Governador de Goiás anuncia convocações do concurso Polícia Civil GO

De acordo com o governador, até 25 de janeiro, todos os aprovados no concurso Polícia Civil GO estarão no exercício do cargo.

25/09/2020 19:56 | Atualizado: 28/09/2020 18:47

Por: Natalia Fuly

25/09/2020 19:56 | Atualizado: 28/09/2020 18:47 - Por: Natalia Fuly

O governador do estado de Goiás, Ronaldo Caiado, anunciou nesta sexta-feira, 25, a convocação de 100 delegados substitutos aprovados no último concurso da Polícia Civil, realizado em 2018

De acordo com o calendário divulgado por Caiado, até o dia 25 de janeiro, todos os convocados estarão no exercício do cargo. A previsão é que os 20 primeiros sejam chamados já no dia 1º de outubro deste ano, mais 20 em novembro e o mais 20 classificados por mês até o dia 1º de janeiro de 2021.

Os policiais vão atuar principalmente nas delegacias do interior, pois mais de 70% dessas cidades não possuem delegados titulares. De acordo com o governador, a intenção é reduzir o déficit desses profissionais, que vem desde as gestões passadas. 

Desde 2014 nenhum delegado é nomeado em Goiás. Mas quando esse cronograma de nomeação for executado, o quadro de delegados da polícia vai aumentar 25% em comparação com o quadro atual.
 

Governador de Goiás anuncia convocações do concurso Polícia Civil GO (Foto: Divulgação)
Governador de Goiás anuncia convocações do concurso
Polícia Civil GO (Foto: Divulgação)

 

Remuneração da seleção para delegados é de mais de R$19 mil 

concurso Polícia Civil-GO , realizado no ano de 2018, ofertou 100 vagas imediatas para o cargo de delegado de polícia substituto. A remuneração inicial foi de R$19.242,52.

Puderam concorrer candidatos com nível superior, formados no curso de Direito. O concurso não exige a comprovação de tempo mínimo de exercício de atividade jurídica ou policial. 

Do total de oportunidades, 5% foram reservadas às pessoas com deficiência. Dessa forma, 95 oportunidades foram para a ampla concorrência e cinco para deficientes. A seleção exige disponibilidade para realizar viagens e prestar serviços fora do expediente e local de trabalho.

A carga de trabalho é de 40 horas por semana. E os profissionais são contratados por meio do regime jurídico estatutário, isto é, que garante a estabilidade empregatícia ao servidor. O prazo de validade inicial da seleção era de seis meses, com possibilidade de prorrogação. 
 


Candidatos passaram por até nove etapas de avaliação 

O processo seletivo do concurso para delegados da Polícia Civil de Goiás foi bem longo, com um total de nove etapas. A análise da vida pregressa e a investigação social foram realizadas pela Polícia Civil, já o curso de formação foi de responsabilidade da gerência e todas as demais ficaram por conta da UEG.

Confira quais foram todas as etapas:

  • ​ Avaliação feita por equipe multiprofissional, de caráter eliminatório (exclusivo aos candidatos com deficiência)
  • ​ Prova objetiva, de caráter eliminatório;
  • ​ Provas discursivas, de caráter eliminatório e classificatório;
  • ​ Avaliação de aptidão física, de caráter eliminatório;
  •  Avaliação médica, de caráter eliminatório;
  • ​ Exame psicotécnico, de caráter eliminatório;
  • ​ Avaliação da vida pregressa e investigação social, de caráter eliminatório;
  • ​ Curso de formação profissional, de caráter eliminatório e classificatório;
  • ​ Avaliação de títulos, de caráter classificatório.

Newsletter

Newsletter

Quer receber novidades sobre concursos?

Quer receber diretamente no seu e-mail as principais notícias dos concursos da sua região?

E de quebra dicas para seus estudo? Cadastre-se gratuitamente na newsletter FD para ter tudo isso!

Sobre o concurso

Inscrições Encerradas

Polícia Civil-GO - 2018 - Delegado

GO
Até R$19242,52
Fund...
100 vagas

Preparação