Colégio Pedro II homologa seleção temporária de intérprete de Libras

Processo seletivo Colégio Pedro II visa atender as necessidades da Instituição na função de intérprete de Língua de Sinais/Português. 

18/03/2021 15:43 | Atualizado: 18/03/2021 16:06

Por: Natalia Fuly

18/03/2021 15:43 | Atualizado: 18/03/2021 16:06 - Por: Natalia Fuly

O Colégio Pedro II, no etado do Rio de Janeiro, divulgou a homologação do resultado final do Processo Seletivo Simplificado, destinado à contratação temporária de Técnico Especializado de nível Superior Profissional.  

A informação foi divulgada por meio de um edital assinado pela Pró-reitora de Ensino, Eliana Myra de Morais Soares. O documento foi publicado no Diário Oficial da União desta quinta-feira, 18 de março. 
 

Colégio Pedro II homologa seleção temporária de intérprete de Libras (Foto: Divulgação)
Colégio Pedro II homologa seleção temporária de
intérprete de Libras (Foto: Divulgação)


O resultado é referente ao cargo de Tradutor / Intérprete de Língua Brasileira de Sinais (Libras) de Língua Portuguesa. E a contratação dos profissionais será de acordo com a Lei nº 8.745 de 9 de dezembro de 1993 e conforme estabelece a Portaria n° 862 de 14 de julho de 2017, publicada no D.O.U. de 17 de julho de 2017.

 Para conferir a lista com os classificados, acesse o edital de homologação clicando no botão abaixo:
 

 

Remuneração oferecida pela seleção pode chegar até R$4.1 mil

O processo seletivo Colégio Pedro II teve seu edital aberto em fevereiro de 2020, trazendo vagas para o cargo de Tradutor / Intérprete de Língua Brasileira de Sinais (Libras) de Língua Portuguesa. 

A seleção é destinada a contratação temporária para atender as necessidades de excepcional interesse da Instituição e cadastro de reserva na função de intérprete de Língua de Sinais/Português. 

O salário inicial oferecido pelo órgão para a carreira é de R$4.180 mais auxílio-alimentação no valor de R$458. Puderam concorrer candidatos com bacharel ou licenciatura plena em Letras (Libras) ou Letras (Libras/Língua Portuguesa); ou licenciatura em Pedagogia com ênfase na Educação de Surdos; ou licenciatura em qualquer área de conhecimentos. 

Ambos os certificados devem ser acrescidos de curso de formação profissional e interpretação em Libras/Língua Portuguesa, reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC) e pelo sistema que o credenciou de, no mínimo, 180 horas; ou certificado de curso de extensão universitária em tradução e interpretação em Libras/Língua Portuguesa. 
 


Os profissionais aprovados poderão exercer suas atividades em qualquer um dos 14 campi do Colégio Pedro II, na Reitoria e/ou no Centro de Referência em Educação Infantil Realengo (Creir).

A carga de trabalho dos selecionados é de 40 horas semanais. O contrato terá duração de um ano com possibilidade de prorrogação até o limite máximo de dois anos. 

Todos os concorrentes foram avaliados por meio de até três etapas, sendo: questão dissertativa para análise de qualificação profissional, prova prática Libras x Português; Português x Libras; e análise curricular, documentação e comprovação dos requisitos formais para o exercício do cargo. 

A primeira fase de seleção foi realizada no dia 18 de março de 2020. Na questão dissertativa o candidato teve que demonstrar conhecimentos específicos e prático-profissional como tradutor e intérprete de Libras/Português. A avaliação teve duração de 1h30. 

 

Quer receber novidades sobre concursos?

Cadastre-se para receber e-mails com asnotícias em destaque da semana, dicas de preparação, novidades da Folha Dirigidae muito mais!

Carregando...