Guia completo de como estudar para o meu primeiro concurso público

Quer saber como se preparar de forma adequada para as provas de concursos públicos? Folha Dirigida reúne dicas e técnicas de estudo.

03/03/2021 19:14

03/03/2021 19:14

Você sabe o que precisa para iniciar uma preparação para provas de concursos públicos? O que e como estudar? Por onde começar e quais materiais serão necessários para essa empreitada?

Não há uma fórmula mágica para responder a essas perguntas. Mas, com certeza, existem técnicas de estudo que podem ajudar a acelerar a sua aprovação em uma seleção. E o melhor. Tudo isso depende apenas de você!

Se você é um iniciante no mundo dos concursos, em primeiro lugar, é importante entender como funciona todo o processo. Você sabe o que falta para o concurso dos seus sonhos ser aberto? Entende como funcionam os preparativos das seleções e a caminhada até a sonhada posse?
 

Confira o que você lerá nesta matéria:


O caminho vai desde a vacância nos órgãos até a posse dos novos servidores. Nesse meio tempo, você precisa saber escolher o seu concurso. Afinal, são muitas oportunidades em áreas como a de bancos, tributos/fiscal, policial, administrativa (com atuação em prefeituras, secretarias, universidades, órgãos estaduais e municipais) e autarquias e fundações (como IBGE e INSS).

Escolher a área que mais se adequa ao seu perfil vai além da formação acadêmica. Existe a vocação também. E, claro, identificação com o trabalho e as atividades desempenhadas por determinado órgão ou empresa pública.
 

Quer saber como se preparar para o seu primeiro concurso? Entender o processo necessário para a tão sonhada vaga no serviço público?Clique abaixo!
 


Como estudar para concurso público em pouco tempo


Como estudar em pouco tempo e quanto tempo estudar para concurso são dúvidas muito comuns de quem está começando nessa empreitada. Administrar e otimizar o tempo para os estudos é um grande desafio.

O importante é você definir como é sua rotina e quais são os momentos que tem para estudar. Na ida e volta do trabalho, na hora do almoço, depois de preparar o jantar e cuidar da casa, meia hora antes do que você costuma acordar.

Não importa se você tem quatro horas por dia ou 10 horas para estudar. O melhor horário para estudar também não existe. O que existe é o tempo que você tem disponível e o horário que você rende melhor, seja de madrugada ou de manhã cedinho.

É importante ter em mente que o que vale é a qualidade do estudo. É manter o foco e estudar de acordo com um planejamento. Crie metas que são realizáveis, quantificáveis. Não estabeleça padrões que você sabe que não vai cumprir e só vai deixá-lo frustrado depois.


Baixe a planilha de criação de tempo


Respondendo sobre como estudar para concurso público em pouco tempo vai depender do quanto você vai estudar e de quão focada será essa preparação. É verdade também que a ansiedade atrapalha no estudo para concursos.

Apesar disso, muitos futuros servidores se perguntam se há um tempo mínimo para ser aprovado. A coach em concursos Deborah Cal responde em mais um Tira-Dúvidas essa questão.

Sabemos que se preparar para concursos é uma tarefa árdua e a estrada é longa. As reprovações são muitas e as dificuldades também, assim como a cobrança da sociedade, também.

Se neste momento você pensar "Vou desistir de concurso público", pare e assista a este vídeo do especialista Guilherme Miziara.
 

Como estudar para concurso público sozinho


Tem gente que prefere estudar em uma sala de aula e ter contato com outros alunos e os professores. Já outras pessoas se concentram melhor em um local isolado, assistindo a vídeos e resolvendo questões sozinho.

Podemos considerar que existem 11 passos para estudar para concurso público sozinho, elaborados pelo coach Igor Lima, do Coach de Concursos, que também é analista legislativo da Câmara do Rio de Janeiro. São eles:

1. Defina o foco;
2. Faça uma autoavaliação;
3. Elabore um plano de estudos;
4. Crie um cronograma de estudos;
5. Veja seu rendimento com os exercícios;
6. Faça resumos e revisões;
7. Adote um ritmo de estudo;
8. Escolha um local adequado para estudar;
9. Busque apoio;
10. Prepare um quadro motivacional;
11. Se presenteie.

Mesmo que você não tenha o perfil mais autodidata, as dicas para estudar por conta própria também servem. Afinal, não dá para contar com o auxílio de um professor, um coach ou um curso preparatório 24 horas por dia, não é mesmo?

Como se preparar para o meu primeiro concurso público? (Foto: Freepik))
Como se preparar para o meu primeiro concurso público?
(Foto: Freepik)

Como estudar para concurso público pela internet


Estudar para concursos pela internet é uma das grandes vantagens atualmente. Mesmo quem prefere fazer um curso presencial, em algum momento usa a internet para assistir a uma videoaula, buscar algum conceito ou resolver questões.

