Coronavírus no Brasil: como estudar mais para concursos?

Saiba como estudar mais para concursos em meio à pandemia do Coronavírus no país. Quem estuda e trabalha pode se dedicar mais.

18/03/2020 10:45 | Atualizado: 18/03/2020 14:22

18/03/2020 10:45 | Atualizado: 18/03/2020 14:22

Com o crescimento dos casos de Coronavírus, alguns países decretaram a quarentena obrigatória como medida preventiva na contaminação e proliferação do vírus Covid-19. No Brasil, a situação não é diferente. A pandemia vem ganhando o território brasileiro e, nesta quarta-feira, 18, já são 291 pessoas contaminadas, segundo o Ministério da Saúde. 

Assim como em outros países, o Brasil adotou a quarentena e algumas empresas liberaram seus funcionários para trabalhar home office (de casa). E esse pode ser o momento de quem estuda para concursos e trabalha se dedicar um pouco mais ao aprendizado, equilibrando as tarefas profissionais com o estudo para concursos. 

Para o auditor de controle externo e especialista em concursos públicos, Léo Murga, quem deseja aproveitar os dias de quarentena para otimizar os estudos deve, inicialmente, fazer com que o ambiente onde vai estudar esteja equipado com todos os materiais necessários ao aprendizado.

Com isso, o candidato não precisará sair de casa ou sairá o mínimo possível. Se faz uso de cadernos e outros materiais de papelaria, por exemplo, é importante fazer a aquisição de tudo isso nesse momento inicial de escalada da infecção. 

Outra recomendação é juntar todo o material, seja videoaula, materiais em PDF, eventuais livros ou outros itens que possam ser acessados de maneira offline

"Se puder baixar algumas aulas, enfim, se puder fazer tudo isso é importante, porque a gente não sabe como o país vai ficar daqui a uns dias. Nós podemos ter, eventualmente, alguma perda de internet ou algo nesse sentido, já que todos os serviços podem ficar comprometidos em função de as pessoas irem para a quarentena." 

Após preparar o ambiente e separar todo o material de estudo, Léo Murga recomenda que seja feito um planejamento contemplando exatamente as matérias estudadas atualmente.

No entanto, esse planejamento deve levar em consideração o fato de estar trabalhando de casa, o que representa mais tempo para estudar e horário de estudo um pouco menos quebrado.

+

Concurso IBGE é suspenso e adiado para 2021 devido ao Coronavírus

"Monte os blocos de estudo de maneira que fique bastante descansado e tenha o máximo de rendimento possível. Se possível, faça mais blocos, caso seja necessário. Isso serve até para termos esse sentimento de que esse momento de quarentena não está acontecendo de maneira completamente em vão", avalia. 

estudando para concurso
Período de quarentena em virtude do Coronavírus pode contribuir nos estudos
(Foto: Pixabay)


Como conciliar o home office com a rotina de estudos 

Para o especialista em concursos públicos, as pessoas que já têm um hábito de home office não terão dificuldade em conciliar o trabalho com a rotina de estudo.

Já aqueles que, pela primeira vez, estão trabalhando nessa modalidade, precisam entender que as organizações tendem a fazer uma cobrança mais próxima, mais elevada. Então, a performance acaba sendo mais exigida e mais avaliada nesse momento. 

"Quem está trabalhando de casa não pode entrar numa ideia de que está de folga ou de férias. Mesmo tendo um trabalho que seja por demandas, ela precisa separar algumas horas para resolvê-las. Se ela tiver algum trabalho que precise ficar online o tempo todo, não vai ter jeito: ela vai ter que fazer toda a rotina do escritório, então a rotina de estudo em casa acaba não mudando."


Um ponto positivo para quem vai passar os dias recomendados para quarentena fazendo home office é o ganho do tempo, outrora "perdido" no deslocamento de casa até o trabalho e vice-versa. 

+ Artigo: "O vírus mais perigoso do mundo"

Para Léo Murga, esse acréscimo de horas é um ponto interessante, pois possibilita a montagem de blocos extras de estudo, já que o deslocamento acaba ficando limitado. Nesse caso, a dica é intensificar os estudos aproveitando o tempo adicional que a quarentena vai dar. 

"A intensificação da rotina de estudo é importante até mesmo para a pessoa não perceber essa tragédia pela qual estamos passando como algo completamente em vão e sem sentido. O estudo nesse momento pode ser justamente uma forma de sustentação para dar a ela a certeza de que ela está sendo produtiva e está construindo algo melhor para frente."

Além de todas as dicas relacionadas à otimização do tempo e elaboração da rotina de estudos para essa quarentena, Léo Murga recomenda que as pessoas que podem trabalhar de casa o façam, já que o momento demanda muitos cuidados, mesmo daqueles que não fazem parte do grupo de risco.

+ RJ decreta situação de emergência e pode contratar sem concurso

"É importante sermos precavidos e tomarmos essas medidas para que possamos diminuir a curva de elevação das infecções. Para mim, é importante passar isso para as pessoas, assim como também é importante a mensagem de que esse período vai passar", diz Léo Murga ao ressaltar que os concursos públicos foram suspensos, mas não cancelados. 

"Eles (os concursos) vão acontecer em algum momento. Então, que isso sirva, sob certo aspecto, como uma benção para caso você não tenha estudado tudo, poder estudar mais e fazer melhor", finaliza.  

Newsletter

Newsletter

Quer receber novidades sobre concursos?

Quer receber diretamente no seu e-mail as principais notícias dos concursos da sua região?

E de quebra dicas para seus estudo? Cadastre-se gratuitamente na newsletter FD para ter tudo isso!

Sobre o concurso

Noticiário

Especial - Noticiário

Nacional
Não informado
Fund...
Não informado

Preparação