Belo Horizonte MG publica nova comissão do concurso para Educação

A comissão organizadora do novo concurso para Secretaria de Educação de Belo Horizonte, em Minas Gerais, passou por reformulação. Confira!

09/03/2020 14:50 | Atualizado: 09/03/2020 19:20

09/03/2020 14:50 | Atualizado: 09/03/2020 19:20

A Prefeitura de Belo Horizonte, capital de Minas Gerais, formou uma nova comissão para organizar o concurso com 213 vagas para Secretaria de Educação. Os nomes dos 11 integrantes foram publicados no Diário Oficial do Município de sábado , 7 de março.  

Eles serão responsáveis por colaborar na elaboração do edital, quanto aos itens que forem de competência do município e apresentá-lo para validação da Secretaria de Educação. Além de planejar, acompanhar e fiscalizar os procedimentos necessários ao concurso Educação de Belo Horizonte MG.  

Em janeiro de 2019, o município já tinha formado comissão organizadora desse concurso. A portaria que nomeia o grupo, porém, foi revogada em 6 de março e divulgada no Diário Oficial no dia seguinte. A prefeitura não informou o motivo para essa mudança.  

O concurso para ingresso na Educação de BH terá oferta de 213 oportunidades. Desse total, 140 serão para professor de Educação Infantil, 54 para professor do primeiro e segundo ciclos do Ensino Fundamental e 19 para bibliotecário escolar. 

Semed Belo Horizonte
Belo Horizonte MG prepara novo concurso para ingresso de
servidores na Educação (Foto: Divulgação)

 

As informações constam no projeto básico do concurso, ao qual FOLHA DIRIGIDA teve acesso. Tal documento, conhecido também como termo de referência, funciona como um espelho para o edital. De acordo com ele, o cargo de professor terá como requisito o ensino superior completo para o exercício no segmento. 

Ou seja, Educação Infantil ou Ensino Fundamental. Os vencimentos serão de R$1.898,10 e R$2.307,15, respectivamente. Já para carreira de bibliotecário escolar a exigência será o nível superior em Biblioteconomia e registro no Conselho Regional. Os salários serão de R$2.573,03. 

Quer passar no novo concurso Educação de BH? Descubra como!

Concurso Educação de BH: Cebraspe lidera escolha da banca 

Os trâmites para publicação do edital já estão em andamento. A Prefeitura de Belo Horizonte realiza a escolha da banca organizadora de novo concurso para Secretaria Municipal de Educação.  

O Cebraspe lidera o processo com 90 pontos, segundo ata publicada no  Diário Oficial do município de terça-feira , 3. Em segundo lugar está o Instituto AOCP com 85 pontos, seguido pela Consulplan Consultoria e Planejamento com 80 pontos.  

No momento, a prefeitura disponibiliza um prazo para recurso quanto à pontuação atribuída pela Comissão de Licitações. Via de regra, a que concluir com o melhor preço e atender aos requisitos será contratada.  

Dessa forma, ganhará o direito de receber as inscrições e aplicar as etapas, como provas objetivas. A escolha da banca organizadora do concurso Educação de BH foi iniciada em novembro de 2019. 

Além das três instituições citadas, a RBO Serviços Públicos e Projetos Municipais também participou do processo licitatório. No entanto, foi julgada como inabilitada por não atender a um subitem do projeto básico. 

Resumo concurso Educação de BH 2020: 

  • Órgão: Prefeitura de Belo Horizonte 
  • Cargos: professor de Educação Infantil, professor do primeiro e segundo ciclos do Ensino Fundamental e bibliotecário escolar 
  • Vagas: 213 
  • Banca: a definir 
  • Status: comissão formada 

Concurso Educação de Belo Horizonte terá até três etapas  

Os inscritos do concurso Educação de BH, de acordo com o projeto básico, serão submetidos a até três fases: provas objetivas, discursivas e de títulos. Na primeira fase, os exames terão 40 questões de múltipla escolha, das quais dez de Conhecimentos político-pedagógicos e 30 de Conhecimentos Específicos. 

Na avaliação discursiva, os concorrentes terão que responder a duas perguntas sobre temáticas especificadas no edital. Os habilitados ainda terão seus títulos avaliados. Será validada a documentação que comprove especialização acadêmica, mestrado ou doutorado. 

Conforme o cronograma  proposto, as provas objetivas serão aplicadas em até 30 dias após o encerramento das inscrições. Os concursos em Minas Gerais passam por análise do Tribunal de Contas do Estado (TCE), que demora cerca de 60 dias entre a publicação do edital e o início da inscrição. 

Em 2018, Belo Horizonte chegou a formar comissão e abrir uma licitação para escolha da banca de concurso para professor de Educação Infantil. Esses trâmites, contudo, foram revogados pela mudança no nível de escolaridade do cargo.  

O último concurso para professor de Educação Infantil de BH foi realizado há seis anos. A banca organizadora foi a Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa (Fundep).  

Os participantes foram avaliados por três fases: prova objetiva (conhecimentos didáticos pedagógicos e específicos); redação; e avaliação de títulos. Para se candidatar foi necessário comprovar nível médio, na modalidade Normal. 

Quer receber novidades sobre concursos?

Cadastre-se para receber e-mails com asnotícias em destaque da semana, dicas de preparação, novidades da Folha Dirigidae muito mais!

Sobre o concurso

Previsto

Belo Horizonte-MG - 2020 - professor

MG
Não informado
Fund...
Não informado

Preparação