Concurso PMERJ Saúde: FGV é a banca mais cotada para seleção. Entenda!

Ao que tudo indica, a Fundação Getulio Vargas é a organizadora mais cotada para assumir o concurso PMERJ Saúde. Entenda!

08/10/2020 11:55 | Atualizado: 08/10/2020 12:32

08/10/2020 11:55 | Atualizado: 08/10/2020 12:32

Após o departamento de licitação da Polícia Militar do Rio de Janeiro afirmar que a organizadora dos concursos para Oficiais e para área da Saúde já está definida, uma nova informação indica que a banca mais cotada para assumir os concursos é a Fundação Getúlio Vargas. A FGV foi indicada para assumir as etapas de seleção do concurso para Oficiais pela Diretoria Geral de Pessoal da Pmerj.

Considerando que a mesma banca assumirá a organização dos dois concursos, informação já confirmada pela diretora de Licitações e Projetos da Pmerj, a expectativa é que a FGV seja a responsável pelo concurso Pmerj Saúde também. O próximo passo é a divulgação do nome da organizadora escolhida em Diário Oficial.

Ainda de acordo com a diretora de Licitações e Projetos da Pmerj a publicação deve ser realizada até a próxima semana. Ou seja, a previsão é que até a sexta-feira, dia 16, os candidatos conheçam a empresa que organizará o concurso Pmerj Saúde 2020.

Se de fato a Pmerj seguir esse prazo, a estimativa é de que até o fim de novembro sejam publicados os editais para ambos concursos (Oficiais e Saúde). Sendo assim, as provas dos concursos poderão ser aplicadas no início de 2021.

+ Concurso PMERJ: FGV é banca mais cotada para edital de oficiais

Concurso PMERJ Saúde 2020

  • Órgão: Polícia Militar do Rio de Janeiro
  • Banca: em definição
  • Cargos: técnico em enfermagem e oficial médico
  • Requisitos: níveis médio/técnico e superior
  • Vagas: 67
  • Remuneração: de R$3.246,42 a R$6.014,19
  • Último edital: publicado em 2010

Concurso Pmerj Saúde terá vagas para níveis médio e superior

O concurso já está autorizado desde 2019. A oferta será de 67 vagas, para cargos de níveis médio e superior. 

Para o nível médio serão oferecidas 25 oportunidades para a carreira de técnico em Enfermagem. Para concorrer é preciso ter o diploma de Conclusão do Curso Técnico de Enfermagem, reconhecido pelo MEC. Além do Registro no Conselho Regional de Enfermagem no Estado do Rio de Janeiro. 

O registro deve conter o número da carteira, podendo ser aceito o Registro Provisório do Conselho Regional de Enfermagem. No entanto, este deve estar dentro do prazo de validade. A remuneração oferecida para o cargo é de R$3.246,42.

As outras 42 vagas são destinadas à função de oficial médico do Quadro de Oficiais de Saúde da Polícia Militar.  Nesse caso as oportunidades serão distribuídas por diferentes especialidades, são elas:

  • Anestesiologia = uma vaga;
  • Cirurgia Geral = uma vaga;
  • Cirurgia Pediátrica = uma vaga;
  • Cirurgia Vascular = uma vaga; 
  • Cirurgia Vascular (Endovascular) = uma vaga;
  • Clínica Médica = 20 vagas;
  • Neurocirurgia = quatro vagas;
  • Ortopedia = uma vaga;
  • Psiquiatria = sete vagas;
  • Radiologia = uma vaga;
  • Terapia Intensiva (adulto) = quatro vagas.

Para esses profissionais, o salário será de R$6.014,19. Para se candidatar às vagas de médico, o requisito é o diploma de graduação no Curso de Medicina em faculdade reconhecida pelo MEC e os documentos comprobatórios da graduação e das especialidades:

  • Diploma de graduação no Curso de Medicina em Faculdade reconhecida pelo MEC;
  • Registro definitivo no Conselho Regional de Medicina do Estado do Rio de Janeiro e Certidão de Nada Consta do CREMERJ;
  • Certificado de conclusão com aproveitamento de programa de residência médica reconhecido pela Comissão Nacional de Residência Médica na especialidade da área a qual se inscreveu ou Certificado de Conclusão com aproveitamento do Curso de Especialização, em curso reconhecido pelo MEC. 

