Concurso PM TO: restrições rígidas em Palmas devem suspender provas

Um novo decreto foi publicado pela prefeita de Palmas, com restrições a grandes eventos. Com isso, o concurso PM TO pode ser suspenso.

04/03/2021 08:36 | Atualizado: 04/03/2021 09:44

04/03/2021 08:36 | Atualizado: 04/03/2021 09:44

Os casos de Covid-19 voltaram a crescer, aumentando a média móvel por mortes e índice de ocupação de leitos nos estados. Em Palmas, a prefeita Cinthia Ribeiro (PSDB) optou por um novo decreto de restrições. Este, poderá afetar a realização das provas do concurso PM TO.

O decreto publicado começa a valer a partir do próximo sábado, 6, e vai até o dia 16 - dois após a data prevista para aplicação das provas, em 14 de março.

Logo, é bem provável que a banca organizadora, o Cebraspe, comunique a suspensão em breve. Isso porque não serão permitidas atividades não essenciais e a realização de grandes eventos.

Outro indício que reforça a suspensão e adiamento das provas do concurso PM TO é a não publicação dos locais de provas pela banca, prevista para a última quarta, 3.

Governador do Tocantins prevê nomeação de aprovados

Publicado inicialmente pelo portal G1, o decreto, além de estabelecer a suspensão do funcionamento de atividades não essenciais, também proibi a realização de eventos de toda e qualquer natureza na capital.

Embora o decreto valha apenas para Palmas, isso já é o suficiente para sacramentar a suspensão do exame, visto que é a capital de Tocantins e o maior centro de aplicação.

Veja os serviços que poderão continuar funcionando em Palmas TO:

  • Em estabelecimentos de saúde relacionados a atendimento de urgência e emergência, clínicas médicas e de reabilitação, emergências odontológicas, clínicas de vacinação, clínicas de imagem, serviços de testagem para Covid-19, laboratórios, bem como clínicas veterinárias para atendimento emergencial;
  • Farmácias e drogarias;
  • Cemitérios e funerárias;
  • Distribuidores e revendedores de gás e de combustíveis;
  • Estabelecimentos de comércio varejista e atacadista de produtos alimentícios;
  • Call center, restritos às áreas de segurança, alimentação, saúde, telecomunicações e de utilidade pública;
  • Segurança pública e privada;
  • Serviços públicos executados mediante concessão;
  • Empresas privadas de transporte, incluindo táxis, transportadoras e aquelas que realizem entrega em domicílio;
  • Empresas que atuam como veículo de comunicação;
  • Hotéis, pousadas e correlatos;
  • Assistência social e atendimento à população em estado de vulnerabilidade;
  • Oficinas mecânicas e borracharias para realizar atendimento a urgências/emergências;
  • As centrais de atendimento do Resolve Palmas, mediante agendamento prévio;
  • Organizações religiosas para atendimentos individualizados previamente agendados.
(Foto: Divulgação)
Concurso PM TO deve ser suspenso em função da pandemia
(Foto: Divulgação)

Concurso PM TO tem oferta de mil vagas. Veja!

Publicado na véspera da véspera do Natal, o esperado edital do concurso PM TO veio com todas as vagas previstas, sendo mil em vários cargos. O destaque é o soldado, de nível médio.

Antes mesmo da publicação,  o governador Mauro Carlesse já havia anunciado o lançamento  do edital pelas redes sociais. O governador confirmou a oferta de mil vagas com a seguinte distribuição:

  • 50 vagas para músicos;
  • 20 vagas para técnico em enfermagem;
  • 5 vagas para técnico em saúde bucal;
  • 950 vagas para soldado.

Na área da Saúde, quem quiser concorrer, além dos requisitos gerais, precisa de ter cursos de Técnico em Enfermagem ou Técnico em Saúde Bucal.

Para o quadro de músicos, todavia, não há necessidade de ser portador de certificado de cursos na área. Mas, o candidato será submetido a uma prova prática instrumental como etapa da seleção.

Além das provas objetivas, previstas para o dia 14, o concurso PM TO também contará com outras etapas. Elas terão caráter eliminatório e/ou classificatório, sendo:

  • Exame de Capacidade Física
  • Avaliação Psicológica
  • Avaliação Médica e Odontológica
  • Investigação Social
  • Curso de formação

Governador do TO anunciou novo edital para oficiais

A Polícia Militar do TO deve ter um novo edital publicado em breve. Em janeiro, o governador anunciou que está autorizado o início de trabalhos para a realização de novo concurso PM TO para oficiais.

O anúncio foi confirmado pelo  próprio Governo do Tocantins  , que fez um registro da assinatura do governador e também anunciou que a comissão organizadora já está formada.

O anúncio confirma que serão 30 vagas para Curso de Formação de Oficiais (CFO) da Polícia Militar do Tocantins (PMTO).

"Temos feito uma gestão com planejamento, responsabilidade e eficiência para recuperar as finanças do nosso Estado e melhorar a vida do povo tocantinense. E isso nos possibilita, agora, dar um suporte maior para a nossa honrosa Polícia Militar, que tanto prezo, fazendo com que ela siga sendo a melhor Polícia do Brasil. O concurso para a formação de novos oficiais é uma necessidade que a instituição tem e é uma grande oportunidade para as pessoas ingressarem em uma excelente carreira dentro do serviço público”, disse o governador.

O concurso PM TO para oficiais, inclusive, já tem comissão organizadora formada e não deve demorar para cumprir as próximas etapas.

Estude para o concurso PM TO com a Folha Cursos

Folha Cursos chegou para acelerar os seus estudos e você vai conseguir encontrar materiais completos, otimizados e sem enrolação:

Confira a seguir os cursos preparatórios já disponíveis!

Por cargo

Por carreira

Gostou da novidade? Clica lá em cima no botão das redes sociais e compartilha essa super oportunidade com os seus amigos. 

Quer receber novidades sobre concursos?

Cadastre-se para receber e-mails com asnotícias em destaque da semana, dicas de preparação, novidades da Folha Dirigidae muito mais!

Carregando...