Notícias sobre Correios - carteiro e operador de triagem

Sindicato fará denúncia ao MP por concurso suspenso


Segundo o diretor de Administração e Finanças do Sindicato dos Trabalhadores dos Correios de Campinas e Região (Sintect-CAS), José Ivaldo, a entidade prepara documentação para apresentar denúncia ao Ministério Público, pedindo a realização do concurso dos Correios, cuja suspensão foi anunciada no início deste mês. “Acredito que, até o início de novembro, a gente já apresente essa denúncia”, afirmou o sindicalista (...)

Falta de concurso fere acordo coletivo, diz sindicato


Na avaliação do diretor jurídico do Sindicato dos Trabalhadores na Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos do Rio de Janeiro (Sintect-RJ), Marcos Sant’aguida, a falta de concurso público para os Correios fere o acordo coletivo de trabalho assinado entre a empresa e a categoria. A estatal suspendeu temporariamente a seleção prevista para cerca de 2 mil vagas de carteiro e operador de triagem e transbordo (ambos de nível médio), em razão de orientação de departamento do Ministério do Planejamento responsável pela gestão das estatais (...)

Concurso para 2 mil vagas é suspenso


Aguardado há quase dois anos e anunciado reiteradamente pela estatal, os Correios anunciaram a suspensão temporária do concurso para cerca de 2 mil vagas de carteiro e operador de triagem e transbordo (cargos de nível médio), que seria aberto ainda em 2015 (...)

Com acordo aprovado, cresce a expectativa por concurso


Após assembleias realizadas no último dia 28, a maior parte dos sindicatos dos trabalhadores dos Correios aprovou a proposta de acordo coletivo de trabalho elaborada pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST). Além de colocar fim à greve da categoria, a aprovação faz aumentar a expectativa em torno do novo concurso da estatal, que é uma das reivindicações (...) 

Acordo poderá acelerar abertura de concurso


Na última segunda-feira, dia 28, sindicatos dos trabalhadores dos Correios, que estão em greve em várias partes do país, realizaram assembleias para a votação da proposta de acordo coletivo elaborada pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST), que faz a mediação as negociações entre a empresa e a categoria. Pela proposta, os ganhos iniciais passariam para pelo menos R$2.792,46 para carteiro e R$2.455,96 para operador. (...) #vaiterconcurso

Edital pode sair somente após acordo coletivo


Passado quase um mês da previsão inicial de publicação do edital do novo concurso, os Correios ainda não divulgaram uma nova data provável de abertura da seleção. E uma suposta explicação para isso está na negociação do acordo coletivo de trabalho dos funcionários da empresa. Segundo o presidente da Federação Interestadual dos Trabalhadores dos Correios (Findect), José Aparecido Gandara, entre as propostas apresentadas pela estatal está uma alteração no plano de saúde dos funcionários, que deixaria de ser por coparticipação para passar a ser por mensalidade, o que tem sido rejeitado pela maior parte da categoria. (...) #vaiterconcurso

Reajuste tornará concurso ainda mais atraente


Uma das grandes oportunidades previstas para 2015, o concurso dos Correios deverá se tornar em breve ainda mais atraente. Isso porque está em negociação o reajuste da remuneração dos trabalhadores da empresa. Conforme divulgou a estatal, está na mesa de negociação uma proposta elaborada pelo vice-presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST), ministro Ives Granda, que consiste em um reajuste linear de R$200, o equivalente a 15% de aumento no salário inicial. #vaiterconcurso

Suspensão não afeta concurso da empresa. Edital depende de organizadora


A divulgação do edital do concurso dos Correios prossegue dependendo da definição da instituição que ficará responsável por conduzir a seleção. De acordo com empresa, após a escolha, que está sendo finalizada, será possível precisar a data de divulgação do documento (que já está pronto), inicialmente prevista para até o fim de agosto. A princípio, estatais como Correios e Banco do Brasil não serão atingidas pela suspensão de concursos anunciada ontem (dia 11) pelo governo federal, uma vez que possuem orçamentos próprios. Entretanto, o Ministério do Planejamento, nas próximas horas, e a própria empresa ainda irão se posicionar oficialmente sobre o assunto. 

Federação segue cobrando abertura de concurso para empresa


Com previsão inicial de publicar o edital do concurso para carteiro e operador de triagem e transbordo (ambos de nível médio) até o fim de agosto, os Correios não apenas deixaram de confirmar o cronograma, como não deram nova previsão de liberação do documento. Em consequência, a abertura da seleção foi mantida na pauta de reivindicações dos funcionários da estatal. (...)