Pedidos de concurso das agências reguladoras somam mais de 700 vagas

Quatro agências reguladoras renovaram o pedido de concurso no prazo estabelecido pelo governo. Confira detalhes sobre os pedidos.

05/06/2019 14:27 | Atualizado: 14/06/2019 10:18

05/06/2019 14:27 | Atualizado: 14/06/2019 10:18

O dia 31 de maio foi o prazo final para que os órgãos federais encaminhassem ao Ministério da Economia seus pedidos de concurso para o próximo ano. Agora, as solicitações serão analisadas pelo Ministério, que autorizará ou não a realização dos concursos.

As autorizações serão concedidas de acordo com as prioridades da Administração Pública Federal. Além disso, não há um prazo mínimo estabelecido para que as seleções sejam autorizadas.

Só os pedidos das agências reguladoras somam 773 vagas. Das sete agências contatadas pela FOLHA DIRIGIDA, cinco afirmaram ter feito os pedido. Foram elas: ANTT, Aneel, ANA, Ancine e Antaq. As outras duas, que não confirmaram as solicitações, foram Anvisa e Anac. 

 Como funciona concurso público? Descubra agora!

Veja mais detalhes sobre os concursos para as agências reguladoras:

Se autorizados, concursos ofertarão mais de 600 vagas (Foto: Pixabay)

Concurso ANTT

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) solicitou ao Ministério da Economia uma autorização para abertura de concurso com 394 vagas. As oportunidades são para cargos de níveis médio e superior.

Desse total, 208 são para o cargo de técnico em regulação de serviços de transportes Terrestres, 87 para técnicos administrativos, 63 para especialista em regulação de serviços de transportes terrestres e 36 para analista administrativo.

As vagas de técnico exigem nível médio completo. As remunerações para os cargos são de R$7.474,67 para técnico administrativo e R$7.846,37 para técnicos em regulação. 

Os demais cargos têm como requisito o nível superior. Para especialista a remuneração é de R$14.265,57, enquanto os analistas receberão R$15.516,12. Todos os valores já contam com o auxílio-alimentação de R$458.

Apesar da sede da ANTT ficar localizada em Brasília, a agência não descartou a possibilidade de abrir vagas nos estados onde há unidades regionais: Rio de Janeiro, Minas Gerais, São Paulo, Rio Grande do Sul, Ceará, Maranhão, Bahia, Pernambuco e Santa Catarina. 

O atual déficit da ANTT chega a 57,13% do quadro total de servidores da agência. Isso porque a ANTT pode ter até 1.705 servidores, mas trabalha com apenas 974. Ou seja, 731 profissionais a menos.

Saiba mais sobre o concurso ANTT

Concurso Aneel

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) também protocolou seu pedido. Foram solicitadas 169 vagas, sendo 42 para o cargo de analista administrativo, 45 para especialista em regulação e 82 para técnico administrativo.

O cargo de técnico administrativo tem como requisito o ensino médio e oferece uma remuneração de R$6.605,52. As demais funções exigem o nível superior em qualquer área.

 A remuneração para analistas é de R$11.987,29 e de R$12.890,49 para especialistas. Já está somado aos valores o auxílio-alimentação de R$458.

Segundo a Aneel o novo pedido já foi enviado obedecendo às novas exigências para solicitação de concursos.  Ainda de acordo com a agência, há a pretensão de usar o cadastro de reservas a ser gerado nessa nova seleção, além das vagas imediatas.

Saiba mais sobre o concurso Aneel

Concurso ANA

Outra agência reguladora que fez seu pedido de concurso ao Ministério da Economia foia a Agência Nacional de Águas. Foram solicitadas 93 vagas. As oportunidades estão distribuídas entre os cargos de técnico administrativo (nove), analista administrativo (37) e especialista em recursos hídricos (47).

A carreira de técnico administrativo exige o nível médio. Os ganhos são de R$7.474,67. Para o cargo de especialista em recursos hídrico é exigido o nível superior em qualquer área. A remuneração é de R$15.516,12.