Em tempos de pandemia estudar online acabou sendo um desafio para alguns, mas também uma descoberta para outros. Uma das grandes vantagens é que os materiais estão sempre disponíveis.

Isso possibilita estudar em qualquer lugar e horário. Mas, um alerta: cuidado com as fontes! Busque sempre em sites e vídeos de confiança. 

Outra vantagem da internet são os cursos online, que reúnem as aulas, materiais, questões, tudo em um único lugar. Aqui na Folha Dirigida mesmo, buscamos sempre disponibilizar, tudo online, para apoiar os estudos dos futuros servidores.

Estudar pela internet também tem a grande vantagem de economia com o deslocamento para o curso presencial, entre outros gastos que você poderia ter, como material e alimentação fora de casa.

Falando em material, na internet você tem acesso ilimitado, sem precisar imprimir nada. É uma economia de dinheiro e o meio ambiente agradece.
 

A Folha Dirigida agora também é CURSO!


E se você está em busca de uma preparação adequada, sem enrolação e completa, com materiais e uma equipe de professores especializados, com a Folha Cursos você não tem mais desculpa para reclamar de falta de ajuda e adiar o seu sonho de ser aprovado.

Você terá acesso a videoaulas, material escrito e questões relacionadas comentadas .
 


Como começar a estudar para concurso do zero


Antes de começar a estudar para concurso público, você precisa escolher um alvo. Não precisa ser um concurso específico, mas uma área. Especialistas costumam recomendar não sair “atirando para todos os lados”. 

Isso só vai prejudicar até mesmo seus estudos, já que cada área possui uma particularidade e disciplinas diferentes na hora de estudar. A vantagem de escolher uma área e começar a estudar do zero, é selecionar as matérias comuns a todas as provas. 

Estudando essas matérias comuns, você estará quase pronto para todas as provas dessa área. Precisará apenas ver quais tópicos ainda não foram vistos e disciplinas específicas. Matérias comuns a muitos concursos – não todos! – costumam ser Português, Raciocínio Lógico, Direito Administrativo e Direito Constitucional.

Mas não adianta você começar a estudar todas as quatro, se sua área de preferência não costuma cobrar uma. É preciso se conhecer mais um pouquinho, saber o que você busca, conforme indica a coach Deborah Cal.
 

7 dicas de como estudar para concurso público


Se você, futuro servidor, decidiu encarar a empreitada, essa é hora de ir para a parte prática! Confira algumas dicas de preparação e também técnicas de estudo.
 

1. Entenda o edital

Se o edital já tiver sido divulgado, o mais importante é ler com muita atenção cada item dele. Complicado? Em vídeo para a Folha Dirigida, a coach Deborah Cal explica quais são os pontos mais importantes e o que você não pode deixar de ler no edital.

Começar a preparação o quanto antes é sempre melhor. Deborah mostra como estudar para um concurso que ainda não tem edital publicado. E falou também como você pode começar a estudar para um concurso sem edital anterior.

#DicaDaFolha: Planejando e anotando quais são suas atividades diárias, você passa a identificar com mais clareza quais são as horas vagas do seu dia, podendo utilizá-las para estudar. Confira dicas para ajudar a criar uma rotina de estudos.
 

2. Organize seu tempo

O Especialista e coordenador do curso de carreiras policiais da Folha Folha Dirigida, Alexandre Prado, ressalta que não há uma técnica única para estudar. É preciso testar cada uma delas para ver qual melhor se encaixa com o seu perfil.

Segundo Prado, cada pessoa tem um ritmo e uma forma de absorver os conteúdos, por isso é importante testar para saber quais técnicas funcionam ou não para você.
 

“Se você não está acostumado a estudar para concurso público, o primeiro passo é criar o hábito de estudo e, para isso, é necessário que você desenvolva uma técnica própria”, orienta Alexandre. 


Acima de qualquer técnica, o professor lembra que é importante criar o hábito do estudo e separar um momento do dia para revisar os conteúdos.

#DicaDaFolha: Pensando ainda na praticidade para planejar e gerir as suas horas, nós ensinamos como fazer um Bullet Journal para Concursos. Com essas dicas, você poderá criar seu próprio gerenciador de tempo e produtividade para a preparação de provas do concurso público que está estudando. Além disso, todas as áreas da sua vida também poderão ser inseridas no mesmo caderno compacto.
 

3. Use técnicas para otimizar os estudos

Para cobrir todo o conteúdo previsto nos editais é preciso se organizar e montar a melhor estratégia de estudo para alcançar seus objetivos. Muitos candidatos se questionam sobre a melhor forma de estudar e absorver a extensa bibliografia cobrada durante as seleções. 

Para ajudar nesse processo, o Especialista Alexandre Prado elencou três técnicas que podem ser utilizadas pelos candidatos:

  1. Técnica de Sublinhar
  2. Técnica de Esquematização
  3. Técnica do Resumos

Ele também aconselha o futuro servidor a começar sua preparação antes da publicação do edital. Se o concurso dos seus sonhos já foi autorizado, porque não começar a estudar logo?

