Concurso PM SP: confirmado pedido para mais 5.400 vagas. Saiba mais!
Chefe da Seção de Gestão e Coordenação de concurso da PM SP concede entrevista à Folha Dirigida e confirma pedido para mais 5.400 vagas.
16/06/2021 15:58 | Atualizado: 21/06/2021 10:14Por: Mateus Carvalho
16/06/2021 15:58 | Atualizado: 21/06/2021 10:14 - Por: Mateus Carvalho

Quem aguarda uma oportunidade na Polícia Militar do Estado de São Paulo já pode comemorar. A corporação solicitou ao governo uma nova autorização para preencher mais 5.400 vagas de soldado por meio de um novo concurso PM SP.

Essa informação foi confirmada pelo chefe da Seção de Gestão e Coordenação de Concurso e capitão da PM, Obrien Pineda Teixeira.

Saiba como começar a estudar para o concurso PM SP!

Ele concedeu entrevista à Folha Dirigida e falou sobre a situação do segundo edital de soldado, que não foi publicado ainda. O representante da corporação também contou sobre o novo pedido e se mostrou otimista para o aval.

Além disso, Obrien conta que há uma expectativa grande para que um desses editais possam ser divulgados ainda este ano. Quer mais detalhes? Assista a entrevista a seguir! 

Capitão da PM confirma novo pedido de concurso

Após toda a confusão no último ano por conta do decreto que proibia novas contratações em São Paulo, ao longo da pandemia, a Polícia Militar quer voltar a manter a regularidade nas contratações. E, para isso, solicitou ao governo uma autorização para 5.400 vagas.

De acordo com o capitão da Polícia Militar, esse pedido acontece todos os anos, como parte do 'turn-over' da corporação.

Todo ano é solicitado ao governo o aval para preencher mais cargos. A solicitação formal já foi feita. Agora, Obrien Teixeira diz que depende do governo autorizar e saber se será concedido o aval na sua totalidade.

"A gente tem sempre o otimismo, porque precisamos e é importante a renovação. O completamento do efetivo é uma tarefa árdua, leva tempo. Então quanto antes a gente puder ter um concurso novo aberto para que a gente possa renovar o efetivo vamos sempre trabalhar com afinco para que isso aconteça."

Se autorizadas, novamente essas 5.400 vagas serão divididas em dois editais, sendo cada um com 2.700 vagas. A principal demanda é sempre para o cargo de soldado, de nível médio.

Para participar do concurso PM SP é preciso de nível médio, além de ter idade de 17 a 30 anos e carteira de habilitação a partir da categoria 'B'. A corporação exige ainda altura mínima de 1m55 para mulheres e 1m60 para homens.  

A remuneração em início de carreira é de R$3.164,58 mensais. Esse valor é composto por R$1.226,03 de vencimento, R$1.226,03 de Regime Especial de Trabalho Policial (RETP) e R$712,52 de insalubridade. O regime de contratação é o estatutário, com estabilidade.

(Foto: Divulgação)
PM SP se prepara para receber novas autorizações para concursos
(Foto: Divulgação)

Efetivo e saídas mobilizam o pedido para novo concurso

O chefe da Seção de Gestão e Coordenação de Concurso, Obrien Pineda Teixeira, explicou que geralmente é sempre solicitado um número de vagas dentro dessa média. Ele explica que isso é devido ao número de saídas.

Atualmente, a Polícia Militar tem cerca de 93 mil policiais em seu efetivo, segundo ele.

No entanto, por ano, mais de 3 mil servidores deixam a corporação, seja por aposentadorias ou outro tipo de desligamento.

Por esse motivo, ele explica que, mesmo não havendo carência para 5.400 policiais, esse é o quantitativo solicitado, pois, dada a complexidade e demora na conclusão de cada concurso, quando um termina já há necessidade de mais contratações.

"Nós estamos trabalhando com a possibilidade de novas autorizações junto ao governo do estado. Assim que tiver o aval, vamos publicar os editais. Não tenha dúvida, vamos fazer todos os esforços possíveis. Se, sair a autorização e houver tempo hábil para publicar o edital ainda esse ano, nós vamos publicar."

