Concurso Ibama: instituto confirma pedido de edital com 2.311 vagas
Ibama confirma pedido de autorização para concurso com 2.311 vagas para níveis médio e superior. Solicitação está no Ministério da Economia!
22/06/2021 17:05 | Atualizado: 23/06/2021 12:41Por: Bruna Somma
22/06/2021 17:05 | Atualizado: 23/06/2021 12:41 - Por: Bruna Somma

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis confirmou o pedido para autorização de novo concurso Ibama com 2.311 vagas. A solicitação foi encaminhada ao Ministério da Economia para análise.

Do total de vagas solicitadas, 1.005 são para técnico administrativo (nível médio), 970 para analista ambiental (nível superior) e 336 para analista administrativo (nível superior). Os dados foram informados à Folha Dirigida nesta terça-feira, 22, pela Assessoria de Imprensa do instituto.

Os órgãos federais tiveram até o dia 31 de maio para enviarem pedidos de novos concursos ao Ministério da Economia. Cabe à pasta autorizar ou não as seleções, diante do caráter de prioridade para reposição de pessoal e orçamento disponível.

Confira os detalhes dos cargos do pedido do novo concurso Ibama:

CargoRequisitoRemuneração inicial*
Técnico administrativo - 1.005 vagasNível médioR$4.063,34
Analista ambiental - 970 vagasNível superiorR$8.547,64
Analista administrativo - 336 vagasNível superiorR$8.547,64

Os últimos concursos do Ibama foram realizados em 2012, 2013 e 2014. As seleções foram organizadas pelo Cebraspe e contemplaram as funções de técnico administrativo, analista ambiental e analista administrativo, respectivamente.

Os concorrentes foram submetidos a uma prova objetiva, composta por 120 questões. Desse quantitativo, 50 eram de Conhecimentos Básicos e as outras 70 de Conhecimentos Específicos. Somente os candidatos a analista também realizaram uma prova de redação.

Mourão reforça déficit e necessidade de concurso Ibama

O vice-presidente da República, Hamilton Mourão, reforçou o déficit de servidores no Ibama e a necessidade de um novo concurso. Segundo ele, é preciso ter, pelo menos, 500 agentes atuando na Amazônia.

Porém, hoje em dia, o instituto dispõe de somente 40 agentes no local. A carência no quadro funcional, de acordo com Mourão, atrapalha a fiscalização e atuação plena do Ibama.

“Não posso ter na Amazônia só 40 agentes do Ibama. Tenho de ter 500. Tem de abrir concurso e botar os agentes para trabalhar, estabelecidos em bases com barco, com helicóptero, com capacidade de cumprir sua tarefa. Se não fizermos isso, não iremos avante”, disse o vice-presidente.

As informações foram passadas por Mourão, em entrevista ao Estadão. O vice-presidente é um dos defensores do novo concurso Ibama. Ele já destacou, mais de uma vez, a urgência para contratação de agentes efetivos.

Agente do Ibama
Ibama busca autorização do Ministério da Economia para abrir
novo concurso para efetivos (Foto: Divulgação)

Desde 2020, Hamilton Mourão sinaliza a chance de novos concursos para órgãos ambientais. Conforme informado por ele, editais para o Ibama, Instituto Chico Mendes (ICMBio) e Fundação Nacional do Índio (Funai) estão no radar do governo.

Os ministérios responsáveis por cada um desses órgãos estudam a viabilidade para reposição dos quadros. Depois disso, será preciso do aval do ministro da Economia, Paulo Guedes.

O Ibama, por sua vez, busca autorização para 2.311 vagas nos níveis médio e superior.

Concurso Ibama: inicie sua preparação para provas

Com a possibilidade de autorização de novo concurso Ibama, os interessados devem começar a preparação. Isso porque os estudos antecipados aumentam as chances de aprovação no cargo público. 

Você sabia que a Folha Dirigida também tem cursos preparatórios? A Folha Cursos traz videoaulas exclusivas, apostilas e questões comentadas para te ajudar no caminho até a aprovação.

Conheça os cursos e comece já seus estudos!

Sem concursos, Ibama tem aval para contratar temporários

Enquanto espera uma posição do Governo Federal sobre o concurso para efetivos, no início de maio, o Ibama recebeu aval para abrir 1.659 vagas temporárias.

O prazo de validade dos contratos será de até seis meses, com possibilidade de prorrogação até o limite de dois anos. Confira a distribuição das 1.659 vagas temporárias por cargo:

  • alfabetizado: brigadista (1.305 vagas) e chefe de esquadrão (213);
  • nível médio: chefe de brigada (96);
  • nível superior: gerente estadual (40) e gerente federal (cinco).

Essas escolaridades levam em consideração o que foi exigido no último edital para temporários do Ibama. 

Quer receber novidades sobre concursos?
Cadastre-se para receber e-mails com asnotícias em destaque da semana, dicas de preparação, novidades da Folha Dirigidae muito mais!
Newsletter
Carregando...