinha sido adiantado à Folha Dirigida pelo secretário de Polícia Civil do Rio, Allan Turnowski, em coletiva de imprensa no início de outubro.

Segundo o Assessor Especial do Gabinete do Governador do Estado do Rio de Janeiro, Marcio Garcia, um edital deve ser publicado por cargo autorizado.

“A Polícia Civil tem a intenção de publicar esses editais o quanto antes. Então, eu vou chutar que no primeiro trimestre nós já tenhamos esses editais", opinou Garcia.

Antes da divulgação dos editais, a Polícia Civil deve resolver alguns trâmites burocráticos. O primeiro deles é a escolha das bancas organizadoras.

A corporação já tinha anunciado o Instituto Acesso como a banca organizadora para delegado. Já o Instituto AOCP seria o responsável por receber as inscrições e aplicar as etapas para os demais seis cargos autorizados. 

Com a nova autorização, a PC RJ terá que rever esses processos licitatórios. Por isso, ainda não foi confirmado se essas bancas permanecerão à frente das seleções.

Organize seu tempo

De acordo com o informado pela Polícia Civil, as etapas do concurso estão confirmadas. Os candidatos a delegado serão avaliados por provas objetivas; provas discursivas; provas orais; prova de capacidade física; exame psicotécnico; exame médico. 

Já os demais concorrentes serão submetidos a provas objetivas; prova de capacidade física; exame psicotécnico; exame médico. Os habilitados também passarão por cursos de formação e prova de investigação social, na Acadepol.

Resumo concurso Polícia Civil RJ

  • Órgão: Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro
  • Cargo: auxiliar de necropsia, técnico de necropsia, investigador, inspetor, perito legista, perito criminal e delegado
  • Requisitos: todos os níveis de escolaridade, a depender do cargo
  • Remuneração: R$4.506,27 a R$18.747,95
  • Links para os últimos editais

Escolaridade de investigador da PC RJ está em pauta na Alerj

O requisito para ingresso no cargo de investigador da PC RJ está em pauta na Assembleia Legislativa do Estado (Alerj). O Poder Executivo encaminhou o projeto de lei 3.278/2020, que propõe a alteração da escolaridade da carreira de nível médio para o nível superior. 

A votação do projeto estava prevista para o dia 4 de novembro, na Alerj. Porém, os parlamentares apresentaram 12 emendas ao texto. Por essa razão, a discussão sobre o PL teve que retornar às comissões. 

A estimativa é que uma nova votação seja realizada na terça-feira, 10 de novembro. Como esse projeto ainda não foi aprovado, caso o edital do concurso PC RJ seja publicado antes, a exigência de investigador será nível médio.

Isso porque esse é o requisito atual do cargo, de acordo com a lei. O governador Cláudio Castro defendeu que elevar a escolaridade de investigador incorpora melhoria da qualidade no serviço prestado.

"Trazendo benefícios diretos à sociedade, pautado no princípio constitucional da eficiência e visando atingir um bem comum pelo qual se destina o Estado, fato intimamente ligado à sua razão de existir”, afirmou.

Na tabela abaixo, veja os demais detalhes do concurso PC RJ:

Auxiliar de necropsia 
 Requisito Nível fundamental completo
 Vencimentos*  R$4.506,27
 Técnico de necropsia 
 Requisito Nível médio completo
 Vencimentos*  R$5.277,59
 Perito Legista
 Requisito Nível superior em Medicina, Odontologia, Farmácia ou Bioquímica
 Vencimentos* R$10.149,95
 Perito Criminal
 Requisito Nível superior em Engenharia, Informática, Farmácia, Veterinária, Biologia, Física, Química ou Ciências Contábeis  
 Vencimentos* R$10.149,95
 Inspetor 
 Requisito Nível superior em qualquer área
 Vencimentos* R$6.280,31
 Investigador
 Requisito  Nível médio completo
 Vencimentos* R$5.740,38
 Delegado 
 Requisito Nível superior em Direito
 Vencimentos* R$18.747,95

*Os valores já incluem o auxílio-alimentação de R$264.

Quer receber novidades sobre concursos?

Cadastre-se para receber e-mails com asnotícias em destaque da semana, dicas de preparação, novidades da Folha Dirigidae muito mais!