Concurso BB: saída de Brandão e fim de incertezas favorecem edital

Presidente do BB, André Brandão, renuncia ao cargo e fim das incertezas internas pode favorecer a abertura do novo concurso Banco do Brasil.

19/03/2021 08:42 | Atualizado: 19/03/2021 09:20

19/03/2021 08:42 | Atualizado: 19/03/2021 09:20

O presidente do Banco do Brasil, André Brandão, pediu renúncia do cargo. A informação foi divulgada pela própria instituição na última quinta-feira, 18. A troca na gestão e o fim das incertezas internas podem favorecer a abertura do concurso BB.

André Brandão assumiu a presidência em agosto de 2020. No entanto, desde janeiro, a permanência do gestor era incerta.

Na época, o anúncio do fechamento de agências bancárias no país e a abertura de dois Programas de Demissão Voluntária (PDV) não agradaram ao presidente Jair Bolsonaro.

Desde então, as incertezas internas no banco acerca da permanência do presidente foram entraves em diversas ações, entre elas a abertura de um novo concurso Banco do Brasil.

Desta forma, com a saída do gestor e um novo nome indicado pelo governo, o próximo edital para escriturários ganha força. Segundo o Banco do Brasil, Brandão ficará no cargo até 1º de abril.

Com previsão de concurso, Banco do Brasil terá novo presidente (Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado)
Às vésperas do concurso Banco do Brasil, Brandão deixa presidência
 (Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado)

Um dos indicativos para um novo concurso é também a mensagem que o banco pode passar. Na contramão do BB, por exemplo, a gestão da Caixa Econômica tem a simpatia de Bolsonaro.

A estatal, que é responsável pelo pagamento do auxílio emergencial, anunciou, em fevereiro, a criação de 75 novas unidades e a contratação de 1.566 empregados, a partir de convocações do concurso de 2014.

Como Bolsonaro é contra a privatização do Banco do Brasil, o presidente atualmente busca um executivo no perfil do gestor da Caixa, Pedro Guimarães, para assumir a gestão do BB. 

PDV permite concurso Banco do Brasil, diz conselho

Em janeiro, o BB anunciou a abertura de dois PDVs. A notícia deixou quem estuda para o novo concurso Banco do Brasil apreensivo.

Em fevereiro, a instituição revelou que os Programas de Adequação de Quadros (PAQ) e de Desligamento Extraordinário (PDE) alcançaram suas metas, com o desligamento de 5.533 funcionários.

Apesar do PDV parecer negativo para quem espera o concurso, a realização dos programas é um ponto positivo. A declaração é do próprio Conselho de Administração da instituição.

Em reunião no dia 20 de janeiro deste ano, questões como a realização de novos concursos foram debatidas. Segundo o Conselho, desde 2015, 17.482 funcionários aderiram aos programas de aposentadoria/desligamento e de ajustamento de quadros.

Neste ano, foram mais de 5 mil adesões, que permitem a abertura do novo concurso Banco do Brasil.

"Tal programa propõe, de forma inteiramente voluntária, que funcionários com tempo de trabalho suficiente para se aposentarem o façam, objetivando abrir espaço que permita à instituição realizar concursos voltados para recrutamento de funcionários mais jovens, menos custosos e, principalmente, mais bem preparados para o mundo digital", disse o Conselho em ata.

Turbine seus estudos para o Banco do Brasil com a Folha Cursos!

Acesse o folha cursos

O Conselho deixou clara a intenção de rejuvenescer o quadro de funcionários do BB, por meio de novos concursos, diminuir custos e focar na área Digital. Desta forma, um próximo edital voltado para profissionais com conhecimento em Tecnologia ganha força.

"O BB sabe que a automação, a incorporação de TI e a super digitalização dos processos são inexoráveis no setor financeiro, sendo dever da instituição ter um quadro funcional capacitado, bem treinado e motivado, e com um custo compatível com seus concorrentes privados", revelou o Conselho.

Até o momento, o edital do concurso Banco do Brasil segue previsto. Apesar disso, o BB mantém seus últimos posicionamentos, afirmando que os estudos estão avançados, mas sem data para a abertura da seleção.

Ao todo, estão previstas 120 vagas de escriturário com foco na área de TecnologiaO regime de contratação é o celetista.

Saiba tudo sobre a seleção do BB

  • Órgão: Banco do Brasil
  • Cargos: a definir
  • Vagas: 120 (previstas)
  • Requisito: nível médio (previsto)
  • Remuneração: R$4.036,56
  • Banca: a definir
  • Edital: previsto para 2021

Saiba como funciona o concurso BB com foco em TI

Atualmente, o Banco do Brasil tem carreira única para ingresso: a de escriturário, de nível médio. Desta forma, o próximo concurso deve contar com vagas para esta posição.

Ao que tudo indica, a seleção deve repetir os moldes do edital de 2018, ou seja, com foco na área de Tecnologia da Informação.

Na época, o conteúdo programático teve a inclusão de questões de Probabilidade e Estatística, enquanto as disciplinas de Cultura Organizacional, Técnicas de Vendas e Atendimento (comuns ao cargo de escriturário tradicional) ficaram de fora.

Além disso, em 2018, o conteúdo de Informática foi cobrado de maneira mais ampla, considerando que as contratações seriam específicas para área de TI.

Desta forma, a prova do último concurso contou com 70 questões, sendo elas de:

Conhecimentos Básicos - 20 questões (cinco cada disciplina)

  • Língua Portuguesa;
  • Língua Inglesa;
  • Atualidades do Mercado Financeiro; e
  • Matemática.

 Conhecimentos Específicos - 50 questões

  • Conhecimentos Bancários (cinco questões);
  • Probabilidade e Estatística (20); e 
  • Conhecimentos de Informática (35).

Ao todo, 150 mil candidatos foram convocados para as provas, nas cidades de Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo. Os concorrentes ainda realizaram uma redação, no modelo de um texto dissertativo-argumentativo, de 25 a 30 linhas.

seleção foi homologada em julho de 2018, com validade de um ano e podendo ser prorrogada até julho de 2020. Os selecionados foram contratados pelo regime celetista.

Quer receber novidades sobre concursos?

Cadastre-se para receber e-mails com asnotícias em destaque da semana, dicas de preparação, novidades da Folha Dirigidae muito mais!

Sobre o concurso

Previsto

Banco do Brasil - 2021 - Escriturário

Nacional
Até R$4036,50
Fund...
120 vagas

Carregando...