Concurso Caixa 2014: estatal anuncia 1.566 novas contratações

Em expansão, estatal anuncia criação de 75 novas unidades e contratação de 1.566 empregados a partir de convocações do concurso Caixa 2014.

01/02/2021 15:55 | Atualizado: 02/02/2021 08:59

Por: Juliana Goes

01/02/2021 15:55 | Atualizado: 02/02/2021 08:59 - Por: Juliana Goes

Mais de mil aprovados no concurso Caixa 2014 serão convocados ao longo de 2021. Após anunciar sua expansão, na última quinta-feira, 28, a estatal confirmou à Folha Dirigida que convocará os candidatos habilitados no último edital.

Ao todo, serão criadas 75 novas unidades da Caixa em todo o Brasil, sendo 20 especializadas no Agronegócio. A expansão visa aumentar a capilaridade do banco, com foco nas regiões Norte e Nordeste.

Com a ampliação de sua rede de atendimento, a Caixa afirma que beneficiará cerca de 18 milhões de brasileiros.

"A ação de expansão será a maior dos últimos anos na Caixa. O banco também ampliará  a quantidade de agências-caminhão de oito para 12 unidades", diz a estatal em nota.

Para reforço imediato das equipes, serão contratados 566 novos empregados. Até o final do ano, a Caixa pretende contratar outras mil pessoas, totalizando assim 1.566 contratações.

"A Caixa informa que as contratações para reforço imediato das equipes ocorrerão por meio de convocação dos candidatos aprovados no concurso público de 2014, pela ordem do cadastro reserva", disse a estatal nesta segunda, 1º, à Folha Dirigida.

Em expansão, Caixa confirma novas convocações (Foto: Divulgação)
Em expansão, estatal confirma convocação de
aprovados no concurso Caixa 2014 (Foto: Divulgação)

 

Entidades cobram convocações da Caixa

Com déficit em mais de 17 mil empregados nos últimos seis anos, a Federação Nacional das Associações do Pessoal da Caixa Econômica Federal (Fenae) e a Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf CUT) iniciaram, em novembro de 2020, um abaixo-assinado pela recomposição do quadro de pessoal.

"A Caixa não contrata mais trabalhadores, o peso fica ainda maior. A meta da Direção da Caixa deveria ser preservar a vida dos empregados e da população", afirmou o presidente da Fenae, Sergio Takemoto.

Segundo a entidade, em meio à pandemia, mais de 100 milhões de pessoas passaram pela Caixa mensalmente, entre beneficiários do auxílio emergencial, Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e o Benefício Emergencial de Preservação do Emprego e da Renda (BEm).

"Os colegas estão adoecendo com as jornadas estafantes de atendimento e reforçada por metas abusivas. Contratar mais significa dar melhores condições a todos os trabalhadores e, claro, melhor atendimento para a população", disse a coordenadora da CEE/Caixa, Fabiana Uehara Proscholdt.

Em resposta à Folha Dirigida, em novembro, a Caixa informou que já foram realizadas, desde 2014, 7.377 convocações para o cargo de técnico bancário. A carreira tem o nível médio completo e foi a mais procurada durante o concurso.

Na ocasião, os habilitados na seleção contestaram a informação dada pela Caixa. Segundo a presidente da comissão de aprovados, Natalia Dias de Oliveira, do total de convocados, a Caixa contratou apenas 5.300 concursados.

"Em relação à informação de que mais de 7 mil candidatos foram convocados, é importante destacar que, desses, a Caixa contratou apenas 5.300 concursados. Sendo que mais de 2 mil foram contratados em clara preterição da ordem classificatória, fato este que rasgou o edital do concurso", disse Natalia Oliveira.

Ainda segundo a comissão, a chamada desses aprovados não respeitou a ordem de classificação. Em 2019, a estatal anunciou que iria reforçar o seu quadro, até o final daquele ano, com um total de 2 mil novos empregadossendo a maior parte deles Pessoas com Deficiência (PcDs).

Na época, a Caixa declarou que as convocações de PcDs eram administrativas. No entanto, a presidente da comissão disse que a medida feriu a isonomia e preteriu os candidatos da ampla concorrência.

"Vale ressaltar que a Caixa também não cumpriu o TAC de 2008, que foi firmado com o MPT da 10° Região. Esse termo determinava que, a cada 20 convocados, o primeiro seria PcD e os 19 seguintes seriam da ampla concorrência. Fato que não foi respeitado pela Caixa", afirmou a presidente da comissão. 

Turbine seus estudos para carreiras bancárias com Folha Cursos

Acesse o folha cursos

Concurso Caixa 2014 tem mais de 30 mil aprovados

O concurso Caixa 2014 vem se arrastando ao longo dos anos. A última seleção da estatal foi realizada em 2014. Na época, foram oferecidas vagas para os cargos de:

Todas as oportunidades foram para formação de cadastro reserva. O concurso foi um dos maiores do país, tendo mais de 30 mil aprovados.

Ao todo, a seleção teve mais de 1 milhão de inscritos e foi organizada pelo Cebraspe. A validade inicial do concurso era de um ano, podendo ser prorrogada por mais um.

Já contando com a prorrogação, o prazo terminaria no dia 16 de junho de 2016 para os técnicos e 26 de junho de 2016 para os médicos e engenheiros. 

Na época, o Ministério Público do Trabalho do Distrito Federal e Tocantins (MPT DF/TO) ajuizou uma ação para que o banco prorrogasse por tempo indeterminado a validade da seleção, para ter mais tempo para convocar os aprovados. Enquanto o processo não é finalizado, o concurso segue vigente.

Quer receber novidades sobre concursos?

Cadastre-se para receber e-mails com asnotícias em destaque da semana, dicas de preparação, novidades da Folha Dirigidae muito mais!

Carregando...