Concurso Banco do Brasil 2018: sai edital para escriturários. Inscrições abertas

Saiu o edital do concurso Banco do Brasil, para escriturários. Oportunidades para Rio de Janeiro, São Paulo e Brasília

07/03/2018 05:46 | Atualizado: 08/03/2018 16:29

07/03/2018 05:46 | Atualizado: 08/03/2018 16:29
*Matéria atualizada em 08/03/2018, às 8h45
 
Saiu o edital do  concurso Banco do Brasil 2018 , para escriturários. A seleção é destinada a preencher 60 vagas, sendo 30 imediatas e 30 em cadastro de reserva. O cargo é destinado a quem possui o nível médio e tem remuneração de R$4.036,56. As oportunidades são para as cidades do Rio de Janeiro, São Paulo e Brasília. A seleção terá validade de um ano, prorrogável por igual período, e os selecionados serão contratados pelo regime celetista..
 
 
Sai aguardado edital do concurso Banco do Brasil
Sai edital do concurso Banco do Brasil (Foto: Divulgação)
As inscrições do concurso Banco do Brasil abrem nesta quinta-feira, dia 8, no site da Fundação Cesgranrio, organizadora . Os cadastros poderão ser feitos até o dia 27 deste mês. A taxa é de R$48.
 
 
Membros de família de baixa renda, inscritos no CadÚnico, podem pedir a isenção do valor. Essa solicitação deverá ser feita entre esta quinta, 8, e o próximo dia 13.
 
O resultado preliminar dessas solicitações sairá no dia 21 deste mês. A relação final de isentos está programada para sair no próximo dia 26.
 
Acesse cursos para concurso Banco do Brasil
 
Saiba detalhes do edital do concurso Banco do Brasil 2018

Provas do concurso Banco do Brasil 2018 serão em maio

Os candidatos do concurso Banco do Brasil 2018 serão avaliados por meio de prova objetiva e redação. Esses exames estão marcados para o dia 13 de maio, embora seja Dia das Mães. A reportagem da FOLHA DIRIGIDA já questionou o banco sobre a possibilidade de alteração da data, mas ainda não teve retorno.
 
Estude para o concurso Banco do Brasil com o edital esquematizado elaborado por Alessandro Marques, fundador da Coach de Concursos.
 
A objetiva terá 70 questões. Dessas, 20 serão de Conhecimentos Básicos e 50 de Conhecimentos Específicos. Todas as questões contarão com cinco alternativas e apenas uma resposta correta. A pontuação máxima a ser atingida é de 100 pontos.
 
As questões de Conhecimentos Básicos possuem, no total, valor de 25 pontos que são distribuídos da seguinte maneira:
 
-> Língua Portuguesa: 5 questões - totalizando 5 pontos;
-> Língua Inglesa: 5 questões - totalizando 5 pontos;
-> Matemática: 5 questões - com valor total de 10 pontos;
-> Atualidades do Mercado Financeiro: 5 questões - totalizando 5 pontos.
 
Já os itens de Conhecimentos Específicos somam 75 pontos. As disciplinas cobradas nesta parte da prova objetiva são:
 
-> Probabilidade Estatística: 20 questões - totalizando 30 pontos;
-> Conhecimentos Bancários: 5 questões - totalizando 7,5 pontos;
-> Conhecimentos de Informática: 25 questões - totalizando 37,5 pontos;
 
Será aprovado o candidato que conseguir pelo menos 60% do total da pontuação das provas objetivas ou 55% da parte de Conhecimentos Básicos ou ainda 60% da pontuação da prova de Conhecimentos Específicos. Caso um concorrente obtenha nota zero em qualquer uma das disciplinas estará eliminado do concurso Banco do Brasil 2018.
 
Somente os candidatos classificados nos exames objetivos terão as provas de redação corrigidas. Desde que não ultrapassem o dobro do somatório do total de vagas e do cadastro de reserva.
 
