fbpx

Como estudar para concurso pelo Vade Mecum?

Você sabe quando estudar para concurso pelo Vade Mecum? Uma dúvida de muitos estudantes é não saber por onde estudar para concurso, principalmente quem está começando.

Livros ou PDFs? Devo estudar apenas através de questões de provas anteriores? E as videoaulas?

Para quem se preparando para um concurso da a área Jurídica ou tem alguma formação na área de Direito, a equação tem mais um fator: e o Vade Mecum?

Devo estudar por ele ou serve apenas para quem vai fazer o Exame da OAB?

A advogada, que hoje é técnica judiciária do TJ-RJ, e dona do perfil @corujinha_juridica, Dayana Sales, respondeu essa e outras dúvidas. Confira!

Uma dúvida de muitos estudantes é não saber por onde estudar para concurso, principalmente quem está começando

Uma dúvida de muitos estudantes é não saber por onde estudar para concurso, principalmente quem está começando (Foto: Freepik)

O que é o Vade Mecum?

Dayana Sales explica que a palavra tem origem em uma expressão latina, que significa algo como “vamos juntos”, “vai comigo” ou “vem comigo”.

Vade pode ser “vamos”, “vai” ou “vem” em português, enquanto mecum é o “comigo” ou “juntos”.

Quando se trata de Direito, o Vade Mecum refere-se a um compilado – ou conjunto – das obras básicas para serem consultadas com facilidade.

Ele pode ser genérico, com o texto da Constituição vigente, os códigos e as leis gerais, ou especializado e reunir a legislação de uma determinada área do Direito.

Alguns exemplos são o Vade Mecum trabalhista ou previdenciário, o Vade Mecum de licitações e contratos ou para concursos desta área.

Quem deve estudar pelo Vade Mecum?

Dayana Sales explica que não são todos os concursos exigem que o candidato estude pelo Vade Mecum.

É indicado que candidatos a concursos para carreiras Jurídicas, além de estudantes de Direito próximos de fazer o Exame da Ordem, estudem pelo Vade Mecum.

Aqueles concursos de nível médio (técnico) para tribunais não vejo necessidade, uma vez que a legislação que é solicitada no edital é possível baixar do site do Planalto ou do próprio tribunal, afirma Dayana Sales.

Por que estudar pelo Vade Mecum?

A advogada explica que é importante estudar pelo Vade Mecum para ter familiaridade com as legislações pedidas no concurso. Afinal, está tudo ali.

O Vade Mecum facilita muito os estudos. Ainda assim, nada impede que o futuro servidor junte as legislações e códigos do site do Planalto.

Outra dica que Dayana Sales dá é consultar o site da Câmara dos Deputados e do Senado Federal, onde é possível baixar e-books de códigos e leis. A servidora pública garante que vale a pena conferir!

O Vade Mecum só serve para quem vai fazer a OAB? 

Isso é um mito. O Vade Mecum não serve apenas para quem está estudando para o Exame da Ordem.

É válido para qualquer pessoa que esteja na preparação para um concurso, em que a legislação esteja no edital, ter um Vade Mecum para consulta.

Para quais concursos estudar pelo Vade Mecum?

Além da OAB, Dayana Sales recomenda usar o Vade Mecum nos estudos para concursos de:

Concursos Vade Mecum

Quando usar o Vade Mecum nos estudos?

Mantenha o Vade aberto durante o estudo por questões. Isso fará com que o candidato, na medida em que resolver os exercícios, consiga marcar o artigo que mais cai nas provas.

“É uma forma de mapear seu Vade e estudar aqueles artigos que são mais cobrados”, explica.

Como fazer marcações no Vade Mecum?

A advogada indica que o futuro servidor faça as suas marcações enquanto estuda por questões, no próprio dia a dia mesmo.

Para isso, Dayana Sales recomenda que mantenha o Vade Mecum aberto e vá marcando com canetas coloridas ou bolinhas os artigos que caem nas provas.

Isso com certeza vai ajudar no mapeamento dos artigos mais importantes em meio a tanto.

Dicas para estudar pelo Vade Mecum

Reforçando, a principal dica é sempre estudar com ele aberto, principalmente ao resolver questões online ou em um livro de questões.

“Ao estudar a teoria em um livro ou em um PDF,  é sempre bom ler os artigos citados nos seus materiais, para que você crie uma memória fotográfica e memorize os principais dispositivos legais”, também explica.

Você já usa o Vade Mecum nos seus estudos? Fique de olho no Blog da Folha Dirigida para mais dicas de como se sair bem nos seus estudos para concurso!

Assinatura Folha Dirigida

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *