Mais da metade! Concurso PM-RN registra cerca de 60% de faltosos

O concurso da Polícia Militar teve um alto índice de abstenções nas provas objetivas, com mais da metade dos inscritos não comparecendo.

26/09/2018 07:58 | Atualizado: 26/09/2018 11:03

26/09/2018 07:58 | Atualizado: 26/09/2018 11:03

O concurso da Polícia Militar do Rio Grande do Norte aplicou provas no último domingo, 23, para o cargo de soldado. Eram esperados mais de 12 mil inscritos. Segundo o Instituto Brasileiro de Apoio e Desenvolvimento Executivo (Ibade), organizador da seleção, em torno de 60% dos confirmados não compareceram ao exame.

A banca não divulgou o percentual exato de abstenções, mas confirma que foram mais da metade de candidatos que se ausentaram no concurso PM-RN. Este, portanto, se configura um índice bem considerável. Em agosto, a Assessoria de Imprensa da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social informou à FOLHA DIRIGIDA que foram 12.841 inscrições.

Os gabaritos e cadernos de questões das provas objetivas já foram divulgados. Os documentos foram disponibilizados pela banca organizadora, um dia após a realização dos exames no domingo.

Prazo para recursos termina nesta quarta, 26

Quem não concordou com as respostas disponibilizadas pela banca poderá enviar o seu pedido de recurso somente até esta quarta-feira, 26. As solicitações devem ser feitas no  portal do Ibade , preenchendo o formulário específico.

Os pedidos serão analisados pela banca examinadora. As respostas dos recursos e o gabarito final da prova objetiva, assim como as notas preliminares, serão divulgados no dia 17 de outubro. Em caso de anulação de questão, os pontos serão atribuídos a todos os candidatos.

PM-RN aceita recursos até esta quarta, 26
Recursos da PM-RN são aceitos até esta quarta-feira, 26
(Foto: Divulgação/PM-RN)

60% também é o percentual para aprovação na prova objetiva

A prova objetiva do concurso da Polícia Militar do Rio Grande do Norte foram realizadas nas cidades de Natal, Mossoró e Caicó, no turno da manhã e foi composta por 80 questões. Os candidatos tiveram cinco horas para responder toda a prova e escrever uma redação dissertativa.

As disciplinas cobradas na prova objetiva foram Língua Portuguesa, Noções de Direito Constitucional, Geografia do Brasil e do RN, Noções de Direito Penal Militar, Noções de Direito Penal, Noções de Legislação Extravagante, Noções de Informática e Legislação Específica da Polícia Militar.

Para ser considerado aprovado na prova objetiva, o candidato do concurso PM-RN deve obter 60% do total de pontos e ainda o mínimo 40% dos pontos em cada disciplina. Os habilitados serão convocados para as demais etapas: exame de saúde, teste de aptidão física, avaliação psicólogica, investigação social e avaliação de títulos. Haverá também curso de formação.

O concurso da PM-RN oferece mil vagas para o cargo de soldado, que exige nível superior completo, altura mínima de 1,65m para homens e 1,60m para mulheres. Ainda é necessário ter entre 21 e 30 anos e carteira de habilitação na categoria B. Dos inscritos, eram 3.437 são mulheres, que disputam 62 vagas. Para os homens são 938 vagas, foram computadas 9.404 inscritos. 

Quer receber novidades sobre concursos?

Cadastre-se para receber e-mails com asnotícias em destaque da semana, dicas de preparação, novidades da Folha Dirigidae muito mais!

Sobre o concurso

Inscrições Encerradas

PM-RN - 2018 - soldado

RN
Até R$2904,00
Fund...
1000 vagas