Já para analista administrativo também será exigido o nível superior, mas em áreas pré-determinadas. As graduações aceitas serão anunciadas após a autorização do concurso. O salário para esses servidores é de R$14.265,57.

Os valores já incluem o auxílio-alimentação de R$458. O regime de contratação é o estatutário, que garante estabilidade empregatícia. Os aprovados provavelmente serão lotados em Brasília, onde fica a sede da agência.

Saiba mais sobre o concurso ANA

Concurso Ancine

A Agência Nacional do Cinema (Ancine) solicitou 15 vagas, distribuídas pelos cargos de especialistas em regulação da atividade cinematográfica e audiovisual (6), analista administrativo (1), técnico administrativo (2) e técnico em regulação (6).

As vagas de especialista e analista da autarquia, vinculada ao Ministério da Cidadania, têm como requisito o nível superior. Já para as vagas de técnico são exigidos os níveis médio ou técnico. 

O salário para o cargo de técnico administrativo é de R$7.474,67 e de R$7.846,37 para técnico em regulação. Já para o cargo de analista a remuneração é de R$14.265,57 e de R$15.516,12 para especialista.

Saiba mais sobre o concurso Ancine

Concurso Antaq

A Agência Nacional de Transportes Aquaviários enviou ao Ministério da Economia, dentro do prazo, a solicitação para poder divulgar um novo edital. A demanda é para 102 vagas em cargos dos níveis médio e superior.

O pedido do concurso Antaq foi confirmado pela própria agência em resposta a um questionamento no site Acesso à Informação do Governo Federal.

  • Especialista em regulação de serviços de transportes aquaviários - 39 vagas;
  • Técnico em regulação de serviços de transportes aquaviários - 34 vagas;
  • Analista administrativo - 9 vagas; e
  • Técnico administrativo - 20 vagas. 

O salário para o cargo de técnico administrativo é de R$7.474,67 e de R$7.846,37 para técnico em regulação. Já para o cargo de analista a remuneração é de R$14.265,57 e de R$15.516,12 para especialista.

Invista na sua preparação para concursos

Concurso Anvisa

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária não encaminhou um novo pedido ao Ministério da Economia, embora apresente déficit de servidores em carreiras que não possuem concursos válidos. Sendo assim, a solicitação anterior deverá permanecer em análise no Ministério.

O pedido foi de 697 vagas, sendo 457 para especialistas, 68 para analistas e 172 para técnicos. Estão incluídos nessa solicitação cargos já vagos e a criação de novos. 

Os cargos de especialista e analista exigem formação de nível superior e oferecem remuneração de R$15.058,12 e R$13.807,57, respectivamente. Já para técnico em regulação a exigência é nível médio. O salário inicial é de R$7.388,37. 

Saiba mais sobre o concurso Anvisa

Concurso Anac

Apesar de não ter concurso válido, a Agência Nacional de Aviação Civil também não encaminhou novo pedido de concurso ao Ministério da Economia. A validade do concurso para técnico administrativo e técnico em regulação de aviação civil, que exige nível médio e técnico, respectivamente, encerrou em 30 de agosto de 2018. 
 
Também em 2018 terminou a validade do concurso para analista administrativo, no dia 23 de novembro. Já para especialista em regulação (exceto área 2), a seleção ficou válida até 16 de dezembro. Por fim, para especialista da área 2 o concurso permaneceu vigente até 1º de junho de 2019. 

Os 13 passos de um concurso público. Entenda! 

Newsletter

Newsletter

Quer receber novidades sobre concursos?

Quer receber diretamente no seu e-mail as principais notícias dos concursos da sua região?

E de quebra dicas para seus estudo? Cadastre-se gratuitamente na newsletter FD para ter tudo isso!

Sobre o concurso

Noticiário

Especial - Noticiário

Nacional
Não informado
Fund...
Não informado

Preparação