Autorização do concurso Funai é prioridade para 2021, diz coordenador

Em entrevista, gestão da Funai menciona que autorização para concurso com 826 vagas está na lista de prioridades para 2021. Saiba mais!

22/02/2021 19:14 | Atualizado: 23/02/2021 09:20

22/02/2021 19:14 | Atualizado: 23/02/2021 09:20

A autorização para o concurso Funai em 2021que poderá preencher 826 vagas nos níveis médio e superior, está na lista de ações prioritárias do órgão. A afirmação foi dada pelo coordenador-geral de Gestão de Pessoas, Paulo Henrique de Andrade Pinto, em entrevista publicada nesta segunda, 22.

De acordo com ele, para este ano, a maior prioridade da CGGP- Coordenação-Geral de Gestão de Pessoas - é resgatar o orgulho dos servidores em pertencerem aos quadros da Funai. E para isso vai realizar esforços em diversas ações como: 

  • atuar com foco na aprovação da autorização de concurso público para sanar o déficit de efetivo da Funai;
  • reequilibrar a força de trabalho em todas as unidades da fundação;
  • materializar a carteira funcional e os uniformes para os servidores;
  • continuar com as visitas técnicas às Coordenações Regionais da Funai;
  • ter todos os cargos e funções ocupados por titulares e substitutos;
  • atuar com foco na recuperação de recursos públicos por meio de reposição ao erário, bem como pela cobrança de órgãos devedores da Funai (cessões).

"A maior prioridade da CGGP é resgatar o orgulho dos servidores em pertencerem aos quadros da Funai."

A entrevista foi publicada pela própria Fundação Nacional do Índio. O pedido para a realização do concurso foi enviado no ano passado e aguarda aval do Ministério da Economia para ser realizado. 

Já conhece a "Folha Cursos? Folha Dirigida agora tem curso preparatório!

Assine a Folha Dirigida e turbine os estudos

Concurso Funai terá vagas nos níveis médio e superior

Como já havia sido adiantado pela Folha Dirigida, o pedido encaminhado visa preencher 826 vagas. As oportunidades, se autorizadas conforme a demanda enviada inicialmente, vão abranger carreiras de níveis médio e superior, conforme listado abaixo. 

As lotações previstas serão distribuídas entre as unidades descentralizadas em todo o Brasil, além do Museu do Índio, no Rio de Janeiro, nas Frentes de Proteção Etnoambiental e na sede da fundação, no Distrito Federal.

Para o nível médio, as vagas solicitadas são para o cargo de agente em indigenismo. A remuneração inicial, segundo dados de junho de 2019, é de R$5.349,07 mensais.

Já para o nível superior as vagas solicitadas são nos seguintes cargos:

  • Administrador
  • Antropólogo
  • Arquiteto
  • Arquivista
  • Assistente Social
  • Bibliotecário
  • Contador
  • Economista
  • Engenheiro
  • Engenheiro Agrônomo
  • Engenheiro Florestal
  • Estatístico
  • Geógrafo
  • Indigenista Especializado
  • Médico Veterinário
  • Pesquisador
  • Psicólogo
  • Sociólogo
  • Técnico em Assuntos Educacionais
  • Técnico em Comunicação Social e Zootecnista.

Para essas carreiras, segundo dados de junho de 2019, o ganho mensal é de R$6.420,87. A Funai não divulgou a distribuição das vagas entre os cargos. 

Resumo do concurso Funai

Vagas: 826
Escolaridade: níveis médio e superior
Remuneração: R$5.349,07 a R$6.420,87
Previsão de edital: até junho de 2021
Status: aguardando autorização

Autarquia projeta edital do concurso para este semestre

No ano passado, quando enviou o pedido do concurso, a Funai afirmou que, se aprovado, o edital poderia sair ainda no primeiro semestre de 2021. Mas isso dependerá de quando a autorização será publicada.

Por enquanto, a seleção aguarda o aval da Economia. Mas a Fundação Nacional do Índio parece estar preparada para abrir o concurso assim que houver autorização.

O presidente do órgão, Marcelo Augusto Xavier, falou a respeito em entrevista ao programa Brasil em Pauta, da TV Brasil, em setembro do ano passado. Na conversa, ele confirmou a espera pelo edital e disse ainda que haverá cotas para candidatos indígenas.

“(...) Estamos pedindo um concurso com aproximadamente 820 vagas, que depende só de autorização do Ministério da Economia. E uma novidade: eu quero colocar neste concurso cotas para os indígenas.”

O representante não entrou em detalhes sobre como estão os trâmites do pedido e o Ministério da Economia também não divulga essas informações. 

À espera de concurso até junho de 2021, Funai tem 2 mil cargos vagos

Concurso Funai é prioridade para 2021, diz coordenador
Concurso Funai com 826 vagas é prioridade para 2021, diz coordenador
(Foto: Mário Vilela/Funai)

Último concurso Funai já encerrou a validade

último concurso Funai foi realizado em 2016. Na época, a oferta inicial foi de 220 vagas, mas segundo informações do órgão, foram convocados todos os aprovados e mais 50% dos classificados excedentes.

As oportunidades eram todas de nível superior, em cargos de contador, engenheiro agrônomo, engenheiro (agrimensor e civil) e indigenista especializado. A seleção já teve prazo de validade expirado. Veja o edital:

Os candidatos foram avaliados por meio de provas objetiva e discursiva. As disciplinas cobradas abrangiam Conhecimentos Gerais e Conhecimentos Específicos.

A parte específica variava de acordo com a vaga concorrida. Já os conhecimentos gerais englobavam:

  • Língua Portuguesa
  • Raciocínio Lógico e Quantitativo
  • Direito Constitucional e Administrativo
  • Legislação Indigenista
  • Informática Básica
  • Administração Pública

Quer receber novidades sobre concursos?

Cadastre-se para receber e-mails com asnotícias em destaque da semana, dicas de preparação, novidades da Folha Dirigidae muito mais!

Sobre o concurso

Previsto

Funai - 2021

Nacional
Não informado
Fund...
Não informado

Carregando...

Preparação