Concurso Alesc 2021: servidores negros defendem cota racial

Com apenas quatro negros no quadro de efetivos, servidoeres defendem cota racial no concurso Alesc 2021, que tem edital previsto.

26/11/2021 09:59 | Atualizado: 26/11/2021 12:22

26/11/2021 09:59 | Atualizado: 26/11/2021 12:22

Um novo concurso Alesc está nos planos da Assembleia Legislativa de Santa Catarina. No entanto, discussões internas entre servidores tem levantado a necessidade de reservar vagas para candidatos negros. 

Isso porque a Assembleia Legislativa ainda tem poucos negros no quadro de funcionários efetivos. Dos 265 concursados da casa, apenas quatro são negros, que defendem a adoção de cotas no próximo concurso público.

"Nós somos referência para uma população minoritária no estado, mas é preciso destacar que é possível ocupar este espaço, é só questão de oportunidade", avalia o coordenador de compras da Casa Legislativa, Jussiê Chaves.

Além dele, as servidoras Marilu Lima, Juliana Cristina da Cruz e Silvia Regina Silveira da Rosa, apresentaram uma demanda de adoção de cotas raciais para ampliar esse número na Alesc.

"É importante a nossa representatividade, para mostrar que é possível um negro atuar no Parlamento. Somos poucos, mas estamos ocupando este espaço que historicamente não era destinado aos negros. O trabalho do PAB (Programa Antonieta de Barros) estabeleceu avanços, mas a valorização da representatividade deve ocorrer coma adoção de cotas para negros nos concursos públicos", diz Jussiê.

Os efetivos negros da Alesc lembram que já há uma legislação federal para cotas raciais em concursos, mas que está para vencer, necessitando de uma prorrogação. Também há estados que já sancionaram leis neste sentido.

Aprovado pela Mesa Diretora, em novembro de 2020, o concurso Alesc tem 29 vagas previstas, sendo todas para a carreira de analista legislativo, que exige o nível superior e possui ganhos de até R$8.518,77.

A realização de concurso, segundo a Alesc, foi um compromisso assumido pelo presidente da Casa, deputado Julio Garcia (PSD), em tratativas com o Sindicato dos Servidores da Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina (Sindalesc).

Segundo a categoria, nos últimos 15 anos, o número de efetivos caiu para menos da metade (atuais 348), enquanto o de comissionados e terceirizados quase dobrou, chegando a 1.407 contratados.

Concurso Alesc está previsto (Foto: Arquivo Agência AL)
Novo concurso Alesc tem 29 vagas previstas
para analistas (Foto: Arquivo Agência AL)

Resumo sobre a seleção

  • Órgão: Assembleia Legislativa de Santa Catarina
  • Cargos:analista legislativo
  • Vagas: 29
  • Requisito: nível superior
  • Remuneração: até R$8.518,77
  • Banca: a definir

Último concurso Alesc tem 12 anos

O último concurso Alesc completou 12 anos. Divulgado em novembro de 2009, o documento trouxe a oferta de 56 vagas nas carreiras de analista legislativo e técnico legislativo.

As oportunidades foram distribuídas pelas áreas de: Tecnologia da Informação; Comunicação Social; e Eventos Legislativos.

Em 2009, os ganhos variaram entre R$2.125,85 (técnicos) e R$3.712,21 (analistas). Os valores finais já contavam com o auxílio-alimentação de R$ 927.

Prepare-se para concursos com a Folha Cursos

Folha Cursos

concurso Alesc teve a organização da Fepese. A seleção foi composta por provas objetivas e de títulos, sendo a última apenas para os analistas.

O primeiro exame contou com 50 questões. Para ser aprovado, era preciso ter nota igual ou superior a seis.

Dependendo da área, os candidatos tiveram que responder a perguntas de:

  • Língua Portuguesa;
  • Conhecimentos Gerais;
  • Noções de Direito; 
  • Estudos Sociais; e
  • Conhecimentos Específicos.

Quer receber novidades sobre concursos?

Cadastre-se para receber e-mails com asnotícias em destaque da semana, dicas de preparação, novidades da Folha Dirigidae muito mais!

Carregando...