Concurso Ministério da Justiça escolhe organizador para 35 vagas

O concurso Ministério da Justiça para 35 vagas temporárias já tem banca organizadora definida. Será o Instituto AOCP.

15/04/2020 15:43 | Atualizado: 15/04/2020 18:59

15/04/2020 15:43 | Atualizado: 15/04/2020 18:59

O concurso Ministério da Justiça para 35 vagas temporárias já tem banca organizadora definida. Será o Instituto AOCP, escolhido por meio de dispensa de licitação. A publicação confirmando a instituição responsável pela seleção saiu no Diário Oficial da União (DOU) desta quarta-feira, 15.

O próximo passo da pasta é fechar o edital junto ao instituto. Conforme previsto na portaria autorizativa da seleção, o edital precisa ser publicado até 19 de maio de 2020 (seis meses após a publicação da autorização). 

A seleção visa ao preenchimento de 35 vagas temporárias para atuação no desenvolvimento de atividades relacionadas ao Projeto Sinesp Big Data e Inteligência Artificial.

Do total, dez serão destinadas a engenheiro de dados (Big Data), 13 para analista de governança de dados (Big Data) e 12 para cientista de dados (Big Data). A remuneração será de R$8.300.

Os profissionais serão contratados por quatro anos, período que poderá ser prorrogado, desde que devidamente justificado, com base nas necessidades de conclusão das atividades propostas aos profissionais.

Requisitos e vagas do concurso Ministério da Justiça:

Engenheiro de dados (Big Data)
Vagas: dez
Requisitos: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior na área de informática/computação ou graduação em qualquer área de formação com pós-graduação em informática/computação (mínimo de 360 horas), fornecido por instituição reconhecida pelo Ministério da Educação. Experiência profissional superior a cinco anos em funções de tecnologia da informação; ou possuir título de mestrado ou doutorado na área.

Analista de governança de dados (Big Data)


Vagas: 13
Requisitos: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior na área de informática/computação ou graduação em qualquer área de formação com pós-graduação em informática/computação (mínimo de 360 horas), fornecido por instituição reconhecida pelo Ministério da Educação. Experiência profissional superior a cinco anos em funções de tecnologia da informação; ou possuir título de mestrado ou doutorado na área.

Cientista de dados (Big Data)
Vagas: 12
Requisitos: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior na área de informática/computação ou graduação em qualquer área de formação com pós­-graduação em informática/computação (mínimo de 360 horas), fornecido por instituição reconhecida pelo Ministério da Educação. Experiência superior a cinco anos em funções de coordenação de projetos e/ou coordenação de projetos em ambientes ou linguagem de software livre; ou possuir título de mestrado ou doutorado na área.
 

Concurso Ministério da Justiça tem banca organizadora definida (Foto: Divulgação)
Concurso Ministério da Justiça tem banca organizadora definida
(Foto: Divulgação)


O que é o Sinesp Big Data e Inteligência Artificial

O objetivo do governo ao investir em ferramentas de Big Data e Inteligência Artificial é adotar maneiras mais eficazes de combate à criminalidade.

De acordo o Ministério da Justiça e Segurança Pública, a ferramenta promove a integração de dados em larga escala para auxiliar na elaboração de políticas públicas contra a criminalidade, as organizações criminosas e a corrupção.
 
A estimativa é que ao longo dos quatro anos do atual governo, sejam investidos R$32 milhões em tecnologia. O projeto Big Data e Inteligência Artificial é composto por 11 ferramentas. Desse total, quatro já foram entregues. São elas:

  1. Sinesp Big Data: Base dos sistemas da Sinesp, com tecnologias e soluções para execução em larga escala
     
  2. Big Data - Geo Inteligência: Georreferenciamento das ocorrências  em relação ao tempo e o espaço em que registrada.  Será possível, por exemplo, visualizar rotas de policiamento e mapas de calor com os locais onde mais acontecem crimes e em quais horários;
     
  3. Big Data - Tempo Real: Monitoramento inteligente para rápida intervenção, acompanhamento de ocorrências criminais, detecção por sensores, câmeras de segurança, viaturas e agentes e pessoas com restrição de liberdade que fazem uso de tornozeleiras eletrônicas;
     
  4. Big Data - Busca: Permitirá a busca de informações em boletins de ocorrência de outros estados e municípios, além de pesquisas a dados de pessoas, objetos e documentos.

Newsletter

Newsletter

Quer receber novidades sobre concursos?

Quer receber diretamente no seu e-mail as principais notícias dos concursos da sua região?

E de quebra dicas para seus estudo? Cadastre-se gratuitamente na newsletter FD para ter tudo isso!

Sobre o concurso

Inscrições Encerradas

Ministério da Justiça e Segurança Pública - 35 vagas - 2020

Nacional
Até R$8300,00
Fund...
35 vagas