Concurso PC RJ 2021: confira 20 perguntas e respostas

Veja respostas para as 20 principais dúvidas do concurso Polícia Civil RJ sobre inscrições, vagas, remunerações, requisitos e mais!

08/10/2021 10:00 | Atualizado: 11/10/2021 10:32

08/10/2021 10:00 | Atualizado: 11/10/2021 10:32

O concurso para Polícia Civil do Rio de Janeiro está com inscrições abertas para 400 vagas imediatas. A oferta é para carreiras de todos os níveis de escolaridade, com salários iniciais de até R$18 mil.

Logo após a publicação dos editais, no mês de setembro, diversas perguntas chegaram até a Folha Dirigida. Por isso, iremos responder as 20 principais dúvidas sobre o concurso PC RJ 2021 a seguir. Confira:

Qual a distribuição das vagas do concurso?

O concurso tem 400 vagas distribuídas entre sete carreiras. Veja a divisão e a escolaridade exigida:

  • Auxiliar de necropsia - 10 vagas (nível fundamental);
  • Técnico de necropsia - 10 vagas (nível médio);
  • Investigador - 200 vagas (nível médio);
  • Inspetor - 100 vagas (nível superior em qualquer área);
  • Perito criminal - 5 vagas (nível superior em Engenharia Civil, Engenharia Mecânica e Química);
  • Perito legista - 25 vagas (nível superior em Medicina).
  • Delegado – 50 vagas (nível superior em Direito).

Apenas as carreiras de investigador e inspetor também exigem Carteira Nacional de Habilitação (CNH) na categoria B, no mínimo. 

Qual a idade permitida para o concurso PC RJ?

Para todos os cargos é necessário ter, pelo menos, 18 anos. De acordo com o artigo 77 inciso III da Constituição do Estado do Rio de Janeiro, não há limite máximo de idade para inscrição em concurso.

Porém, o profissional deve ficar no cargo público por, pelo menos, cinco anos até a aposentadoria.

Quando será feita a comprovação dos requisitos?

A comprovação da idade (18 anos completos, pelo menos) e da CNH será feita na data de matrícula do curso de formação. 

Isso porque, durante o curso, o candidato manuseará armas de fogo e poderá receber instruções que, por sua natureza, demandem a condução de viatura policial.

Fachada do prédio sede da Polícia Civil do Rio de Janeiro
PC RJ realiza novo concurso com 400 vagas imediatas 
(Foto: Divulgação)

Os demais requisitos (como a comprovação do nível de escolaridade) deverão ser feitos na posse. 

CNH provisória será aceita?

Sim. O edital fala apenas em Carteira Nacional de Habilitação (CNH) válida. Por isso, quem acabou de tirar a carteira de motorista será aceito no curso de formação.

Qual a remuneração dos aprovados?

As remunerações iniciais dos policiais civis do Rio de Janeiro são:

  • Auxiliar de necropsia: R$4.606,29;
  • Técnico de necropsia: R$5.165,75;
  • Investigador: R$5.840,37;
  • Inspetor: R$6.380,29;
  • Perito criminal: R$9.924,06;
  • Perito legista: R$9.924,06.
  • Delegado: R$18.747,95.

Enquanto durar o curso de formação profissional, o candidato receberá bolsa-auxílio correspondente a 80% do valor do vencimento da classe inicial do cargo, sem incidência de descontos previdenciários.

O concurso PC RJ terá excedentes?

Sim. Durante o prazo de validade do concurso PC RJ (que pode chegar a quatro anos), mais cargos poderão ficar aptos a preenchimento, mediante aposentadorias, mortes, exonerações e outros desligamentos em geral.

Para nomear os aprovados fora das vagas imediatas, a Polícia Civil terá que apresentar os cálculos do impacto financeiro. Uma vez que o Estado do Rio está submetido ao Regime de Recuperação Fiscal (RRF), que restringe o ingresso de servidores.

Segundo os editais, 2.200 aprovados nas provas objetivas serão chamados para o teste de aptidão física (TAF) nos cargos de: auxiliar de necropsia, técnico de necropsia, investigador, inspetor, perito legista e perito criminal.

Os editais não informam o número de candidatos que irá compor o cadastro de reserva. Porém, é possível que chegue a 2.200, caso todos sejam classificados nas fases após a prova objetiva.

O quantitativo pode até ser maior que esse, já que os empatados na última posição estabelecida em edital também serão classificados.

A tendência, no entanto, é que o cadastro não chegue a 2.200 aprovados, como explicado pelo professor de Educação Física Elon Junior, autor do livro “Preparação Física para Concursos” e com mais de 15 anos de atuação na área.

