Concurso Comlurb: garis terão reajuste de 4,7% nos salários

Os garis da Comlurb, no Rio de Janeiro, aceitaram a proposta de aumento de 4,7% nos salários básicos.

30/04/2019 09:26 | Atualizado: 28/08/2019 15:54

30/04/2019 09:26 | Atualizado: 28/08/2019 15:54

Os garis da cidade do Rio de Janeiro aceitaram a proposta de reajuste de 4,7% nos salários. Atualmente, a remuneração da categoria é de R$2.701,20, sendo R$1.422,23 de vencimento básico (valor a ser reajustado). Com o aumento, os interessados no próximo concurso para Companhia de Limpeza Urbana (Comlurb) terão mais um atrativo.

A decisão do aumento foi tomada após uma audiência de conciliação no Tribunal Regional do Trabalho (TRT) na segunda-feira, 29. O reajuste será de 4,7% ao invés dos 10% solicitados pelos garis. A prefeitura alega que não tem condições financeiras para cobrir todo esse reajuste pedido.

Os garis, por outro lado, conseguiram o abono dos dias em que ficaram parados pela greve. Os novos salários ainda não foram informados pela companhia. No entanto, com o reajuste de 4,7%, a remuneração deverá ser R$2.794,50. Esse valor será composto por salário base de R$1.489,07; auxílio-alimentação de R$709,80 e gratificação de insalubridade de R$595,63.

No dia 22 de abril, os garis entraram em greve. Entre as reivindicações estava o aumento salarial de 10%, além do auxílio-alimentação e auxílio-creche. Esses últimos benefícios, porém, não foram reajustados. Assim como a proposta de auxílio ao filho excepcional. A empresa destacou que a lista de benefícios dos garis tem mais de 20 itens, incluindo planos de saúde e odontológico extensivos aos dependentes.

“A administração municipal reconhece a importância dos garis para a cidade do Rio de Janeiro e isso se reflete no fato de ser a única categoria que conta com reajuste salarial todos os anos, mesmo com as dificuldades financeiras atuais”, apontou.

Concurso para gari da Comlurb está em planejamento pela Prefeitura 
do Rio de Janeiro (Foto: Divulgação)

 

Os profissionais ainda têm a proposta de que o Plano de Cargos seja concluído até agosto deste ano, retroativo a outubro de 2018. Para ser um gari na cidade do Rio de Janeiro, é preciso ter concluído o ensino fundamental até o 5º ano (antiga 4ª série primária).

 Provas do concurso Comlurb terão Matemática? Especialista responde!
♦ Confira como foi o teste físico nos últimos concursos Comlurb

Edital do concurso Comlurb volta a ser discutido

O presidente da Comlurb, Tarquínio Almeida, anunciou em março de 2018, a realização de um novo concurso para garis. O que ainda não foi concretizado. A boa notícia é que a Assessoria de Imprensa da empresa revelou à FOLHA DIRIGIDA que a seleção voltou a estar em pauta.

O novo edital para categoria está em discussão pela Administração da Companhia. Para que o concurso Comlurb seja aberto ainda deverá passar pelas seguintes etapas:

  • 1º: Autorização do prefeito Marcello Crivella;
  • 2º: Escolha da banca organizadora;
  • 3º: Assinatura do contrato entre a banca organizadora e a Comlurb;
  • 4º: Finalização de detalhes do edital, como cronograma, etapas de seleção e conteúdos que serão cobrados nas provas.  

A companhia não tem novas seleções para garis desde 2014, quando ofereceu 100 vagas para homens e mulheres.  Este concurso foi composto por provas objetivas com 20 questões de Língua Portuguesa e prova de capacidade física.

Quer se preparar para o concurso Comlurb?

Em 2018, o presidente da Comlurb disse que o concurso teria oferta de até mil vagas em cadastro de reserva para garis. Os aprovados, de acordo com ele, poderiam ser chamados durante o prazo de validade, de um ano, podendo ser prorrogado por mais um. 

"Nós imaginamos ter recursos disponíveis para preparar um banco de até mil vagas. A admissão dessa mão de obra ocorrerá de forma gradual e conforme necessidade da empresa”, destacou o presidente em 16 de maio, quando é comemorado o dia do gari.

 Prepare-se para o concurso Comlurb com simulado exclusivo

De 20 a 30% dos garis já podem se aposentar

Almeida também afirmou que o concurso seria para reposição de pessoal a partir deste ano. “Nós estamos preparando o concurso para formar um banco de reposição, a partir de 2019. Isso para que, no momento que haja necessidade e que tenhamos os recursos disponíveis, essa reposição ocorra”.

Segundo dados obtidos por FOLHA DIRIGIDA, de 20 a 30% dos garis já possuem condições para se aposentar. Por isso, é provável que a Comlurb retome os preparativos do concurso este ano. A ideia é repor as saídas com os novos concursados. 

Como a companhia apresenta 14 mil garis, de 3.500 a 4.200 já poderiam entrar com pedido de aposentadoria.

Em maio de 2018, o concurso estava em fase de “montagem do edital e escolha da banca, além da definição das provas escrita e prática", revelou o presidente da Comlurb. Para ele há a necessidade por concursos periódicos para gari.

“Temos que fazer concurso para gari periodicamente para oxigenar os quadros”. Ele explicou que os garis da Comlurb possuem atividades intensas que demandam desgaste físico. Por isso, quando atingem determinada idade precisam passar por remanejamento interno. 

No vídeo abaixo, saiba como estudar para o concurso Comlurb:

Quer receber novidades sobre concursos?

Cadastre-se para receber e-mails com asnotícias em destaque da semana, dicas de preparação, novidades da Folha Dirigidae muito mais!

Sobre o concurso

Previsto

Comlurb - 2020 - gari

RJ
Até R$1316,00
Fund...
Não informado

Carregando...