Concurso Polícia Civil-MT: sai resultado final para delegado

Divulgado o resultado final do concurso para delegado de polícia substituto da Polícia Judiciária Civil do Estado de Mato Grosso.

12/11/2018 09:21 | Atualizado: 12/11/2018 11:24

12/11/2018 09:21 | Atualizado: 12/11/2018 11:24

Após serem adiados na última semana, foram divulgados,  na sexta-feira, dia 9, os resultados finais da investigação social e do concurso para delegado substituto da Polícia Judiciária Civil do Estado de Mato Grosso (PC-MT). 

Os resultados estavam previstos para serem publicados na última segunda-feira, 5. No entanto, o organizador emitiu um comunicado adiando a divulgação, no dia 6.  De acordo com o Cebraspe, organizador do concurso, os resultados foram homologados na última sexta-feira, 9 .

Confira o resultado final do concurso

Concurso PC-MT é homologado

O concurso para delegado de polícia substituto teve seu edital divulgado em março de 2017. A seleção contou com oportunidades para formação de cadastro de reserva e, para participar, foi preciso ter bacharelado em Direito.

Os classificados no concurso serão convocados a critério da Polícia Judiciária Civil do Mato Grosso. Os contratados receberão uma remuneração inicial de R$19.316,49, para carga de trabalho de 40 horas semanais. A seleção terá validade de dois anos e poderá ser prorrogada por igual período. 

Concurso teve mais de 13 mil inscritos

O concurso da PJC-MT registrou mais de 13 mil inscrições. Os candidatos foram avaliados por meio de provas objetiva, discursiva e oral, além de análise de títulos, exame de saúde, teste de aptidão física (TAF), avaliação psicológica e investigação social.  

Concurso para delegado da PJC-MT é homologado (Foto:Divulgação/PJC)​​​​​​​
Concurso para delegado da Polícia Civil do Mato Grosso é homologado
(Foto:Divulgação/PJC)

Na primeira etapa de avaliação, a prova objetiva, os candidatos tiveram que responder 30 questões de Conhecimentos Gerais e Específícos. Já o exame discursivo consistiu em cinco questões sobre Direito Constitucional, Direito Penal, Direito Processual Penal e Legislação Complementar.

Prepare-se para concursosNo entanto, a seleção foi alvo de investigações, após suspeita de irregularidades durante a aplicação da prova objetiva, no dia 8 de outubro de 2017. O concurso ficou parado por 60 dias.  

O Ministério Público ficou responsável por apurar as denúncias e concluiu que houve falha processual, uma vez que o inquérito foi baseado em uma falsa perícia que atestou violação dos envelopes das provas do concurso.

Em julho deste ano, porém, uma nova polêmica envolveu a seleção de delegado. O MP abriu novas investigações sobre irregularidades no TAF. A apuração começou após o órgão obter informações de que todos os candidatos que concorreram às vagas reservadas para pessoas com deficiência foram eliminados. 

No entanto, em agosto o Ministério Público decidiu arquivar as investigações. O motivo se deu porque, de acordo com o órgão, não foram apresentados indícios suficientes de ilegalidade para propor uma ação judicial. 

Convocação em concursos: entenda!

Mesmo com suspensão e investigações ao longo do concurso, a seleção para a Polícia Judiciária Civil do Estado de Mato Grosso enfim foi homologada. Agora, os classificados devem ficar atentos às possíveis convocações, já que o concurso é para o cadastro de reserva. Com isso, FOLHA DIRIGIDA traz as explicações do advogado Sérgio Camargo, que explica como funciona a ordem de convocação em concursos. Entenda!

Quer receber novidades sobre concursos?

Cadastre-se para receber e-mails com asnotícias em destaque da semana, dicas de preparação, novidades da Folha Dirigidae muito mais!

Carregando...