Concurso IBGE: com corte no orçamento, Instituto tenta manter Censo

O concurso IBGE para o Censo Demográfico 2021 pode ser adiado novamente, após relator retirar R$1,7 bi do orçamento da pesquisa. Entenda!

22/03/2021 16:30 | Atualizado: 22/03/2021 16:42

22/03/2021 16:30 | Atualizado: 22/03/2021 16:42

Com inscrições do concurso IBGE encerradas, o Censo Demográfico corre o risco de não ocorrer neste ano. No último domingo, 21, o relator do Orçamento de 2021, senador Márcio Bittar (MDB AC), cortou R$1,76 bilhão dos recursos previstos para a pesquisa.

Com previsão de R$2 bilhões, conforme proposta encaminhada ao Congresso Nacional no dia 31 de agosto de 2020, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística afirma que, com esse corte, não será possível realizar o Censo neste ano.

Ao todo, Bittar estabeleceu um gasto total de R$240 milhões para a pesquisa. O documento entregue pelo senador é a primeira versão do parecer final sobre a Proposta Orçamentária para 2021.

Desta forma, o IBGE diz que espera o apoio da Comissão Mista de Orçamento (CMO), na próxima votação, para que esse cenário seja revertido.

"O país necessita das informações geradas pelo Censo, que são essenciais para subsidiar políticas públicas em diversas áreas, especialmente em um contexto de pandemia, onde esses dados são estratégicos para o avanço da vacinação e para o planejamento de infraestrutura em saúde", ressalta o Instituto.

A CMO deve se reunir nesta semana para analisar o parecer de Bittar. Pelo cronograma da comissão, o texto pode ser votado pelo Congresso na próxima quarta-feira, 24.

Vale lembrar que a tramitação está atrasada, considerando que, pela Constituição, o orçamento deveria ter sido aprovado em dezembro do ano passado.

Ainda sobre a realização do Censo Demográfico 2021 em meio à pressão de trabalhadores do IBGE pelo adiamento da pesquisa devido à pandemia, o Instituto ressaltou que todos os cuidados serão tomados.

"Além de um modelo misto de coleta (presencial, telefone e online) e tecnologia de fronteira de supervisão e monitoramento, os profissionais envolvidos no Censo observarão, em todas as etapas da operação, rígidos protocolos de saúde e segurança adotados pelo IBGE, seguindo recomendações do Ministério da Saúde e as melhoras práticas de prevenção e combate ao Covid-19", finalizou o Instituto.

Concurso IBGE 2021 oferece mais de 204 mil vagas

Publicados no dia 18 de fevereiro, por meio do Cebraspe, os editais do concurso IBGE 2021 contam com mais de 204 mil vagas temporárias, sendo elas nos cargos de:

  • agente censitário municipal (ACM) - 5.450 vagas;
  • agente censitário supervisor (ACS) - 16.959 vagas; e
  • recenseador - 181.898 vagas.

As inscrições terminaram na última semana, nos dias 15 (agentes) e 19 (recenseador). As vagas foram destinadas a candidatos com níveis fundamental (recenseador) e médio (agentes).

Os aprovados terão ganhos de R$2.100 para o agente municipal e de R$1.700 para o agente supervisor. Os valores desses profissionais ainda podem chegar a R$2.558 e R$2.158, respectivamente, com o auxílio-alimentação de R$458.

No caso do recenseador, os ganhos serão por produção. No  site do IBGE , é possível simular a remuneração. Confira aqui como realizar esse cálculo.

Resumo sobre a seleção

  • Órgão: Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)
  • Cargos: agente censitário municipal, agente censitário supervisor e recenseador
  • Vagas: 204.307 vagas temporárias
  • Requisito: níveis fundamental e médio
  • Remuneração: a partir de R$2.158
  • Bancas: Cebraspe
  • Provas: 18 de abril (agentes) e 25 de abril (recenseador)

Provas do concurso IBGE 2021 serão em abril

As provas objetivas do IBGE seguem marcadas para os dias 18 de abril (agentes) e 25 de abril (recenseadores), seguindo os protocolos sanitários de prevenção da Covid-19.

Os exames terão duração de quatro horas e serão aplicados no turno da tarde, com as seguintes disciplinas:

Agentes - 60 questões

  • Língua Portuguesa (dez);
  • Raciocínio Lógico Quantitativo (dez);
  • Ética no Serviço Público (cinco);
  • Noções de Administração/Situações Gerenciais (15); e
  • Conhecimentos técnicos (20).

Recenseador - 50 questões

  • Língua Portuguesa (dez);
  • Ética no Serviço Público (cinco);
  • Matemática (dez); e
  • Conhecimentos técnicos (25).

Prepare-se para o concurso IBGE com a Folha Cursos

Folha Cursos

As provas objetivas serão realizadas, simultaneamente, em todos os municípios em que houver vagas. Os exames ocorrerão nos 26 estados, além do Distrito Federal.

resultado final está previsto para 27 de maio. Após essa etapa, os recenseadores realizarão o treinamento, que faz parte do processo seletivo, e será realizado pelo IBGE.

A previsão do IBGE é contratar os selecionados até agosto deste ano. Isso porque, segundo o Instituto, a coleta de dados para o Censo Demográfico 2021 será realizada entre os meses de agosto e outubro.

O contrato dos agentes terá duração de cinco meses, enquanto o recenseador irá trabalhar, inicialmente, por três meses. Em ambos os casos, os contratos poderão ser prorrogados com base nas necessidades do IBGE.

enlightenedTire suas dúvidas aqui sobre o concurso IBGE para o Censo 2021enlightened

Quer receber novidades sobre concursos?

Cadastre-se para receber e-mails com asnotícias em destaque da semana, dicas de preparação, novidades da Folha Dirigidae muito mais!

Sobre o concurso

Inscrições Encerradas

IBGE - 2021 - Temporários 207 mil vagas

Nacional
Até R$2558,00
Fund...
204307 vagas

Carregando...