Concurso Detran AM: governo confirma 210 vagas e forma comissão

Governo do Amazonas anuncia que concurso Detran AM terá 210 vagas, sendo 60 de nível médio e 150 de nível superior. Confira!

19/07/2021 15:35 | Atualizado: 19/07/2021 15:44

19/07/2021 15:35 | Atualizado: 19/07/2021 15:44

O governo do Amazonas deu início aos preparativos do concurso Detran AM (Departamento Estadual de Trânsito). Nesta segunda-feira, 19, foi anunciado que a oferta será de 210 vagas para cargos dos níveis médio e superior.

Serão 60 oportunidades para nível médio e 150 para nível superior. Os salários iniciais serão de R$2.300 a R$5.500. As carreiras não foram informadas.

Este será o segundo concurso da história do Detran AM. Na primeira seleção, realizada em 1995, os aprovados não foram convocados. O quadro de pessoal é composto, atualmente, por celetistas, temporários e estagiários.

O Ministério Público (MP AM) chegou a solicitar a publicação de um edital em 2017. De acordo com o informado pelo MP AM, o Detran que possui mais de 200 servidores celetistas, com salários que variam entre R$1.000 e R$23,3 mil, e nunca foi feita uma convocação de aprovados em concurso.

Para reverter esse quadro e nomear efetivos para os cargos, o governador do Estado, Wilson Lima, anunciou, no dia 8 de julho, a realização do concurso Detran AM. Ao todo, serão 2.525 vagas distribuídas entre forças de Segurança e o Departamento de Trânsito.  

Governo do Amazonas anuncia realização do concurso Detran AM para níveis médio e superior
Governo do Amazonas anuncia realização do concurso Detran AM
para níveis médio e superior (Foto: Divulgação/Detran AM)

Nesta segunda, 19, Lima formalizou a criação das comissões responsáveis pelos concursos públicos. Os nomes dos integrantes de cada grupo devem ser publicados no Diário Oficial do Estado nos próximos dias.

“Hoje nós estamos assinando a criação dessas comissões para tratar do concurso público que vai gerar 2.500 empregos diretos. É um resgate histórico que nós estamos fazendo, que há muito que as nossas forças de segurança, tanto Polícia Militar, quanto Polícia Civil, Corpo de Bombeiros e Detran, estão com o seu quadro defasado. Isso acaba provocando uma sobrecarga para as nossas forças de segurança”, ressaltou Wilson Lima.

A comissão de um concurso é responsável pelos preparativos internos do edital e pela contratação da banca organizadora. Uma licitação deverá ser realizada para escolher a instituição que receberá as inscrições e aplicará as etapas da seleção, como provas objetivas.

O governador estima que o concurso Detran AM possa ser aberto ainda este ano para que as convocações ocorram em 2022

“Nós queremos realizar esse concurso ainda neste ano. No final do ano a nossa expectativa é que as provas possam ser realizadas, e no ano que vem a gente começa o trabalho de preparação desses policiais”, disse Lima.

Comece seus estudos para os concursos do Amazonas

Com o anúncio de novos concursos para o Amazonas, os interessados devem começar os estudos para as provas.

Você sabia que a Folha Dirigida também tem cursos preparatórios? A Folha Cursos traz videoaulas exclusivas, apostilas e questões comentadas para te ajudar no caminho até a posse. 

Conheça os cursos e inicie seus estudos!

Concursos Segurança AM são aguardados há três anos

Desde 2018, são aguardados novos concursos para Segurança Pública do Amazonas. Na época, 1.300 vagas foram anunciadas. Os editais, entretanto, não foram divulgados por questões orçamentárias. 

Das oportunidades anunciadas naquele ano, 424 seriam para o concurso da Polícia Civil AM, 681 para a PM AM e  228 para o Corpo de Bombeiros do Amazonas. 

Os deputados estaduais do Amazonas têm cobrado a realização dos concursos para efetivos. Em junho, Roberto Cidade (PV), presidente da Assembleia Legislativa, protocolou uma emenda à Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2022 para assegurar que o governo promova seleções para a PM e CBM AM.

Segundo o parlamentar, o déficit no efetivo do sistema de Segurança do estado é um problema antigo e que foi  acentuado nos mês passado, quando uma facção criminosa promoveu ataques a patrimônios públicos na capital e no interior, sendo necessário o auxílio da Força Nacional para conter as ações.

"A Polícia Militar não faz concurso público há dez anos. Muitas cidades do interior, infelizmente, não têm policiamento suficiente para suprir a demanda da população. Da mesma maneira, o Corpo de Bombeiros não realiza concurso público desde 2010. A emenda é para que o recurso seja especificado na Lei Orçamentária e o estado, obrigatoriamente, promova o concurso", destacou.

De acordo dados obtidos por Folha Dirigida, o efetivo da Polícia Militar do Amazonas é de 9.031 policiais, enquanto o previsto seria de 15 mil. Na Polícia Civil há 2.151 servidores, quando seriam necessários 3.354.

O Corpo de Bombeiros dispõe de um efetivo de 1.096 militares, quando o necessário seriam 4.483 bombeiros.

Dessa forma, o déficit em cada instituição é de:

  • PM AM: 5.969 cargos vagos;
  • PC AM: 1.203 cargos vagos; e
  • CBM AM: 3.387 cargos vagos.

Quer receber novidades sobre concursos?

Cadastre-se para receber e-mails com asnotícias em destaque da semana, dicas de preparação, novidades da Folha Dirigidae muito mais!

Carregando...