Concurso Guarda de Palmas-TO: Vunesp é oficializada como banca

A dispensa que oficializa a Vunesp como banca organizadora do concurso Guarda de Palmas-to foi publicada na terça-feira, 21

22/01/2020 11:26 | Atualizado: 22/01/2020 14:31

22/01/2020 11:26 | Atualizado: 22/01/2020 14:31

A Fundação Vunesp foi oficializada como banca organizadora do novo concurso para Guarda Metropolitana de Palmas, capital do Tocantins. A dispensa de licitação foi publicada no Diário Oficial do Município de terça-feira, 21.

Em dezembro, durante coletiva de imprensa, a prefeita Cinthia Ribeiro já tinha anunciado que a Vunesp seria responsável por receber as inscrições do concurso e organizar as provas. Porém, a confirmação só veio com a divulgação no Diário Oficial.

A escolha da banca recebeu o aval da Secretaria Municipal de Transparência e Controle Interno e da Procuradoria Geral do Município (PGM). De acordo com a dispensa de licitação, a estimativa é que o concurso Guarda de Palmas-TO atraia 15 mil inscritos.

O próximo passo é a assinatura de contrato entre a prefeitura e a Vunesp para prestação dos serviços. Depois disso, as partes poderão se reunir para finalizar os detalhes do edital, como cronograma das atividades.

Guarda Metropolitana de Palmas prepara um novo concurso público
(Foto: Governo TO)

 

A previsão do município é que o edital seja publicado ainda em 2020. A oferta será de 100 vagas para ingresso na Guarda Metropolitana em ambos os sexos, sendo 50 imediatas e 50 para formação de cadastro de reserva.

O cargo tem como pré-requisitos o nível médio completo, altura mínima de 1,65m para homens e 1,60m para mulheres e idade entre 18 e 45 anos. A remuneração atual ainda não foi revelada.

Segundo estabelece o estatuto da corporação, os guardas têm direito também a 30% de adicional de periculosidade, auxílio-alimentação e adicional noturno. Há também estabilidade e possibilidade de progressão na carreira. 

Concurso Guarda de Palmas-TO: prefeita confirma 100 vagas em 2020

Sem concurso, Guarda de Palmas-TO tem déficit de 412 agentes

A Guarda Metropolitana de Palmas vê sua carência de servidores aumentar desde 2007, quando realizou seu último concurso público. De acordo com os dados da prefeitura, faltam 412 guardas no município.

Dessa forma, é esperado que o cadastro de reserva do concurso Guarda de Palmas-TO seja bem utilizado no decorrer do prazo de validade. A secretária de Segurança e Mobilidade Urbana, Welere Barbosa, revelou que a seleção deve renovar 25% do efetivo. 

"Muitos dos nossos guardas já estão com tempo de serviço para aposentadoria, e, além de recompor o quadro, esse certame representa um fortalecimento na instituição, pois possibilita a implementação desse projeto de segurança pública de qualidade à serviço da população", reforçou a titular da pasta.

O último edital do concurso trouxe 100 vagas para guardas, sendo 90 para homens e dez para mulheres. Os concorrentes foram avaliados por provas objetivas, avaliação médica, teste de aptidão física (TAF), avaliação psicológica, investigação social da vida pregressa e curso de formação.

Na primeira fase, o exame foi composto por questões de Língua Portuguesa, Matemática, Geografia e História do Tocantins e Conhecimentos Específicos.

Desde dezembro de 2019, a Guarda Metropolitana conta com uma  mulher na chefia . Sandra Letícia Thomazi Bordin foi nomeada como a primeira mulher a comandar a corporação.

Ela assume o posto no momento em que a corporação vive a expectativa da renovação do quadro efetivo, com a realização do concurso público. Bordin também ficará com a chefia da organização do edital, previsto para este ano. 

Newsletter

Newsletter

Quer receber novidades sobre concursos?

Quer receber diretamente no seu e-mail as principais notícias dos concursos da sua região?

E de quebra dicas para seus estudo? Cadastre-se gratuitamente na newsletter FD para ter tudo isso!

Sobre o concurso

Previsto

Guarda Metropolitana de Palmas-TO - 2020

TO
Não informado
Fund...
50 vagas