Técnica de Sublinhar -Essa técnica constitui em sublinhar as informações mais importantes de um texto. Mas, o professor recomenda que os estudantes não comecem a sublinhar logo na primeira leitura, a não ser que conheçam muito bem o assunto do texto e o seu objetivo. 

técnica de estudos de sublinhar“É necessário ler pela primeira vez, entender o assunto e discernir quais são os pontos mais importantes. Aí sim é possível identificar e marcar a ideia principal de cada capítulo e parágrafo, buscando detalhes significativos, conceitos e classificações.”

Esse método serve tanto para textos, artigos e livros como também para questões de prova. “Risque as opções erradas e sublinhe o que supõe que esteja correto”, aconselha Prado.

Técnica de Esquematização -A metodologia da esquematização consiste em reunir os conteúdos e fazer esquemas para memorizá-los. Os esquemas são representações sintéticas do texto representados por gráficos, códigos e palavras e devem ser organizados segundo uma sequência lógica, na qual aparecem as ideias principais e subordinadas. 
 

“As principais características para elaboração de um bom esquema são: fidelidade ao texto, estrutura lógica, adequação ao assunto estudado e utilidade”, enumera Alexandre Prado. Dois dos principais processos de esquematização são a mnemônica e os mapas mentais.mapas mentais

Mnemônica - São recursos para memorização de conceitos mais complexos, por meio de palavras mais fáceis de decorar. Geralmente, as iniciais dos conceitos formam uma única palavra, fácil de decorar e lembrar. Por exemplo, LIMPE que contém os princípios constitucionais expressos no Direito Administrativo:

Legalidade
Impessoalidade
Moralidade
Publicidade
Eficiência

Mapas Mentais - Os mapas mentais transformam as informações de textos em esquemas que usam cores, palavras-chave e imagens que ajudam a memorizar o conteúdo de forma a não perder a relação entre um tópico e outro.
 

“Quando você está fazendo um mapa mental, está em um processo de consolidação do conteúdo pela sua ótica e pelo seu entendimento”, garante Prado. resumo para concursos


Técnica de resumos - O método do resumo já é utilizado por muitos candidatos, desde os tempos da escola. Os resumos devem condensar o texto analisado, com as ideias principais.

O ideal é que não ultrapassem 10% do conteúdo geral do texto tendo em vista que devem ser leituras rápidas para refrescar as informações da leitura inicial.
 

4. Cuide da alimentação

Alguns alimentos estimulam a memória e ajudam na hora de estudar. Portanto, adequar sua alimentação aos estudos é muito importante.
 

5. Desenvolva a autoconfiança

“Não consigo acreditar que posso passar em um concurso público, e isso atrapalha meus estudos”. Não é difícil encontrar relatos como esse. Na hora de estudar, muitos não conseguem acreditar na aprovação e se desestabilizam, afetando as rotinas de estudo e a fixação dos conteúdos. 


Para ajudar nesse processo e fomentar a autoconfiança dos candidatos, Deborah Cal, responsável pelo blog da Concurseira Dedicada e coach para concursos e OAB no Aprimora Coaching, dá dicas sobre como desenvolver autoconfiança para concursos públicos. Ela ressalta que é importante acreditar na aprovação para ter qualidade de estudo.
 

6. Estude se divertindo

Você já imaginou estudar para concursos jogando? Os jogos de tabuleiro são complexos e desafiadores e podem te ajudar na hora da preparação para os concursos públicos. Veja cinco jogos que auxiliam nos estudos.
 

7. Estudar praticando com questões 

Dez em cada dez especialistas em concursos públicos recomendam a realização de questões para estudar. Além de praticar o que você aprendeu na teoria, as questões servem para conhecer o estilo de cobrança da banca e também para identificar os erros.

Uma boa maneira de treinar para as provas é resolvendo simulados. Além das vantagens de estudar com questões, é uma simulação real do dia da prova. Afinal, não basta ter o preparo intelectual. O candidato precisa se preparar emocionalmente e conhecer o que virá pela frente.

Dica Bônus: Tarô egípcio pode auxiliar na preparação

Já pensou em aliar a preparação para concurso público com o uso da astrologia? Em 2015 foi criado um método que tem por finalidade ligar o bem-estar pessoal e o desenvolvimento profissional ao uso da astrologia.

O Processo Místico de Desenvolvimento Humano, mais conhecido como PMDH, foi idealizado pela coach Renata Nanô Sottero, atuante na área de negócios, executivo e pessoal. O método tem por objetivo unir as técnicas de coaching com o uso do tarô egípcio, por meio da mandala astrológica, para proporcionar direcionamento.

Quer receber novidades sobre concursos?

Cadastre-se para receber e-mails com asnotícias em destaque da semana, dicas de preparação, novidades da Folha Dirigidae muito mais!

Carregando...