Provas do concurso Depen adiadas? FOLHA DIRIGIDA checou!

Concurso Depen pode ter provas objetivas e discursivas adiadas? Confira as informações oficiais do órgão a respeito do assunto.

07/07/2020 14:35 | Atualizado: 08/07/2020 14:43

Por: Letícia Santos

07/07/2020 14:35 | Atualizado: 08/07/2020 14:43 - Por: Letícia Santos

Inscritos no concurso Depen podem ganhar um período extra para se dedicar à preparação?

Na tarde desta terça-feira começaram a circular nas redes sociais a informação de que o Departamento Penitenciário Nacional estuda internamente a possibilidade de adiar a data de aplicação das provas objetivas e discursivas do concurso, em razão da pandemia do novo Coronavírus.

FOLHA DIRIGIDA entrou em contato com o órgão para esclarecer se, de fato, há essa possibilidade e possíveis novas datas para a aplicação da prova. No entanto, a comissão organizadora do concurso não confirmou a informação.

"Informamos que não há qualquer alteração de datas até o momento", informou à reportagem da FOLHA DIRIGIDA.

+ Concurso Depen: agentes penitenciários têm direito ao porte de armas?

Sendo assim, as avaliações seguem mantidas para o dia 6 de setembro, com a divulgação dos locais de realização dos exames prevista para o dia 26 de agosto. Isso não significa que posteriormente uma alteração não possa ser feita. 

Conforme disse a própria comissão do concurso, não há informações sobre modificação de datas até o momento. FOLHA DIRIGIDA segue acompanhando as informações referentes ao concurso para saber sobre possíveis alterações futuras.

As provas serão aplicadas nas 26 capitais brasileiras e nos municípios de Catanduvas PR e Mossoró RN. 

Depen
Concurso Depen terá aplicação de provas em todas as capitais do país
(Foto: Divulgação)

Entenda como serão as provas objetiva e discursiva do concurso Depen

A prova objetiva contará com 120 questões do tipo Certo ou Errado. O conteúdo exigido vai variar de acordo com a função pretendida.

Para o cargo de agente de execução penal, cuja exigência é o nível médio, serão cobrados 30 itens de Conhecimentos Básicos (Língua Portuguesa, Ética no Serviço Público, Raciocínio Lógico, Informática).

Além dessas, a prova terá:

  • 50 questões de Conhecimentos Específicos (Noções de Direito Constitucional, Noções de Direito Administrativo, Noções de Direito Penal, Noções de Direito Processual Penal, Noções de Humanos e Participação Social, Legislação Especial)
  • 40 de Conhecimentos Complementares (Execução Penal e Departamento Penitenciário Nacional).

Já os especialistas de execução penal responderão a 40 itens de Conhecimentos Básicos (Língua Portuguesa, Ética no Serviço Público, Noções de Direito Constitucional, Noções de Direito Administrativo, Noções de Direitos Humanos e Participação Social).

Materias exclusivos + videoaulas pro Depen?

Acesse preparação


E ainda: 50 itens de Conhecimentos Específicos (variáveis em cada especialidade) e 30 de Conhecimentos Complementares (Execução Penal e Departamento Penitenciário Nacional). 

Todos responderão no mesmo dia a uma prova discursiva que consistirá na elaboração de uma Redação. O texto deverá ter até 30 linhas e abordará um conteúdo de Atualidades.

Resumo do concurso Depen 2020

  • Órgão: Departamento Penitenciário Nacional
  • Vagas: 309
  • Cargos: agente federal de execução penal e especialista federal em assistência à execução penal 
  • Requisitos: níveis médio e superior
  • Remuneração: de R$5.865,70 a R$6.030,23 
  • Banca:  Cebraspe
  • Prova objetiva: 6 de setembro (até o momento)

Aprovados nas provas escritas ainda serão submetidos a outras etapas

Serão aprovados na objetiva do concurso os candidatos que alcançarem, no mínimo, 36 pontos totais. No caso do agente será necessário conseguir, ainda, dez pontos em Conhecimentos Específicos, seis em Conhecimentos Básicos e oito em Conhecimentos Complementares.

