Concurso PC TO 2021: governo autoriza novo edital e forma comissão

Governador do Tocantins, Mauro Carlesse, autoriza a abertura de novo concurso para Polícia Civil e forma a comissão organizadora.

03/03/2021 11:45 | Atualizado: 03/03/2021 11:52

03/03/2021 11:45 | Atualizado: 03/03/2021 11:52

O governador do Tocantins, Mauro Carlesse, autorizou nesta quarta-feira, 3, a realização de novo concurso para Polícia Civil. Na ocasião, também foi formada a comissão que será responsável por organizar o processo seletivo.

“Precisamos aparelhar o estado, investindo em Segurança Pública. O novo concurso é uma necessidade e uma responsabilidade já ajustando para os anos seguintes. O concurso mostra qualidade, traz pessoas com capacidade”, disse o governador.

Além do anúncio do próximo concurso PC TO, o governo também assinou a nomeação de novos policiais civis, aprovados na última seleção. Serão convocados 46 delegados, escrivães e peritos para compor o efetivo da corporação. Eles já concluíram o curso de formação.

A validade do último concurso para Polícia Civil do Tocantins vence neste mês de março. Com isso, o governo realizou a última chamada de aprovados e já anunciou os preparativos do novo edital. De forma a assumir um compromisso de fortalecer a Segurança do estado.

Também presente na cerimônia, o secretário de segurança pública, Cristiano Barbosa Sampaio, destacou a importância do novo concurso para oxigenar os quadros da Polícia Civil. A expectativa é que o edital seja publicado ainda em 2021. 

“É esse capital humano que faz com que as coisas aconteçam. Ao anunciar esse novo concurso, o senhor dá uma mensagem que a Segurança é importante. Reafirmo o compromisso de aumentar a segurança no estado”, disse Sampaio ao governador.

Governador do Tocantins anuncia novo concurso para Polícia Civil
Governador do Tocantins anuncia novo concurso para Polícia Civil
(Foto: Reprodução/Facebook)

Para divulgar o novo edital do concurso PC TO, o Estado teve que adequar o orçamento à Lei de Responsabilidade Fiscal. O que foi frisado pelo vice-governador, Wanderlei Barbosa Castro.

“Só podemos fazer o concurso se tivermos condição de chamar os aprovados. Houve todo um cuidado para que o governo estivesse enquadrado, atendendo as leis. Que esse concurso seja mais uma vitória do povo tocantinense”, afirmou Castro.

O governo não informou quais carreiras serão contempladas no próximo concurso, assim como o número de vagas que será aberto. Entre o final do ano passado e o início de 2021, o Tocantins já teve editais publicados para ingresso na Polícia Militar e no Corpo de Bombeiros. 

Inicie sua preparação para o novo concurso PC TO

Com a proximidade do novo concurso PC TO, os interessados não devem esperar o edital para começar os estudos. A preparação antecipada aumenta as chances de aprovação no cargo público.

Você sabia que a Folha Dirigida também tem cursos preparatórios? A Folha Cursos traz videoaulas exclusivas, apostilas e questões comentadas para te ajudar no caminho até a posse.

Conheça os cursos e comece já sua preparação!

Resumo concurso PC TO

  • Órgão: Polícia Civil do Tocantins
  • Cargos: a definir
  • Vagas: a definir
  • Banca: a definir
  • Status: autorizado e com comissão formada

Concurso PC TO: último edital trouxe mais de 500 vagas

Em 2014, foi publicado o último edital do concurso PC TO. Ao todo, foram oferecidas 515 vagas para carreiras de nível superior. Confira a distribuição das oportunidades:

  • Delegado: 131 vagas (97 imediatas, 29 para cadastro e 5 para pessoas com deficiência);
  • Médico Legista: 12 vagas (9 imediatas e três para cadastro);
  • Peritos: 74 vagas (56 imediatas e 18 para cadastro);
  • Agente de necrotomia: 26 vagas (19 imediatas, 6 cadastro e 1 PcD);
  • Papiloscopista: 13 vagas (9 imediatas, 3 cadastro e 1 PcD);
  • Escrivão: 210 vagas (153 imediatas, 48 cadastro e 9 PcD);
  • Agente de polícia: 49 vagas (35 imediatas, 11 cadastro e 3 PcD).

A carreira de delegado exigiu Bacharelado em Direito para inscrição. Os agentes, escrivães e papiloscopistas tiveram como requisito a graduação em qualquer área e habilitação na categoria B.

Enquanto para agente de necrotomia foi preciso ser graduado em Enfermagem e ter também CNH categoria B. As remunerações, na época, chegaram a R$10.735,28, com possibilidade de reajustes.

Os concorrentes foram submetidos a provas objetiva e discursiva, exames médico e psicológico, teste de aptidão física e avaliação de títulos. Além disso, foram avaliados no curso de formação.

O concurso foi homologado em 2017. O resultado final ficou válido por dois anos, sendo prorrogado, em 2019, por igual período.

Quer receber novidades sobre concursos?

Cadastre-se para receber e-mails com asnotícias em destaque da semana, dicas de preparação, novidades da Folha Dirigidae muito mais!

Carregando...