Após suspeita de fraude, provas do concurso Alema são anuladas
Assembleia Legislativa do Maranhão decide anular provas objetivas do concurso Alema diante de denúncias de fraude. Entenda o caso!
21/06/2022 09:13 | Atualizado: 21/06/2022 13:27
21/06/2022 09:13 | Atualizado: 21/06/2022 13:27

Mediante denúncias de fraude e falta de segurança nas provas, a Assembleia Legislativa do Maranhão decidiu anular a primeira etapa do concurso Alema. O anúncio foi feito na segunda-feira, 20, pelo presidente da Casa, deputado Othelino Neto.

"Em razão dos registros e denúncias de falhas de execução, fiscalização e segurança na aplicação da prova objetiva, bem como pela correta interpretação sobre a LGPD, quando da divulgação do Resultado Preliminar, decidi anular a primeira etapa do Concurso da Assembleia Legislativa", disse o parlamentar em suas redes sociais

De acordo com Neto, o compromisso é "com a transparência e a absoluta lisura de todos e quaisquer atos de gestão do Poder Legislativo". 

O ato de anulação foi oficializado por meio da Resolução Administrativa 469/22, de autoria da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa, publicada no Diário Oficial.

A decisão considerou diversas reclamações de candidatos na Ouvidoria da Assembleia, no Ministério Público Estadual e na Defensoria Pública Estadual, apontando supostas falhas na execução da primeira etapa (provas objetivas), na organização e fiscalização do concurso.

A Mesa Diretora determinou que sejam realizadas novas provas e que sejam mantidas válidas todas as inscrições deferidas - independentemente do comparecimento no dia de realização das primeiras provas. 

Fachada da Assembleia Legislativa do Maranhão
Alema determina reaplicação das provas do concurso público
(Foto: Divulgação)

À Fundação Ceperj, banca organizadora do concurso Alema, foi determinado o cumprimento das obrigações contratuais pactuadas, consistente na realização de nova etapa de provas objetivas aos cargos disponibilizados no edital.

Entenda as suspeitas de fraude no concurso Alema

No dia 14 de junho, o deputado estadual, Yglésio Moyses, denunciou uma possível fraude no concurso para a Assembleia Legislativa do Maranhão (Alema). Em suas redes sociais, o ele informou que uma conhecida quadrilha de fraudadores de concursos públicos voltou a atuar no estado. 

Segundo Moyses, constavam na lista de aprovados, divulgada pela Fundação Ceperj: um genro de uma desembargadora, esposa de advogado de ‘alto coturno’ na cidade e irmão de ex-prefeita. 

Os mesmos nomes teriam sido beneficiados em concurso para a Prefeitura de Paço do Lumiar, no Maranhão. 

“A quadrilha que atuou em Paço do Lumiar parece que voltou a atacar. Nada como o tempo para mostrar quem realmente delinquiu àquela época. Aqui na Assembleia não ficarão sem resposta! Estou analisando nome a nome, foram as mesmas famílias e nomes beneficiados”, afirmou o parlamentar.

Conforme o deputado Yglésio Moyses, os responsáveis por fraudar o concurso de Paço de Lumiar também atuaram na seleção para a Assembleia Legislativa do Maranhão. 

“Frente a essas evidências robustas de interferência externa no certame, confio que a Mesa Diretora da Assembleia irá assegurar um processo justo e transparente, cancelando este concurso. Não podemos frustrar a esperança de milhares de pessoas que estudam, dedicam-se e acreditam na Assembleia Legislativa do Maranhão”, disse o deputado. 

Resultado das provas já tinha sido alvo de polêmica

O resultado preliminar das provas objetivas do concurso Alema já tinha gerado polêmica no final de maio. Diversos candidatos estranharam que a listagem trouxe somente os números de inscrição e não os nomes dos aprovados. 

Nas redes sociais, os inscritos argumentaram que não ter o nome dos aprovados nas listas é agir com falta de transparência. Eles também reclamaram que a publicação das notas ocorreu antes mesmo da análise dos recursos enviados. 

A Fundação Ceperj, banca organizadora do concurso, emitiu uma  nota oficial sobre o assunto  .

A instituição justificou que a divulgação apenas com os números de inscrição segue as políticas de proteção de dados pessoais da Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD).

De acordo com a banca, “a divulgação dos resultados do certame da forma que foi feita é o bastante para o candidato, que é o maior interessado em se identificar e conferir seu desempenho”.

Concurso Alema oferece mais de 60 vagas imediatas

Divulgado em dezembro de 2021, o edital do concurso Alema traz a oferta de 66 vagas imediatas para carreiras dos níveis médio e superior. As remunerações variam de R$3.320,62 a R$14.178,80.

A seguir, veja os cargos contemplados na seleção:

Consultor legislativo - R$14.178,80

  •  Direito Constitucional

Técnico de Gestão Administrativa - R$7.249,59

  • Administrador
  • Administrador de Recursos Humanos
  • Advogado
  • Analista de Sistemas
  • Analista de Suporte de Rede
  • Antropólogo
  • Arquiteto
  • Assistente Social
  • Biblioteconomista
  • Ciências Sociais (Sociólogo)
  • Contador
  • Controlador
  • Contador - Finanças Públicas
  • Dentista
  • Endodontista
  • Odontopediatra
  • Economista
  • Enfermeiro
  • Engenheiro Ambiental
  • Engenheiro Civil
  • Engenheiro de Segurança no Trabalho
  • Engenheiro Eletricista
  • Engenheiro Mecânico
  • Farmacêutico
  • Fisioterapeuta
  • Médico Cardiologista
  • Médico do Trabalho
  • Médico
  • Otorrinolaringologista
  • Médico Ginecologista
  • Médico Urologista
  • Pedagogo
  • Programador de Sistemas
  • Psicólogo
  • Químico
  • Técnico em Comunicação Social
  • Revisor (Letras)

Assistente Legislativo Administrativo - R$3.320,62

  • Criador e Desenvolvedor de Web e Plataformas Digitais
  • Agente Legislativo
  • Tradutor e Intérprete de Libras

O edital diz que ficará estabelecido o quantitativo de três vezes o número de vagas para fins de cadastro de reserva.

As provas do concurso Alema foram realizadas no dia 1º de maio. Para todos os cargos foi cobrada uma avaliação objetiva. Somente os inscritos para as carreiras de nível superior foram submetidos também a um exame discursivo. 

Dos 28.240 inscritos, 17.508 compareceram à etapa, conforme dados da coordenadora geral da seleção, Antônia Crispim. 

A seleção ainda terá as seguintes etapas:

  • Avaliação de títulos - apenas para o consultor legislativo;
  • Prova prática - apenas para o cargo de Tradutor e Intérprete de Libras.
Quer receber novidades sobre concursos?
Cadastre-se para receber e-mails com asnotícias em destaque da semana, dicas de preparação, novidades da Folha Dirigidae muito mais!
Newsletter
Receba notícias recomendadas para você!
É só se cadastrar e seguir concursos de seu interesse para receber notícias exclusivas direto na sua página inicial.
icon