+ Concurso PMERJ Saúde: organizadora deve ser anunciada até dia 16

Pmerj
Após dez anos de espera, concurso Pmerj Saúde pode ter novo edital em
novembro (Foto: Divulgação)

Entenda quais serão as etapas de seleção dos candidatos

Os candidatos do concurso Pmerj Saúde serão avaliados em sete etapas, conforme descrito no Projeto Básico da seleção, ao qual Folha Dirigida teve acesso. São elas:

  1. Prova objetiva;
  2. Avaliação de títulos;
  3. Exame Antropométrico;
  4. Teste de Aptidão Física;
  5. Exame Psicológico;
  6. Exame de Saúde;
  7. Exame Social e Documental.

As duas primeiras etapas ficarão sob a responsabilidade da organizadora do concurso, que deverá ser anunciada até a próxima sexta. As demais ficarão sob a responsabilidade da própria Polícia Militar. 

Botão com link para assinatura

A prova objetiva do concurso será composta por 80 questões de múltipla escolha. Na data da avaliação, que será definida posteriormente, os candidatos terão quatro horas para responder todos os itens.

O conteúdo exigido sofrerá alterações de acordo com a carreira. Serão cobradas as seguintes disciplinas, para cada um dos cargos:

Técnico em Enfermagem

  • Deontologia e Exercício Profissional (cinco);
  • Fundamentos de Enfermagem (15);
  • Enfermagem Médico-Cirúrgica (20);
  • Enfermagem em Emergência (10);
  • Administração em Enfermagem (cinco);
  • Enfermagem Materno-Infantil (10);
  • Enfermagem em Saúde Pública (10); e
  • Enfermagem Psiquiátrica e Saúde Mental (cinco).

Oficial médico

  • Pediatria (10);
  • Clínica Médica (10);
  • Ginecologia e Obstetrícia (10);
  • Cirurgia Geral (10);
  • Legislação Institucional (10); e
  • Conteúdo da Especialidade (30).

Para garantir a aprovação, os candidatos devem acertar, no mínimo, 50% da avaliação. Além disso, os concorrentes não podem zerar nenhuma das disciplinas cobradas.

A segunda etapa será a avaliação de títulos, onde os candidatos poderão somar até 20 pontos. Para técnicos em enfermagem, serão aceitos documentos comprobatórios e declaração de experiência profissional como Técnico de Enfermagem na área assistencial de cuidados de Enfermagem.

Para cada ano de experiência profissional devidamente comprovado, serão atribuídos quatro pontos ao candidato, sendo aceitos, no máximo, cinco anos de experiência. 

No caso dos oficiais médicos, serão aceitos títulos de Pós doutorado, Doutorado, Mestrado e Título da AMB, cada um valendo cinco pontos. A Pmerj ainda não divulgou detalhes das demais etapas, que serão de sua própria responsabilidade.

Pmerj não realiza concurso para Saúde há 10 anos

A estrutura do concurso é parecida com a da seleção anterior, realizada em 2010. Na época, foram oferecidas vagas apenas para cargos de nível superior.

As chances eram para os cargos de médicos (diversas especialidades), enfermeiros, fisioterapeutas, psicólogos, fonoaudiólogos, assistentes sociais e nutricionistas.

Além do requisito de escolaridade, os candidatos deveriam ter idade entre 18 e 30 anos para se inscrever. A altura mínima era de 1,65 para homens e 1,60 para mulheres.

Naquele ano, o concurso foi realizado em sete etapas: prova escrita; exame antropométrico; exame físico; exame médico; exame social e documental; exame psicológico; e prova de títulos.
 
Todas as fases tinham caráter eliminatório e classificatório. A exceção era a avaliação de títulos, que tinha caráter apenas classificatório.

Em 2010, a prova objetiva do concurso foi composta por 50 questões de múltipla escolha. Todos os itens eram referentes à disciplina de Conhecimentos Específicos. 

A avaliação tinha valor de zero a dez pontos e peso sete. Foram aprovados os candidatos que alcançaram, no mínimo, 50% de acertos nas avaliações. 

Quer receber novidades sobre concursos?

Cadastre-se para receber e-mails com asnotícias em destaque da semana, dicas de preparação, novidades da Folha Dirigidae muito mais!

Carregando...