Concurso DPE-AM divulga locais das provas objetiva e discursiva

FCC divulga edital de convocação para as provas objetiva e discursiva do concurso DPE-AM para servidores.

19/11/2019 11:00 | Atualizado: 19/11/2019 13:59

19/11/2019 11:00 | Atualizado: 19/11/2019 13:59

A Fundação Carlos Chagas (FCC) divulgou nesta terça-feira, 19, o edital de convocação para as provas objetivas e discursivas do concurso DPE-AM. Os exames serão aplicados no dia 15 de dezembro, nos turnos da manhã e da tarde, para mais de 6 mil candidatos

Os locais de aplicação estão distribuídos pelos municípios de Coari, Eirunepé, Iranduba, Lábrea, Manacapuru, Maués e São Gabriel da Cachoeira. Conforme opção indicada pelo candidato no ato de inscrição. 

Para acessar o endereço de prova é preciso verificar o Cartão Informativo, enviado por e-mail aos candidatos e também disponível no site da FCC , por meio do login individual. O candidato que não receber o Cartão até o terceiro dia que antecede a aplicação deverá entrar em contato com a banca. 

Confira a convocação para as provas

Para o cargo de assistente técnico administrativo as provas serão aplicadas no turno da manhã. O horário de apresentação é às 8h30 e os portões serão fechados às 9h (horário de Manaus-AM).  

Já para analistas em Ciências Jurídicas o exame ocorrerá no período da tarde, devendo o candidato se apresentar no local às 13h30. Os portões serão fechados às 14h (horário de Manaus-AM).  

A banca recomenda que todos os concorrentes levem o Cartão Informativo para se orientarem melhor no dia do exame. Para ingressar será preciso estar munido também de um documento de identidade original e com foto, conforme as regras estabelecidas em edital. 

Como fazer revisão na véspera das provas de concursos?

Provas terão duração de três ou quatro horas 

Os candidatos na carreira de nível médio do concurso DPE-AM serão submetidos somente à prova objetiva no dia 15 de dezembro. Serão disponibilizadas até três horas que se responda a 60 questões, sendo 20 de Conhecimentos Gerais e 40 de Conhecimentos Específicos, distribuídas da seguinte forma:

  • Português (12)
  • Conhecimentos Jurídicos e Institucionais (8)
  • Noções de Direito Administrativo (15)
  • Noções de Direito Constitucional (10)
  • Noções de Administração (15)

O exame terá caráter eliminatório e classificatório. As questões da parte Específica terão peso 2, enquanto as outras terão peso 1. Para ser considerado habilitado será preciso alcançar 150 pontos na soma das duas partes. 

♦ Acesse provas para download! ♦

Assine a Folha Dirigida e turbine os estudos

Já para os candidatos de nível superior (analista) a aplicação terá duração máxima de quatro horas, pois serão aplicadas provas objetiva e discursiva, ambas de caráter eliminatório e classificatório.

A objetiva vai compreender 60 questões, sendo 20 de Conhecimentos Gerais e 40 de Conhecimentos Específicos, conforme a seguir:

  • Português (12)
  • Conhecimentos Jurídicos e Institucionais (8)
  • Direito Constitucional (5)
  • Direito Administrativo (3)
  • Direito Civil (5)
  • Direito Processual Civil (5)
  • Direito Penal (5)
  • Direito Processual Penal (5)
  • Direitos Humanos (7)
  • Direito da Criança e do Adolescente, do Idoso, da Pessoa com Deficiência e da Mulher (5)

Neste caso, as questões Específicas possuem peso 3 e as demais possuem peso 1. Será habilitado o candidato que tiver obtido, na somatória das provas de Conhecimentos Gerais e Específicos, total de pontos igual ou superior a 200. 

Os mais bem classificados, até a posição 20ª de cada município, terão suas provas discursivas corrigidas. Esta consistirá em uma questão prática, para a qual o candidato deverá apresentar as soluções. O tema versará sobre conteúdo de Conhecimentos Específicos do programa.

O que é e como funciona o estudo de caso

Aqueles que não forem habilitados na prova objetiva e que, portanto, não tiverem suas provas de Estudo de Caso corrigidas, estarão automaticamente eliminados do concurso público.

(Foto: Divulgação)
Concurso DPE-AM tem dez vagas nos níveis médio e superior
(Foto: Divulgação)

Concurso DPE-AM tem mais de 6 mil inscritos

Também foi publicada pela FCC nesta segunda-feira, 19, a estatística de inscritos no concurso da Defensoria Pública do Estado do Amazonas. De acordo com a banca, a seleção registrou um total de 6.129 inscrições homologadas, das quais 51 são de pessoas com deficiência

O cargo com mais candidaturas foi o de assistente, de nível médio, que soma 4.877 inscrições. Já para analista foram contabilizados 1.252 candidatos. Confira a estatística completa:

A seleção oferta dez vagas imediatas, sendo que cinco são de nível médio, na carreira de assistente técnico de defensoria. Todas na especialidade assistente técnico administrativo. O vencimento básico inicial é de R$3.531,95. 

As outras cinco vagas são de analista jurídico de defensoria na especialidade Ciências Jurídicas, que requer a graduação completa em cursos de Direito ou Ciências Jurídicas. O vencimento inicial neste caso é de R$6 mil. 

A seleção também vai formar cadastro de reserva, de modo que mais pessoas aprovadas poderão ser convocadas durante a validade da seleção. O prazo será de dois anos, podendo ser prorrogado uma vez por mais dois. 

Os selecionados para as vagas imediatas serão lotados nos municípios de Coari, Lábrea, Manacapuru, Maués e São Gabriel da Cachoeira. Também será formado cadastro para os quadros de unidades em Eirunepé, Iranduba.

Newsletter

Newsletter

Quer receber novidades sobre concursos?

Quer receber diretamente no seu e-mail as principais notícias dos concursos da sua região?

E de quebra dicas para seus estudo? Cadastre-se gratuitamente na newsletter FD para ter tudo isso!

Sobre o concurso

Inscrições Encerradas

DPE-AM - 2019 - área de apoio

AM
Não informado
Fund...
10 vagas