Concurso ESA 2020: edital está em análise e caminha para ser aprovado

O Exército Brasileiro realiza concursos anualmente e já prepara a divulgação do concurso ESA 2020, para ambos os sexos, com nível médio.

16/01/2020 09:06 | Atualizado: 16/01/2020 18:33

Por: Mateus Carvalho

16/01/2020 09:06 | Atualizado: 16/01/2020 18:33 - Por: Mateus Carvalho

A Escola de Sargento das Armas do Exército Brasileiro já trabalha nos preparativos do concurso ESA 2020, que será para provimento de alunos no curso de formação e graduação de sargentos para o ano de 2021. O edital está em análise e deverá ser divulgado em breve.

enlightenedFOLHA DIRIGIDA realiza o primeiro Palestrão Futuro Servidor - Carreiras da Segurança (Edição RJ)
Saiba mais e inscreva-se!

A reportagem de FOLHA DIRIGIDA conversou com um representante da instituição, que confirmou o início dos trabalhos, que estão avançados. No entanto, ainda não há uma data ou previsão de publicação do documento com todas as regras. 

De acordo com a fonte, o edital do concurso ESA começou a ser elaborado e está em análise. Ainda não é possível confirmar prazos, tampouco a oferta de vagas, pois o documento depende de aprovação.

Quanto ao quantitativo de vagas, a reportagem questionou se será o mesmo quantitativo atrativo do concurso ESA 2019. A única informação dada foi "não no mesmo número", ou seja, poderá ser maior ou menor do que as 1.100 ofertadas anteriormente.

Independentemente do número de vagas, os concursos da Escola de Sargento das Armas costumam sempre atrair muitos interessados. A procura em 2019 foi grande, sendo mais de 118 mil candidaturas confirmadas.

(Foto: ESA/Divulgação)
Concurso ESA prepara novo concurso para 2020
(Foto: ESA/Divulgação)

O que precisa ter para concorrer?

No último concurso, as 1.100 vagas foram divididas para as áreas Geral, Aviação, Música e Saúde, sendo:

  • 910 para os candidatos do sexo masculino (área Geral/Aviação);
  • 100 para as candidatas do sexo feminino (área Geral/Aviação); 
  • 60 para os candidatos da área de Saúde;
  • 40 para área música.

Para concorrer, é necessário ter o nível médio completo, com idade entre 17 e 24 anos para as áreas Geral e Aviação, e entre 17 e 26 anos para as áreas de Música e Saúde. 

Quem opta pela área da Saúde ainda precisa ter concluído o curso técnico de Enfermagem até a data de sua apresentação na organização militar. Para os músicos, é necessário comprovar a habilidade na execução de partituras com o instrumento musical correspondente a um dos naipes abrangidos pelas vagas.

O soldo inicial da carreira é de R$3.825 mais adicional militar e adicional de especialização. A remuneração pode chegar a R$5.049, podendo haver ainda outros benefícios. As provas costumam ser aplicadas em todo o território nacional.

Concurso ESA é composto por diversas etapas

Os concorrentes do concurso da Escola de Sargento das Armas são avaliados por meio de várias etapas. A primeira fase é composta por prova objetiva e discursiva, sendo divididas em:

  • 1ª parte - Prova de Matemática (12 questões para áreas Geral/Aviação e oito para as áreas Música/Saúde);
  • 2ª parte - Prova de Português (12 e oitos questões, respectivamente);
  • 3ª parte - Prova de História e Geografia do Brasil (12 e seis questões de cada disciplina para área Geral/Aviação e oito e quatro questões de cada disciplina para as áreas de Música/Saúde);
  • 4ª parte - Prova de Inglês (quatro questões para área Geral/Aviação e quatro para as áreas de Música/Saúde);
  • 5ª parte - Prova de Conhecimentos Específicos da área técnica de Enfermagem, na área de Saúde (12 questões) e Prova de Teoria Musical para a área de Música (12);
  • 6ª parte - Prova de Português (questão única discursiva/redação).

Em 2019, o exame foi aplicado no dia 4 de agosto para todos os candidatos. Houve aplicação em diversas cidades, como Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte, Juiz de Fora, Uberlândia, Manaus, além de outras Guarnições de Exame e Organizações Militares Sedes de Exames (OMSE).

Além das provas escritas, o concurso ESA ainda é composto por avaliação de títulos; exame de habilitação musical (para os candidatos da área de Música); investigação social; exame de aptidão física preliminar; revisão médica, exame de aptidão física definitivo; e comprovação através da heteroidentificação, para os candidatos que se autodeclararem pretos ou pardos no ato da inscrição.

Quem quiser ser aprovado na primeira parte do concurso precisa obter, no mínimo, 50% de acertos do total das questões de cada uma das partes da prova, exceto a parte de Inglês. Nessa disciplina, é preciso alcançar, pelo menos, 25% de acertos. Na redação, será necessário nota igual ou superior a cinco.

Confira o material de preparação da FOLHA DIRIGIDA e comece já os estudos para o concurso!

E-books 
Provas para download
Artigos sobre concursos
Editais verticalizados
Vídeos com dicas

Quer receber novidades sobre concursos?

Cadastre-se para receber e-mails com asnotícias em destaque da semana, dicas de preparação, novidades da Folha Dirigidae muito mais!

Sobre o concurso

Inscrições Encerradas

ESA - 2020

Nacional
Até R$5000,00
Fund...
1100 vagas