Concurso Depen temporários: comissão formada para edital com 107 vagas

O concurso Depen com 107 vagas para temporários já tem comissão organizadora formada e etapas de seleção definidas. Confira!

15/12/2020 09:13 | Atualizado: 15/12/2020 13:46

15/12/2020 09:13 | Atualizado: 15/12/2020 13:46

Mais um passo foi concluído em relação ao concurso Depen temporários. Nesta terça-feira, dia 15, a diretoria-geral do Departamento Penitenciário Nacional publicou a portaria que institui a comissão que ficará a frente dos preparativos do concurso. 

O grupo apoiará a Coordenação de Gestão de Pessoas do departamento, desenvolvendo trabalhos e atividades necessários para a realização do concurso que tem como objetivo contratar profissionais temporários. 

O servidor Victor Alexandre de Lima Ferreira exercerá a função de presidente da comissão. Além dele, o grupo é composto por Leopoldo Nogueira Marques, Silvano de Oliveira Costa, Paulo Dias da Silva, Thays Albertim Oliveira e Breno de Sousa Cartaxo Gomes.

A Diretoria Executiva ainda poderá designar servidores lotados em qualquer unidade do Depen para apoiar as atividades da comissão, quando necessário. 

A comissão ficará responsável não só pelos trâmites iniciais do concurso, como pela fiscalização e acompanhamento das etapas de seleção. Ao presidente da comissão, caberá o desenvolvimento das seguintes atividades:

  • Coordenar a equipe;
  • Solicitar os recursos necessários à realização dos trabalhos da comissão;
  • Reportar o andamento dos trabalhos e atividades periodicamente à Coordenadoria de Gestão de Pessoas;
  • Convocar reuniões;
  • Requerer das áreas do Depen as informações necessárias à realização dos trabalhos da comissão;
  • Sugerir a convocação de servidores para apoiar os trabalhos e atividades da comissão, quando necessário;
  • Expedir ordens de missão específicas às atividades de apoio à comissão; e
  • Manter contato com a banca organizadora, órgãos, instituições e similares, para as ações necessárias ao desenvolvimento dos trabalhos da comissão.

Concurso Depen retomado a qualquer momento? Folha Dirigida checou!

Depen
Depen investe na contratação de temporários para realização de serviços
de obras e engenharia (Foto: Divulgação)

Concurso Depen temporários terá 107 vagas para nível superior

O concurso para temporários do Depen foi autorizado em outubro deste ano e contará com 107 vagas. Todas as oportunidades serão destinadas a candidatos de nível superior. As vagas serão distribuídas pelos seguintes cargos:

  • Especialista técnico de obras (Engenharia) – 37 vagas;
  • Analista técnico de obras (Engenharia) – 61 vagas;
  • Analista técnico de obras (Arquitetura) – nove vagas.

O Departamento Penitenciário Nacional já adiantou à Folha Dirigida alguns detalhes sobre os cargos.  Segundo informações do Depen, os profissionais terão uma carga de trabalho de 8 horas diárias, totalizando 40 horas semanais. 

Para os cargos de analista, a remuneração será de R$6.242,41 por mês. Já para especialista, o valor será de R$8.293,82 mensais.

Os profissionais serão contratados por um período inicial de seis meses. Porém este prazo poderá ser prorrogado sucessivamente por mais seis meses, desde que o tempo total de contratação não ultrapasse quatro anos.

As lotações dos profissionais serão nas localidades legalmente instituídas no Departamento Penitenciário Nacional. Ou seja, na sede do Depen, em Brasília DF, ou em uma das cinco penitenciárias federais, localizadas nas cidades de Brasília DF, Campo Grande MS, Catanduvas PR, Mossoró RN e Porto Velho RO.

Resumo do concurso Depen temporários

  • Órgão: Departamento Penitenciário Nacional
  • Vagas: 107 vagas temporárias
  • Cargos: especialista e analista técnico (Engenharia) e analista técnico (Obras)
  • Requisitos: nível superior
  • Remuneração: de R$6.242,41 a R$8.293,82 

Botão com link para assinatura

Etapas de seleção dos candidatos já foram reveladas

O Depen está investindo na contratação desses profissionais para realização de obras e serviços de engenharia destinados à construção, reforma, ampliação e ao aprimoramento de estabelecimentos penais, de forma a atender aos objetivos estratégicos institucionais.

A portaria publicada nesta terça, que institui a comissão do concurso, já indica quais deverão ser as etapas de seleção dos candidatos. Isso porque o documento estabelece que a comissão deve acompanhar todas as fases da seleção, incluindo:

  • Análise curricular e provas de títulos/certificações;
  • Avaliação das cotas raciais;
  • Avaliação de saúde;
  • Avaliação de vida pregressa; e 
  • Investigação social.

O Depen ainda não informou uma data concreta para a publicação do edital deste concurso. O departamento apenas informa que será atendido o prazo determinado na portaria autorizativa da seleção. 

De acordo com o documento publicado em outubro, o edital de abertura da seleção deveria ser publicado em até seis meses, contados a partir da data de publicação da autorização. Ou seja, o prazo final para a divulgação do edital é abril de 2021.

    Quer receber novidades sobre concursos?

    Cadastre-se para receber e-mails com asnotícias em destaque da semana, dicas de preparação, novidades da Folha Dirigidae muito mais!

    Carregando...