Já os candidatos às vagas de especialista precisarão, além dos 36 pontos totais, alcançar oito pontos em Conhecimentos Básicos e seis em Conhecimentos Complementares. Apenas os habilitados na objetiva terão as provas discursivas corrigidas. 

De acordo com o edital, até 2.440 aprovados na objetiva terão a prova discursiva corrigida. Esse quantitativo poderá ser maior, pois os empatados na última posição determinada no edital serão considerados aptos à correção.

+ Concurso Depen: veja possíveis temas para prova de Redação

Desses, 2.940 são agentes e 1.500 especialistas. Confira o quantitativo de redações corrigidas por cargo e tipo de concorrência:

Agente federal de execução penal

  • Total de aprovados: 2.940
  • Ampla concorrência: 2.205
  • Negros: 588
  • Deficientes: 147

Especialista - Enfermagem

  • Total de aprovados: 900
  • Ampla concorrência: 675
  • Negros: 180
  • Deficientes: 45

Especialista - Médico Clínico

  • Total de aprovados: 100
  • Ampla concorrência: 75
  • Negros: 20
  • Deficientes: 5

Especialista - Médico Psiquiatra

  • Total de aprovados: 100
  • Ampla concorrência: 75
  • Negros: 20
  • Deficientes: 5

Especialista - Odontologia

  • Total de aprovados: 100
  • Ampla concorrência: 75
  • Negros: 20
  • Deficientes: 5

Especialista - Psicologia

  • Total de aprovados: 100
  • Ampla concorrência: 75
  • Negros: 20
  • Deficientes: 5

Especialista - Serviço Social

  • Total de aprovados: 100
  • Ampla concorrência: 75
  • Negros: 20
  • Deficientes: 5

Especialista - Terapia Ocupacional

  • Total de aprovados: 100
  • Ampla concorrência: 75 
  • Negros: 20
  • Deficientes: 5

O concurso ainda contará com outras quatro etapas de seleção. São elas: exame de aptidão física; avaliação médica; avaliação psicológica; investigação social. 

Concurso Depen: saiba como se preparar para o TAF e ser aprovado

Conforme explicado pelo Depen à reportagem da FOLHA DIRIGIDA, as 309 vagas oferecidas na seleção já irão suprir todo o déficit atual no departamento. Desse modo, não haverá a necessidade de futura chamada de excedentes e, consequentemente, não será formado um cadastro de reserva, conforme costuma ocorrer.

O concurso terá validade de dois anos, após a homologação. O prazo ainda poderá ser prorrogado por igual período. 

Qual é a remuneração oferecida no concurso Depen?

O concurso Depen oferece 309 vagas efetivas para os cargos de agente e especialista, de níveis médio e superior, respectivamente. Do total das vagas, 294 são para o cargo de agente de execução penal - que exige apenas o nível médio.

Além disso, a carreira exige Carteira Nacional de Habilitação (CNH), na categoria B ou superior. A remuneração inicial para o cargo é de R$6.030,23.

Já as 15 oportunidades restantes são para especialista federal em assistência à execução penal, com requisito de nível superior. Para este cargo são contempladas as seguintes especialidades:

CargoVagas
Agente de execução penal294
Especialista federal - Enfermagem9
Especialista federal - Médico Clínico1
Especialista federal - Médico Psiquiatra1
Especialista federal - Odontologia1
Especialista federal - Psicologia1
Especialista federal - Serviço Social1
Especialista federal - Terapia Ocupacional1
TOTAL309

 

O cargo de especialista oferece uma remuneração de R$5.865,70. Em ambos os casos, os valores são compostos pelo vencimento básico; Assistência Gratificação de Desempenho de Atividade Especializada do Departamento Penitenciário Nacional do Ministério da Justiça (GDAPEN); auxílio-alimentação de R$458. 

O regime de contratação no Depen é o estatutário. Ou seja, que assegura a estabilidade empregatícia aos servidores. 

Quer receber novidades sobre concursos?

Cadastre-se para receber e-mails com asnotícias em destaque da semana, dicas de preparação, novidades da Folha Dirigidae muito mais!

Sobre o concurso

Inscrições Encerradas

Depen 2020 - agente federal e especialista

Nacional
Até R$6030,23
Fund...
309 vagas

Carregando...