Concurso CGU: prazo entre edital e provas é reduzido em dois meses

O Governo Federal autorizou a redução do prazo entre edital e provas do concurso GCU em dois meses. Com isso, a etapa pode ocorrer em 2021.

27/08/2021 07:56 | Atualizado: 27/08/2021 17:27

27/08/2021 07:56 | Atualizado: 27/08/2021 17:27

Atenção, candidatos. O Ministério da Economia autorizou a redução do prazo entre edital e provas do concurso CGU. Agora, ele será de dois meses. Com isso, as avaliações podem ser aplicadas ainda este ano, em 2021.

A portaria autorizativa foi publicada no Diário Oficial da União desta sexta-feira, 27. Ela está assinada pelo secretário especial de desburocratização, Caio Mario Paes de Andrade.

"Art. 1º Autorizar a redução, para dois meses, do prazo de antecedência mínima entre a publicação do edital do concurso público e a realização da primeira prova no certame, autorizado pela Portaria SEDGG/ME nº 8.949, de 26 de julho de 2021, para provimento de 375 (trezentos e setenta e cinco) cargos do quadro de pessoal da Controladoria-Geral da União.

Essa portaria tem se tornado comum em concursos federais, a pedidos dos órgãos ao Ministério da Economia. O aval também foi concedido nos editais da PF e PRF, publicados em janeiro deste ano.

Comece a estudar para o próximo concurso da CGU ~

O prazo original seria de quatro meses. Com ele, demoraria ainda mais a realização das etapas e, com isso, a homologação do resultado final - atrasando as contratações.

A redução do prazo entre edital e provas pode, inclusive, fazer com que os exames sejam realizados ainda este ano. Isso só reforça o desejo da Controladoria-Geral da União em contar com reforços de novos servidores o quanto antes.

Foto da fachada da CGU
Concurso da CGU tem edital previsto para este ano
(Foto: Divulgação)

Ministro prevê provas para janeiro ou fevereiro de 2022

O ministro da CGU, Wágner Rosário, falou nesta sexta, 27, sobre a previsão de aplicação das provas do concurso. Em resposta a um interessado no Twitter, Rosário não descartou a realização dos exames ainda em 2021. No entanto, a tendência é que as avaliações fiquem para 2022.

"Pode ser que sim. Mas é pouco provável. O mais prudente é dizer que será em janeiro ou fevereiro de 2022. Estude como se fosse. Boa sorte", informou o ministro.

Assim que o edital foi autorizado, a reportagem da Folha Dirigida questionou o ministro da CGU pelas redes sociais. Segundo ele, o edital está previsto para sair ainda este ano.

A resposta do ministro Wagner Rosário foi dada através das redes sociais. Recentemente, em resposta à Folha Dirigida, a Controladoria-Geral da União confirmou o início dos preparativos da nova seleção.

 O edital ainda não uma data para ser divulgado. No entanto, o órgão confirma que os esforços são para que o documento com todas as regras saia ainda este ano.

Se os exames forem mesmo em janeiro ou fevereiro, o edital CGU deve ser publicado em novembro ou dezembro deste ano (dois meses antes)

Concurso CGU 2021 está autorizado!

A notícia que todos queriam veio no dia 27 de julho, quando a portaria autorizativa foi publicada no Diário Oficial da União. O aval foi dado para 375 vagas de níveis médio e superior.

O documento foi assinado pelo secretário especial de desburocratização, Caio Mario Paes de Andrade.

Das 375 vagas autorizadas, são: 

  • 75 vagas de técnico federal de finanças e controle; e
  • 300 vagas de auditor federal de finanças e controle.

Quanto ganham os técnicos e auditores da CGU?

O cargo de técnico é para nível médio e não exige curso específico ou experiência. A carreira proporciona uma remuneração inicial de R$7.741,31, já com o auxílio-alimentação de R$458. 

Para o auditor, é preciso nível superior. A remuneração é de R$19.655.06, com o auxílio-alimentação de R$458.

A CGU tem carga de trabalho de 40 horas semanais, com as contratações pelo regime estatutário, que assegura a sonhada estabilidade.

Último concurso CGU foi realizado em 2012

O último concurso da CGU foi realizado em 2012, quando foram ofertadas 250 vagas. A banca responsável foi a Esaf, avaliando os candidatos por meio de provas objetiva, discursiva e investigação social, além do curso de formação.

O edital contemplou áreas como Auditoria e Fiscalização (Geral e Infraestrutura), Tecnologia da Informação, Correição e Comunicação Social, concorrendo graduados nas especialidades. Como esperado, o destaque ficou por conta da área Administrativa, para graduados em qualquer curso. 

No total, foram aplicadas três provas: prova objetiva de conhecimentos básicos, prova objetiva de conhecimentos específicos comum a todas as áreas e prova objetiva de conhecimentos especializados para cada área/campo de atuação na CGU. 

Quer ser aprovado no concurso CGU? Saiba como!

A Folha Cursos chegou para te ajudar a ser o próximo técnico da CGU. A Controladoria-Geral da União terá edital em breve e você não pode esperar ele ser publicado para começar os estudos. Por isso, inicie sua preparação com a melhor equipe de professores!

Aqui, você encontra:

► Questões comentadas;
► Acelerador de vídeos;
► Material com PDF;
► Chance de enviar mensagem ao professor;
► Videoaula, cadernos e questões;
► Professores especializados;
► E muito mais...

Quer receber novidades sobre concursos?

Cadastre-se para receber e-mails com asnotícias em destaque da semana, dicas de preparação, novidades da Folha Dirigidae muito mais!

Carregando...