Concurso Câmara de Cuiabá MT: banca definida para próximo edital

A Câmara de Cuiabá, no Mato Grosso, avançou nos preparativos para seu próximo concurso. Banca organizadora já foi definida. Confira!

27/11/2020 18:29 | Atualizado: 30/11/2020 09:53

27/11/2020 18:29 | Atualizado: 30/11/2020 09:53

Em breve, um novo concurso Câmara de Cuiabá MT deverá ser realizado. Na última quinta-feira, 26, a Câmara Municipal da capital do Mato Grosso divulgou o extrato de dispensa de licitação para contratação da organizadora que ficará à frente do concurso. A publicação foi feita no Diário Oficial de Contados.

A empresa escolhida foi o Instituto Nacional de Seleção e Concursos (Instituto Selecon). O contrato tem duração de 12 meses, contados a partir da data de assinatura. O prazo pode ser prorrogado, caso necessário.

A banca organizadora ficará à frente de todas as etapas do concurso, desde a publicação do edital, até a divulgação dos resultados finais do concurso.

O documento não traz informações sobre cargos e vagas. No entanto, segundo a Portaria n°663, publicada em 2019, o concurso terá vagas para as carreiras de analista, técnico, controlador interno e contador. 

Esses cargos e o quantitativo de vagas ainda deve ser confirmado pela Câmara de Cuiabá. Mas, em relação às etapas de seleção, de acordo com o que consta na publicação no Diário Oficial, o concurso deve contar com provas objetivas, discursivas e análise de títulos. 

+ Barra do Bugres MT recebe inscrições em concurso com 173 vagas

Câmara de Cuiabá
Câmara ainda precisa cargos e quantitativo de vagas para o concurso
(Foto: Divulgação)

Último concurso Câmara de Cuiabá foi realizado há 11 anos

A expectativa pelo concurso é alta. Especialmente considerando que a Câmara de Cuiabá não realiza um novo concurso de 2011. Na época, foram oferecidas 98 vagas, sendo 49 para o nível médio e 49 para o nível superior. 

No nível médio, as oportunidades eram para os cargos de taquígrafo legislativo (quatro) e técnico legislativo (45). Já no para o nível superior havia chances de analista legislativo (40), contador (uma), enfermeiro (uma), fisioterapeuta (uma), médico (uma), odontólogo (uma) e procurador legislativo (quatro).

As remunerações variavam de R$1.669,80 a R$3.630, de acordo com o cargo. O concurso foi organizado pela Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT).

Fique por dentro de todas as novidades sobre concursos públicos 

Todos os candidatos foram avaliados por meio de uma prova objetiva, que consistiu na única etapa de avaliação do concurso. O exame tinha caráter eliminatório e classificatório e foi composto por questões objetivas do tipo múltipla escolha.

Foram cobrados itens das disciplinas de: Língua Portuguesa, Noções de Informática, Conhecimentos Gerais e Conhecimentos Específicos. 

O que mudava era o número de questões. Para o nível médio, a prova tinha 40 questões, sendo 10 para cada disciplina. No nível superior, foram 60 questões, sendo 30 de Conhecimentos Específicos e 10 para cada uma das outras.

Quer receber novidades sobre concursos?

Cadastre-se para receber e-mails com asnotícias em destaque da semana, dicas de preparação, novidades da Folha Dirigidae muito mais!

Carregando...