Dados coletados por ele mostram que a reprovação na parte física chega a 40% dos candidatos.

Como fazer a inscrição no concurso PC RJ 2021?

As inscrições para os cargos de auxiliar de necropsia, técnico de necropsia, investigador, inspetor, perito legista e perito criminal serão aceitas até 26 de outubro, pelo  site da Fundação Getulio Vargas (FGV) , banca organizadora.

Já para delegado, as inscrições ocorrerão até 11 de outubro, pelo  site do Cebraspe , organizador do concurso.

Em ambos os casos é necessário preencher um formulário com todos os dados solicitados.

Quem é de outro estado pode se inscrever?

Sim. Pessoas que não residem no estado do Rio de Janeiro podem se inscrever no concurso. Porém, os custos para deslocamento e hospedagem para as provas serão do próprio candidato.

Estude para o concurso Polícia Civil RJ!

Qual o valor da taxa de inscrição?

A taxa de inscrição no concurso Polícia Civil RJ tem valores diferentes por cargo:

  • Auxiliar de Necropsia - R$70;
  • Técnico de Necropsia - R$100;
  • Investigador Policial - R$100;
  • Inspetor de Polícia - R$150.
  • Perito Legista - R$200;
  • Perito Criminal - R$200;
  • Delegado – R$250.

É possível se inscrever para mais de um cargo?

Sim. É possível se inscrever para mais de um cargo, desde que a  data das provas objetivas não coincida . Para isso, o participante deve apresentar os requisitos necessários para cada carreira. 

Quais serão as etapas do concurso PC RJ?

concurso Polícia Civil RJ será dividido em duas fases. A primeira será composta por prova objetivas de conhecimentos, teste de capacidade física, exame psicotécnico e exame médico.

Para delegado, a estrutura será a seguinte: prova objetiva preliminar; prova discursiva específica; prova oral; exame psicotécnico; prova de capacidade física e exame médico. 

Para todas as carreiras, a segunda etapa do concurso será o curso de formação profissional, realizado na Academia Estadual de Polícia Sylvio Terra (Acadepol), além de prova de investigação social. 

Quando serão as provas objetivas da seleção?

As provas objetivas serão aplicadas em datas distintas por carreira. Confira o cronograma:

  • Perito criminal: 5 de dezembro de 2021;
  • Perito legista: 5 de dezembro de 2021;
  • Delegado: 12 de dezembro de 2021;
  • Auxiliar de necropsia: 23 de janeiro de 2022;
  • Inspetor: 30 de janeiro de 2022;
  • Técnico de necropsia: 6 de fevereiro de 2022;
  • Investigador: 13 de fevereiro de 2022.

Quais são os locais de prova?

Para delegado, as provas objetivas serão aplicadas apenas no município do Rio de Janeiro.

Já para os demais cargos, os editais preveem que as avaliações ocorram no município do Rio de Janeiro, podendo ser realizadas também na Região Metropolitana, de acordo com a disponibilidade e capacidade dos locais. Os endereços serão divulgados quando for feita a convocação para às provas.

Quais serão as disciplinas cobradas na prova objetiva?

Auxiliar de necropsia

Para auxiliar de necropsia, as provas objetivas terão 60 questões, sendo 30 sobre Conhecimentos Gerais (20 de Língua Portuguesa e 10 de Matemática) e 30 de Conhecimentos Específicos (Noções Básicas de Biologia e Anatomia Humanas, Noções de Prova no Processo Penal e Noções de Direito Administrativo). 

Técnico de necropsia

As provas objetivas serão compostas por 60 questões, das quais 20 de Conhecimentos Gerais (Língua Portuguesa) e 40 de Conhecimentos Específicos (Anatomia e Fisiologia Humanas, Noções de Prova no Processo Penal e Noções de Direito Administrativo). 

Investigador

Os exames objetivos terão 100 questões, das quais 30 de Língua Portuguesa, 60 de Noções de Direito (Penal, Processual Penal, Administrativo e Constitucional) e 10 de Conhecimentos Básicos de Informática.

Inspetor

A prova para inspetor será composta por 100 questões de múltipla escolha, sendo 30 de Língua Portuguesa, 60 de Conhecimentos Específicos (Direito Constitucional, Direito Administrativo, Direito Penal e Leis Especiais, Direito Processual Penal) e 10 de Conhecimentos Básicos de Informática. 

Perito criminal

Para perito criminal, as provas terão 100 questões de múltipla escolha. Ao todo, serão 30 de Língua Portuguesa, 50 de Conhecimentos Específicos (observado o conteúdo programático de cada especialidade - Anexo I do edital) e 20 de Noções de Direito.

