Concurso Bombeiros PA: projeto básico confirma vagas, cargo e etapas

Projeto básico do concurso Bombeiros PA revela oferta de 405 vagas para soldados (praças). Escolha da banca será iniciada em outubro.

19/08/2021 10:39 | Atualizado: 20/08/2021 11:29

19/08/2021 10:39 | Atualizado: 20/08/2021 11:29

O concurso para o Corpo de Bombeiros Militar do Pará (CBM PA) terá oferta de 405 vagas para soldados (praças). A informação consta no projeto básico da seleção, divulgado nesta quinta-feira, 19.

O documento, que funciona como um espelho para o edital, também traz as etapas da seleção, requisitos e as remunerações iniciais do cargo. Para ingresso no Curso de Formação de Praças será necessário ter concluído o ensino médio.

O projeto básico não informa sobre idade máxima ou se será necessário apresentar Carteira Nacional de Habilitação. Porém, o último concurso para a corporação trouxe essas exigências.

Os aprovados terão salários de R$3.960, em início de carreira. O valor máximo para taxa de inscrição será de R$103,65. A estimativa é que o concurso atraia 35 mil candidatos.

O regime de trabalho do bombeiro militar é de dedicação integral exclusiva, por sistema de escala de serviço, sendo incompatível com o exercício de outra atividade pública ou privada, nos termos da legislação em vigor.

Corpo de Bombeiros do Pará prepara novo concurso com 
405 vagas para soldados (Foto: Divulgação)

O concurso Bombeiros PA será composto por cinco etapas:

  1. Prova objetiva com 50 questões;
  2. Avaliação Psicológica;
  3. Avaliação de Saúde;
  4. Avaliação de Aptidão Física;
  5. Investigação de Antecedentes Criminais.

As disciplinas da prova objetiva ainda não foram divulgadas. Já o teste de aptidão física será composto pelos exercícios de: flexão de braço no solo; abdominal em decúbito dorsal 45º em um minuto.

Além de corrida de 12 minutos; natação de 50 metros; e flexão de braço na barra fixa. As provas serão aplicadas em seis municípios: Belém, Marabá, Santarém, Altamira, Itaituba e Redenção.

Os aprovados em todas as etapas ainda serão submetidos ao curso de formação. 

Baixe o projeto básico na íntegra:

Concurso CBM PA: escolha da banca começa em outubro

A escolha da banca organizadora do concurso Bombeiros PA será iniciada no dia 6 de outubro, às 9h. A definição ocorrerá por meio de concorrência pública.  

Uma instituição será contratada para receber as inscrições, aplicar e operacionalizar as etapas do concurso, como as provas objetivas. No último concurso para o Corpo de Bombeiros PA, realizado entre 2015 e 2016, a Consulplan foi a banca organizadora contratada.

O Governo do Pará trabalha para que, pelo menos, o edital do concurso Bombeiros PA seja publicado em 2021. A previsão foi passada pela secretária de Planejamento e Administração do Estado, Hana Ghassan, em suas redes sociais.

Dessa maneira, é possível que as provas sejam marcadas apenas no próximo ano. Aumentando, assim, o tempo reservado para preparação.

Você sabia que a Folha Dirigida também tem cursos preparatórios? A Folha Cursos traz videoaulas exclusivas, material escrito e questões comentadas para te ajudar no caminho até a aprovação.

Conheça os cursos e comece já seus estudos!

Último concurso Bombeiros PA foi aberto em 2015

O último concurso para o Corpo de Bombeiros do Pará foi realizado há cerca de seis anos. Ao todo, foram disponibilizadas 330 vagas, sendo 300 para praças (soldados) e 30 para oficiais.

As oportunidades foram para candidatos de ambos os sexos. Para se inscrever ao posto de praça foi preciso ter concluído a primeira série do ensino médio até a data de matrícula no curso de formação.

Já a carreira de oficial dos Bombeiros PA teve como exigência o ensino médio completo. Em ambos os casos, ainda foi necessário ter Carteira Nacional de Habilitação (CNH) nas categorias A e B.

A Consulplan foi a banca organizadora. Os concorrentes passaram por até quatro etapas, realizadas nas cidades de Belém, Santarém, Marabá e Altamira. A primeira fase foi uma prova objetiva sobre Língua Portuguesa, Matemática, Física, Química e Biologia. 

As demais etapas foram: exame antropométrico e médico; testes de aptidão física; exame psicotécnico; e curso de formação. O prazo de validade do concurso foi de seis meses, a contar da data de homologação, com possibilidade de prorrogação por igual período.

Durante o curso de formação, o salário foi de R$788 para praças e de R$1.005,71 para oficiais, além do auxilio alimentação no valor de R$379,75.

Após da conclusão das aulas, os servidores passaram a receber o vencimento de R$2.521,60 (praças) e R$ 5.469,59 (oficiais). Em função do espaço de tempo, os valores atuais devem ser ainda maiores.

Quer receber novidades sobre concursos?

Cadastre-se para receber e-mails com asnotícias em destaque da semana, dicas de preparação, novidades da Folha Dirigidae muito mais!

Carregando...