Concurso ANTT: com 752 cargos vagos, órgão faz novo pedido de edital

Com mais de 700 cargos vagos, ANTT realiza novo pedido de concurso ao Ministério da Economia.

13/05/2020 09:44 | Atualizado: 14/05/2020 10:47

Por: Tamires Silva

13/05/2020 09:44 | Atualizado: 14/05/2020 10:47 - Por: Tamires Silva

Com mais 700 cargos vagos no seu quadro de pessoal efetivo, a Agência Nacional de Transportes Terrestres realizou um novo pedido de concurso público ao Ministério da Economia. A informação foi transmitida à reportagem da FOLHA DIRIGIDA nesta quarta-feira, 13.

O número de vagas solicitado para o concurso ANTT 2021 é o mesmo do pedido feito no ano passado, para preenchimento de 394 cargos, em carreiras de níveis médio e superior.

Enquanto o aval para a seleção não sai, o órgão já chega a 752 cargos desocupados. O que representa quase metade do quadro de pessoal efetivo.

Para abrir o concurso, a autarquia, assim como todos os outros órgãos do Poder Executivo Federal, precisa do aval do Ministério da Economia. Mesmo com a resistência demonstrada até agora pelo Governo em aprovar novas contratações efetivas, alguns órgãos já enviaram novos pedidos de concursos para 2021. Confira:

Concursos federais 2021: confira as vagas previstas em novos pedidos

O prazo para encaminhar esses pedidos termina no próximo dia 31 de maio. A Economia é a Pasta responsável por avaliar e conceder ou não o aval para estas seleções, de acordo com as prioridades e a disponibilidade orçamentária. 

ANTT quer concurso com vagas nos níveis médio e superior

As 394 vagas solicitadas ao Governo pela ANTT estão distribuídas entre carreiras de níveis médio e superior.

São 208 são para técnico em regulação de serviços de transportes terrestres e 87 para técnicos administrativos. Ambos os cargos exigem ensino médio completo. Os ganhos são de R$7.846,37 e R$7.474,67, respectivamente.

No nível superior o pedido contempla 63 oportunidades de especialista em regulação de serviços de transportes terrestres e 36 de analista administrativo. As remunerações são de R$15.516,12 e R$14.265,57, nessa ordem. 

Nível médio
Técnico em Regulação de Serviços de Transportes Terrestres 208 vagas
Técnico Administrativo 87 vagas
Nível superior
Especialista em Regulação de Serviços de Transportes Terrestres 63 vagas
Analista Administrativo 36 vagas
Total394 vagas

A agência reguladora tem sede no Distrito Federal, mas pode preencher vagas em outras unidades regionais nos estados Rio de Janeiro, Minas Gerais, São Paulo, Rio Grande do Sul, Ceará, Maranhão, Bahia, Pernambuco e Santa Catarina.

Concurso ANTT: tudo sobre o cargo de técnico em regulação

ANTT tem quase metade dos cargos vagos

Segundo informações transmitidas pela ANTT à FOLHA DIRIGIDA nesta quarta-feira, 13, o número de cargos vagos no órgão chegou a 752. Isso representa um déficit de cerca de 44% das vagas, quase metade. 

Dos 1.705 postos de trabalho que existem, somente 953 estão preenchidos. As maiores necessidades são nas carreiras de técnico e especialista em regulação, ambas com mais de 300 cargos vagos. Confira:

  • Especialista em Regulação - 323 cargos vagos
  • Técnico em Regulação - 327
  • Analista Administrativo  - 47
  • Técnico administrativo - 55

ANTT não tem concurso público em validade, já que o último foi realizado há cerca de sete anos. Deste modo, o déficit atual só poderá ser reduzido após a realização de um novo concurso público. 

ANTT
ANTT faz novo pedido de concurso com 394 vagas
(Foto: Divulgação/ ANTT)

Último concurso ANTT foi em 2013

Publicado em 2013, o último concurso para a ANTT ofereceu 135 vagas nos níveis médio e superior, os mesmos previstos no pedido enviado ao Ministério da Economia. 

Foram concorridas dez vagas de técnico administrativo, 45 de técnico em regulação, 17 de analista administrativo e 63 de especialista em regulação. 

A maior parte das vagas era para lotação em Brasília. Mas outros municípios como Boa Vista/RR, Rio Branco/AC e Porto Velho/RO também contaram com chances.

Sob organização do então chamado Cespe/UnB (hoje Cebraspe), os candidatos foram avaliados por meio de provas objetivas abrangendo Conhecimentos Básicos e Conhecimentos Específicos. 

Também foram aplicadas provas de redação; avaliação de títulos (para os cargos de nível superior) e curso de formação para especialista. Os exames foram aplicados em todas as cidades para as quais os candidatos concorreram.

Quer receber novidades sobre concursos?

Cadastre-se para receber e-mails com asnotícias em destaque da semana, dicas de preparação, novidades da Folha Dirigidae muito mais!

Carregando...