Tire dúvidas de crase para o concurso Banco do Brasil

Diretor de Gestão de Pessoas explica mudanças

Ao ver as alterações na estrutura do concurso do Banco do Brasil, muitos candidatos ficaram surpresos. A mudança que mais chamou atenção foi a redução do número de questões de Conhecimentos Bancários. A inclusão de Estatística e o aumento de itens de Conhecimentos de Informática também foram surpresas.
 
Diretor de Gestão de Pessoas do BB, José Caetano Minchillo esclareceu que as mudanças são consequências das necessidades atuais da empresa.
 
"O banco é reconhecido no mercado pela qualidade dos seus profissionais e com o modelo proposto para esse concurso, temos a oportunidade de intensificar conhecimentos em áreas como estatística, informática, inovação e ciência de dados. Assim, com esse novo mindset, queremos continuar recrutando e selecionando profissionais com as habilidades para integrar o quadro de funcionários do BB, que contribuam para a superação dos desafios atuais e futuros da Indústria Bancária", esclareceu.

Saiba como será a redação do concurso Banco do Brasil

As provas de redação serão, exclusivamente, de caráter eliminatório e deverão conter um texto em prosa do tipo dissertativo-argumentativo, na qual a pontuação total será de 100 pontos. Os textos deverão ser escritos com caneta de tinta preta fabricada em material transparente e conter de 25 a 30 linhas.
 
Os critérios de avaliação serão: adequação ao tema proposto e ao tipo de texto solicitado; emprego apropriado de mecanismos de coesão (referenciação, sequenciação e demarcação das partes do texto); capacidade de selecionar, organizar e relacionar de forma coerente argumentos pertinentes ao tema proposto e pleno domínio da modalidade escrita da norma-padrão (adequação vocabular, ortografia, morfologia, sintaxe de concordância, de regência e de colocação).
 
Receberão nota zero na redação, os candidatos que fugirem ao tipo de texto e tema proposto, apresentar menos de 15 linhas, apresentar texto sob forma não articulada verbalmente em língua portuguesa (apenas com desenhos, números e palavras soltas ou em forma de verso), for assinada ou apresentar qualquer sinal que, de alguma forma, possibilite a identificação do candidato e for escrita a lápis, em parte ou na sua totalidade.
 
Serão eliminados todos os concorrentes ao concurso Banco do Brasil que obtiverem nota inferior a 70 pontos na prova de redação. De acordo com a pontuação na prova objetiva, os candidatos não eliminados na segunda etapa serão classificados no concurso.
 
Dúvidas sobre a Redação? Confira orientações de especialista [VIDEO id="7590

Confira benefícios do Banco do Brasil

Além do status de atuar em um dos maiores bancos do país, os funcionários têm direito a uma série de benefícios. Confira a seguir. Atualmente, esse profissional ganha R$3.882,33 de remuneração e trabalha 30 horas por semana. Esse valor já contempla o auxílio-alimentação de R$622,08, o auxílio-refeição de R$491,52 e ao vale-cultura de R$50. Mas não para por aí. 
 
Acesse mais abaixo outros benefícios. Confira abaixo declarações do gerente do BB, Adherbal D'Ávila, que também é professor de Conhecimentos Bancários da Degrau Cultural. Ele falou sobre a carreira dentro do banco e deu dicas aos candidatos. 
 

Quer visualizar agora esse conteúdo?

Então não perca tempo e cadastre-se agora! Você terá acesso a conteúdos exclusivos para cadastrados.

OU

Já possui uma conta?

Quer visualizar agora esse conteúdo?

Então não perca tempo e faça já a sua assinatura! Com ela você terá acesso a conteúdos exclusivos para assinantes sem anúncios. Planos a partir de R$3,99 por mês!

OU

Já possui uma conta?

Newsletter

Newsletter

Quer receber novidades sobre concursos?

Quer receber diretamente no seu e-mail as principais notícias dos concursos da sua região?

E de quebra dicas para seus estudo? Cadastre-se gratuitamente na newsletter FD para ter tudo isso!