Concurso PM TO: reunião na terça, 3, define o cronograma do edital

Segundo o Chefe do Estado Maior da PMTO, todos os trâmites necessários já foram cumpridos pela banca e comissão. Pendência é o cronograma.

29/10/2020 07:38 | Atualizado: 29/10/2020 13:00

Por: Mateus Carvalho

29/10/2020 07:38 | Atualizado: 29/10/2020 13:00 - Por: Mateus Carvalho

A Polícia Militar do Tocantins está cada vez mais perto de divulgar o edital do concurso PM TO para o cargo de soldado. Os trabalhos de banca e comissão estão avançados e na próxima semana uma reunião definirá o cronograma do edital. 

Chefe do Estado Maior da PMTO, Coronel Márcio Antônio Barbosa de Mendonça, em um vídeo que circula nas redes sociais, confirma que na terça-feira, 3, haverá uma reunião para definir o cronograma do concurso, com a data dos principais eventos.

Ainda segundo o chefe da corporação, os principais trâmites que precisavam ser cumpridos de forma prévia já foram finalizados pela banca organizadora e comissão. Agora, o edital é questão de tempo.

"Todos os trâmites necessários para o lançamento do edital, eles foram cumpridos pela comissão e pela banca organizadora. Agora, na terça-feira, dia, 3, faremos uma reunião com a banca para justamente tratar do calendário do concurso."

Vale lembrar que, recentemente, a Polícia Militar do Tocantins informou à reportagem da Folha Dirigida que 'esboço do edital está em fase de conclusão'. No entanto, naquela ocasião, bem como também após a declaração do comandante, ainda não há uma data definida para o lançamento do edital.

Resumo do concurso PM TO

  • Órgão: Polícia Militar do Estado de Tocantins
  • Banca: Cebraspe
  • Cargo: soldado
  • Requisito: nível médio de escolaridade, além de idade entre 18 e 30 anos e altura de 1,63m (homens) e 1,60m (mulheres). 
  • Vagas: mil
  • Status: cronograma em definição
(Foto: Divulgação)
PM TO já tem banca definida para edital
de concurso para soldados (Foto: Divulgação)

Concurso PM TO: Cebraspe será a banca e já assinou contrato

A boa notícia é que os trâmites estão, de fato, adiantados. O concurso da PM TO já tem banca organizadora e a corporação optou pelo Cebraspe para organizar a sua seleção.

E além de já ter definido o Cebraspe em agosto, no mesmo mês o contrato com a banca foi assinado. Essa notícia libera o edital para publicação e não coloca mais nenhum entrave burocrático no meio do caminho. 

De fato, a única pendência será a finalização do edital e a definição do cronograma, que deve ser discutido durante esta primeira semana de novembro. Fica a expectativa para que o edital saia ainda este ano.

Caberá ao Cebraspe publicar o edital com todas as regras, além de receber as inscrições e aplicar as principais etapas de seleção. O próprio governador, Mauro Carlesse, foi quem anunciou o Cebraspe e confirmou que a seleção contará com mil vagas para soldados.

"O concurso da PM TO terá o Cebraspe como organizador. Eu quero que seja muito sério, que não tenha nenhum risco de dizer que o concurso é 'mais ou menos', para que não tenhamos nenhum risco, como teve no anterior", disse o governador, lembrando sobre a seleção de 2018, que foi anulada.

Presidente do Cebraspe, Adriana Rigon Weska, falou em vídeo sobre o orgulho em realizar o próximo concurso da Polícia Militar do Tocantins. O governador ainda falou sobre o déficit de policiais e a necessidade do próximo concurso PM TO para soldados.

"É visível o esforço dos policiais na rua, porque faltam militares", disse.

O que é preciso para concorrer?

Para entrar na corporação e ocupar o cargo de soldado é preciso ter nível médio de escolaridade, além de idade entre 18 e 32 anos e altura de 1,63m (homens) e 1,60m (mulheres). 

Isso mesmo, poderão concorrer nesta seleção candidatos de ambos os sexos. O próximo concurso deve atrair um bom número de inscritos, já que o último foi anulado e não teve nenhum aprovado convocado.

"O concurso da PM TO terá o Cebraspe como organizador. Eu quero que seja muito sério, que não tenha nenhum risco de dizer que o concurso é 'mais ou menos', para que não tenhamos nenhum risco, como teve no anterior", disse o governador Mauro, quando lembrou a seleção de 2018, que foi anulada.

prepare-se

“Nossa polícia é agora uma polícia muito mais forte, cada vez mais firme e decidida. Agradeço à Polícia Militar pela confiança, dedicação e por tudo que têm feito. Vamos a cada dia melhorar mais, para dar as condições necessárias aos policiais militares, civis, aos bombeiros e todos que fazem parte da segurança que cuida do nosso Estado. O Governo sempre procura melhorar, dar condições, estruturação e, se Deus quiser, vamos fazer esse concurso que vai trazer mais mil policiais militares.  Ainda é pouco, mas é o inicio de uma mudança muito grande”, disse o governador.

Último concurso teve cinco etapas de seleção; veja!

O próximo edital deverá ser divulgado como um espelho do anterior, com a mesma estrutura e etapas de seleção. Ele é a melhor referência para os estudos dos candidatos de forma antecipada.

No edital passado, a corporação trouxe cinco etapas, sendo elas: provas objetivas e dissertativas; exame de capacidade física; avaliação psicológica; avaliação médica e odontológica; e investigação social. 

Na primeira fase, a prova objetiva contou com 60 questões que foram divididas pelas seguintes disciplinas: 

  • Língua Portuguesa: 20 questões;
  • Raciocínio Lógico e Matemático: cinco questões;
  • Atualidades e Conhecimentos Regionais: dez questões;
  • Noções de Direito: dez questões;
  • Noções de Informática: cinco questões;
  • Normas Pertinentes à PM-TO: dez pontos. 

Confira o material de preparação da Folha Dirigida e comece já os estudos para o concurso!

✔ Smart Planner
✔ E-books 
✔ Provas para download
✔ Artigos sobre concursos
✔ Editais verticalizados
✔ Vídeos com dicas

Quer receber novidades sobre concursos?

Cadastre-se para receber e-mails com asnotícias em destaque da semana, dicas de preparação, novidades da Folha Dirigidae muito mais!

Carregando...