Notícias sobre CVM - 2020 - agente executivo, analista e inspetor

Pedido de concurso será reapresentado no próximo mês


A Comissão de Valores Mobiliários (CVM), autarquia federal com sede no Rio de Janeiro, informou à FOLHA DIRIGIDA que reapresentará ao Ministério da Fazenda, até o fim do mês que vem, o seu pedido de concurso, visando à sua realização no ano que vem. Com uma carência de 500 servidores, segundo o sindicato nacional da categoria (SindCVM), a autarquia pleiteia concurso para 89 vagas, 69 delas para agente executivo, de nível médio, com remuneração inicial de R$5.634,43. (...) #vaiterconcurso

Solicitadas 69 vagas apenas para o nível médio


O Ministério do Planejamento analisa pedido de concurso para a Comissão de Valores Mobiliários (CVM), autarquia vinculada ao Ministério da Fazenda, com sede no Rio de Janeiro. Foram solicitadas para a seleção 89 vagas, sendo 69 para agente executivo, de nível médio, com ganhos iniciais de R$5.549,43, e 20 para analista e inspetor, ambos de nível superior, com iniciais de R$15.376,70 (os valores já incluem o auxílio-alimentação, de R$373). (...)

Último concurso exigiu alto desempenho para aprovação


O concurso solicitado pelo Ministério da Fazenda para a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) terá entre os seus atrativos a oferta de vagas para agente executivo, cargo de nível médio, com remuneração inicial de R$5.549,43, além da tendência de maioria das vagas ser para a cidade do Rio de Janeiro, onde fica a sede da autarquia. (...)

Agente executivo: veja dicas para prova


 No último concurso realizado pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM), em 2010, foram recebidas 16.838 inscrições somente para agente executivo, cargo que exige o nível médio. E na próxima seleção, a concorrência promete também ser acirrada. Para ajudar os futuros candidatos, FOLHA DIRIGIDA traz dicas do professor Marcus Bittencourt, da Damásio Educacional, sobre Mercado de Valores Mobiliários e Sistema Financeiro Nacional. O especialista frisa o grau de dificuldade das provas aplicadas pela Esaf, organizadora. "As  provas costumam ser bem elaboradas, exploram bastante o conhecimento jurídico do candidato", afirma. 

Maioria das vagas pode ser destinada ao Rio


A Comissão de Valores Mobiliários (CVM), vinculada ao Ministério da Fazenda, conta com pedido em análise no Ministério do Planejamento para 89 vagas, sendo 69 apenas para agente executivo, cargo de nível médio, com ganhos iniciais de R$5.549,43. Tendo em vista a localização da sede da autarquia, no Rio de Janeiro, a oportunidade deverá ser especialmente atrativa para quem reside ou sonha morar na capital fluminense. No último concurso, em 2010, quase 90% das vagas de agente executivo foram para atuação no Rio. Das 50 chances oferecidas, 44 foram para a cidade olímpica. (...)

Especialista orienta estudos para próximo concurso


O anúncio do pedido de concurso da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) possibilita àqueles que se interessaram pela oportunidade iniciar antecipadamente a preparação. E o ideal é que o estudo seja bem orientado para que o tempo disponível até as provas seja bem aproveitado. Nesta edição, FOLHA DIRIGIDA traz as dicas do especialista Rodrigo Menezes, diretor do site Concurso Virtual.(...)

Novo concurso para 2º e 3º graus, com 89 vagas


Depois da Fundação Nacional de Saúde (Funasa) e do Ministério do Trabalho e Emprego anunciarem a previsão de novas seleções para 2016, agora foi a vez da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) afirmar que também programa a abertura de concurso. A autarquia encaminhou pedido de concurso para 89 vagas, das quais 69 apenas para agente executivo.(...)