Perito legista 

As provas objetivas para perito legista apresentarão 100 questões, sendo 30 de Língua Portuguesa, 50 de Conhecimentos Específicos de Medicina e 20 de Noções de Direito.

Delegado

Para delegado, os concorrentes deverão responder a 100 questões, das quais 20 de Direito Penal, 20 de Direito Processual Penal, 20 de Direito Administrativo; 20 de Direito Constitucional; 10 de Direito Civil e 10 de Medicina Legal.

Como estudar para o concurso Polícia Civil RJ?

A dica de estudos para o concurso PC RJ é mesclar teoria e resolução de exercícios. O recomendado também é assistir a aulas de especialistas.

Você sabia que a Folha Dirigida também tem curso preparatório para ingresso na Polícia Civil do Rio? A Folha Cursos traz uma preparação otimizada e sem enrolação. São videoaulas, material escrito e questões comentadas.

Confira os cursos para PC RJ por carreira:

→ Prepare-se para o concurso PC RJ - Investigador

 Prepare-se para o concurso PC RJ - Inspetor

 Prepare-se para o concurso PC RJ - Técnico de Necropsia 

 Prepare-se para o concurso PC RJ - Auxiliar de Necropsia

Grávidas podem participar do concurso?

Sim. De acordo com a Lei Estadual n° 6.059, de 07 de outubro de 2011, “fica proibido o tratamento discriminatório as gestantes participantes de concursos públicos de provas ou de provas e títulos no âmbito do Estado do Rio de Janeiro”.

No teste de aptidão física, as gestantes poderão realizar a etapa em outra data. “Nos processos seletivos em que haja exame de capacitação física não é permitido o desligamento e a exclusão da candidata que comprovar gravidez”, diz a lei.

Como será o teste de aptidão física (TAF)?

Na prova de capacidade física, serão cobrados os exercícios de: 

  • Flexão de cúbitos (braços);
  • Flexão abdominal;
  • Corrida de velocidade;
  • Corrida de resistência. 

A metragem e o tempo serão diferentes para homens e mulheres, conforme os editais. Ainda não há data definida para essa etapa, que será realizada apenas no município do Rio de Janeiro.

Quando será iniciado o curso de formação?

O curso de formação profissional é realizado na Academia Estadual de Polícia Sylvio Terra (Acadepol), no Centro do Rio de Janeiro. Ele é compreendido como uma etapa do concurso, de caráter eliminatório.

Portanto, é possível que um candidato seja eliminado durante o curso, que dura de três a seis meses. Ao todo, serão ministradas 840 horas/aula entre disciplinas teóricas e práticas.

Em entrevista à Folha Dirigida, a diretora da Acadepol, delegada Renata Teixeira, informou que a previsão é que os classificados para algumas carreiras já iniciem o curso de formação profissional em 2022.

“A gente acredita que ano que vem, algumas carreiras estejam em formação na Academia de Polícia Civil”.

Os aprovados no curso de formação serão convocados para posse. O prazo de validade do concurso será de dois anos, com possibilidade de prorrogação por igual período. 

Como será a lotação dos aprovados?

De acordo com a diretora da Acadepol, o concurso PC RJ para todas as carreiras não é regionalizado. Isto é, os editais não trazem a divisão de vagas por lotação, cidade ou região.

Os classificados poderão ser lotados em qualquer parte do estado, a depender da necessidade da corporação.

“A lei não prevê concursos regionalizados. O concurso será para Polícia Civil, que tem atuação em âmbito estadual, e a lotação será feita de acordo com os critérios de discricionariedade e necessidade da Administração Superior”, identificou a diretora da Acadepol.

Ela acrescentou: “após o término do curso de formação, será observada a necessidade de lotação de um servidor no interior, em uma especializada, no IML (Instituto Médico Legal), ou em outros setores. Isso vai depender muito da necessidade no momento que essas pessoas forem tomar posse”.  

Sobre a lotação dos auxiliares, técnicos de necropsia e peritos, Renata respondeu que “em regra, eles vão para os postos de polícia técnica, como o IML e os PRPTCs (Postos Regionais de Polícia Técnica e Científica)”. 

O concurso PC RJ prevê porte de armas?

Sim. Todos os cargos preveem o porte de arma, incluindo auxiliar de necropsia, técnico de necropsia e peritos. 

Quer receber novidades sobre concursos?

Cadastre-se para receber e-mails com asnotícias em destaque da semana, dicas de preparação, novidades da Folha Dirigidae muito mais!

Carregando...