Mas e o segundo edital de concurso PM SP 2020?

Para quem não está lembrado, a Polícia Militar ficou "devendo" um edital de concurso PM SP, que tinha previsão de sair o quanto antes. Mas, isso não será possível de ser cumprido. Ou seja, a PM SP vai ter que aguardar a próxima autorização.

Isso porque o aval para a realização desse segundo edital já expirou, não sendo possível a sua realização.

Vale lembrar que, em janeiro de 2020, o Governo do Estado de São Paulo concedeu autorização para a PM SP preencher mais de 5 mil vagas, em vários cargos, inclusive o soldado.

Dessas, 5.400 eram para o soldado e seriam preenchidas por meio de dois editais. Mas, nesse meio tempo, foi publicado um decreto que proibia a realização de novos concursos e novas contratações em São Paulo. Por esse motivo, todos os planos foram por água abaixo.

A PM SP até correu. No final de 2020, perto de expirar o decreto, começou a se organizar e intensificou os preparativos para publicar o primeiro edital com 2.700 vagas de soldado. O documento foi publicado no dia 9 de janeiro de 2021.

Entretanto, como a autorização para essas vagas foi dada em 25 de janeiro de 2020, o segundo edital com mais 2.700 precisava sair até 24 de janeiro. Isso não foi possível, segundo o capitão da PM.

Logo, com a autorização expirada, a PM SP não teve mais como divulgar o segundo edital e tratou de formalizar o novo pedido para novos concursos. Agora, a expectativa é para que o governador João Doria autorize as novas contratações a qualquer momento.

PM SP fala sobre desafio de aplicar provas na pandemia

A Polícia Militar de São Paulo, inclusive, já aplicou algumas provas de concurso durante a pandemia. O próprio edital de soldado com 2.700 vagas teve os seus exames realizados, no último 16 de maio.

O capitão da PM falou sobre com foi esse desafio de realizar avaliações em um período delicado e com diversas restrições.

"Foi exigido de nós um trabalho enorme, uma dedicação enorme para que tudo pudesse dar certo, em conjunto com a organizadora - que foi a Fundação Vunesp no caso do concurso de soldado. Mas procuramos fazer o nosso máximo possível. Tivemos muito trabalho nos bastidores: conseguir escolar, manter o distanciamento de 1,5m entre as carteiras, fiscais suficientes para acomodar essa quantidade suficiente de salas e escolas. Mas a Vunesp conseguiu desempenhar esse papel de forma exemplar e nos ajudou com tudo isso."

Obrien também mencionou que os candidatos colaboraram bastante na aplicação das provas da PM SP no concurso de soldado. Ele relata que o uso de máscara foi respeitado, pouca aglomeração e os familiares foram conscientes nos arredores dos locais.

"Tivemos a máxima de tranquilidade para garantir a segurança e saude dos candidatos e familiares. O que nos deixa orgulhosos é não ter tido nenhum caso de candidato com Covid pós-provas."

Obrien revela que a abstenção ficou em torno de 34% de faltosos, acima do último concurso, porém menor do que o esperado pela organização e comissão. 

Resultado final das provas do concurso de soldado

O chefe do setor e capitão da PM informou que a previsão da corporação é publicar o resultado das provas na segunda quinzena de junho. Além do resultado final, ele também antecipou que vai divulgar o cronograma dos próximos eventos e convocação.  

A Polícia Militar de São Paulo trabalha para finalizar todo o concurso entre o final de 2021 e início de 2022.

Na entrevista, o capitão da PM SP também falou sobre o curso de formação, deu detalhes do TAF e falou mais detalhadamente sobre a falta de pessoal. Quer conferir? Acesse no vídeo!

Prepare-se com a Folha Cursos

Que tal começar a se preparar para concursos com a Folha CursosEla chegou para acelerar os seus estudos e agora você vai conseguir encontrar materiais completos, otimizados e sem enrolação.

Notícia boa que chama, né? Então dá uma olhada!

 

Quer receber novidades sobre concursos?
Cadastre-se para receber e-mails com asnotícias em destaque da semana, dicas de preparação, novidades da Folha Dirigidae muito mais!
Newsletter
Carregando...