Concurso DPU 2017 prorroga validade por mais dois anos

A Defensoria Pública da União prorrogou o concurso público para defensor, realizado em 2017. Ganhos da carreira são acima de R$20 mil.

29/04/2020 12:37 | Atualizado: 29/04/2020 16:03

29/04/2020 12:37 | Atualizado: 29/04/2020 16:03

A Defensoria Pública da União prorrogou por mais dois anos o concurso DPU para o cargo de defensor público. A informação foi publicada no Diário Oficial da União desta quarta-feira, 29. 

De acordo acordo com o documento, o resultado final foi homologado no dia 16 de maio de 2018, sendo estendido, agora, pelo mesmo tempo da validade inicial. 

Isso quer dizer que a seleção teria o prazo encerrado em maio deste ano, mas com a modificação ficará válida até 16 de maio de 2022.

Ao decorrer desse período, mais candidatos aprovados poderão ser chamados, de acordo com a necessidade do órgão. A princípio, o concurso DPU ofereceu 25 vagas imediatas.

Na época, o defensor público-federal geral, Carlos Eduardo Barbosa Paz, informou em entrevista à FOLHA DIRIGIDA  que a Administração da Defensoria tinha a pretensão de preencher um número maior do que as edital, dependendo da viabilidade orçamentária da DPU.

+ Concurso EsPCEx 2020: sai edital com 440 vagas de nível médio

Concurso DPU 2017 tem prazo de validade prorrogado
Concurso DPU 2017 tem prazo de validade prorrogado
(Foto: Agência Senado)


Último concurso DPU foi realizado em 2017

Com o edital de abertura publicado em 2017, o concurso DPU atraiu 12.548 inscritos, o que representa a relação de 501,9 candidatos por oportunidade. A relação é foi de 501,9 candidatos por vaga.

Foi possível se inscrever na seleção aqueles com nível superior em Direito.

No final de 2018, remuneração para defensores era de R$23.081,67, já somada com R$884 de auxílio-alimentação. É importante ressaltar que esse valor pode ter sido reajustado ao longo dos anos. 

Todos os candidatos foram avaliados por meio de cinco etapas, sendo elas:

  • prova objetiva;
  • exame discursivo;
  • avaliação oral;
  • prova de títulos;e
  • sindicância de vida pregressa.
     

Botão com link para curso de preparação

A primeira e segunda fase foram aplicadas em todas as capitais dos 26 estados brasileiros e na capital federal. A terceira etapa foi realizada somente em Brasília.

A quarta e quinta fases ocorreram na capital federal e nas capitais de todos os estados onde houve aprovado.

Os candidatos foram classificados de acordo com os valores decrescentes das notas finais do concurso DPU.

A nota correspondeu à média das pontuações finais obtidas na prova objetiva, nas provas dissertativas escritas, nas provas orais e na avaliação de títulos, considerando-se os seguintes pesos:

  • Nota final na prova objetiva: peso 2,5;
  •  Nota final nas provas dissertativas escritas: peso 4,5;
  •  Nota final nas provas orais: peso 2; e
  •  Nota final na avaliação de títulos: peso 1. 

Inicialmente, a o concurso ficaria válido por dois anos, sendo permitido a prorrogação por apenas uma vez. 

Quer receber novidades sobre concursos?

Cadastre-se para receber e-mails com asnotícias em destaque da semana, dicas de preparação, novidades da Folha Dirigidae muito mais!

Sobre o concurso

Inscrições Encerradas

DPU - 2017 - defensor

Nacional
Não informado
Fund...
Não informado

Carregando...