fbpx

Como traçar metas de estudo para concurso?

Segundo o dicionário, a palavra “meta” significa objetivo ou finalidade. Logo, quando pensamos em traçar metas de estudo para concurso, estamos falando sobre se organizar em prol de um destino final: a aprovação.

Existem aspectos fundamentais que contribuirão para a organização ao criar suas metas de estudos.

Segundo o psicanalista Marcelino Viana, ter uma rotina proveitosa em função disso é o primeiro passo, que deve ser baseada em sua história de vida, tempo disponível e organização diária e semanal.

Por onde começar, então?

Existem aspectos gerais e fundamentais que contribuirão para a sua organização na criação de suas metas de estudos

Existem aspectos fundamentais que contribuirão para a organização ao criar suas metas de estudos (Foto: Freepik)

Informando-se sobre o concurso

O primeiro passo é analisar a sua área de concurso, entendê-la bem e definir qual o seu processo para trabalhar na construção de suas metas.

A partir de agora, deve ser feita uma análise mais técnica: verifique quais as bancas definidas para o concurso, suas características e estilo de prova.

Com a análise pronta, você pode se organizar e trabalhar em algo muito importante e que poucas pessoas se preocupam: o tempo de aprovação para o concurso.

É interessante saber o tempo médio que uma pessoa levou até ser aprovada. Para isso, a orientação é coletar dados.

Aproxime-se de pessoas com o mesmo objetivo que o seu

Aproxime-se de pessoas que também estão estudando para o mesmo concurso e até mesmo daquelas que já foram aprovadas. Busque informações.

Um detalhe importante na hora de estabelecer suas metas de estudo é saber que, em geral, um candidato leva em torno de dois anos para ser aprovado, segundo Marcelino Viana.

Por isso, é bom estar sempre atento às previsões de editais e provas. A rotina de estudos precisa estar adaptada de acordo com as informações que são obtidas sobre o concurso.

Crie metas de curto prazo

Também é interessante considerar, além da compreensão da matéria, as revisões em seu ciclo de estudos para concurso.

Ao fazer o planejamento de sua meta de estudos, é importante olhar para si primeiro. Por mais que haja uma organização de metas, se não houver uma preparação interna, ficará difícil de cumprir com o objetivo traçado.

Se você já tem familiaridade com o concurso e suas matérias, é interessante ir testando e estabelecendo metas de curto prazo. Elas acelerarão seu processo de estudos.

A criação de referências de curto prazo contribuirão para que haja uma dedicação máxima. Mas, estas devem sempre respeitar os limites e histórico de coisas que podem ou não ser negociadas na sua rotina.

Estabelecendo uma meta de estudos

Falando em metas em um sentido mais relativo a sistema em si, o futuro servidor deverá adaptar a sua vida e sair de uma situação de procrastinação.

O primeiro passo para conseguir iniciar suas metas de estudo é fortalecer sua autoestima e motivação, pois são pontos fundamentais nesse momento de estudos e adaptação de novas ferramentas e rotina.

Fazer isso fortalecerá sua mente.

Meta tem a ver com organização e, uma das maiores dificuldades do estudante, é justamente se organizar de forma funcional. Essa organização deve começar a ser trabalhada internamente.

O erro é criar metas externas e não criar metas internas, não se apropriando disso como algo fundamental em sua vida, diz Marcelino Viana.

Organizando suas metas na rotina

A meta tem que ser observada no sentido de se ter um destino final. A partir disso, você cria subetapas, ou seja, pequenas metas que serão percorridas de forma que haja um impulsionamento que o leve ao que deseja.

O estudante deve ter sua meta em mente sempre. Uma forma de torná-la alcançável é materializando o seu destino final.

Use verbos que levem você ao seu objetivo, como:

  • Estar
  • Tornar
  • Ser aprovado
  • Ser reconhecido
  • Tomar posse

Um dos principais motivos pelos quais muitas vezes o candidato cria metas e não consegue cumpri-las é que, ele as cria, organiza fisicamente, por meio de listas escritas e afins, mas se esquece de fazer um trabalho interno. Trabalhe sua mente!

O psicanalista Marcelino Viana explica que a organização das metas de estudos está diretamente ligada com a organização de subáreas ou subetapas que tenham a ver com o concurso que você deseja a aprovação.

O estilo de prova, o edital e as bancas escolhidas deverão ditar a rotina, os hábitos e meta de estudos.

Ao separar as subetapas, é preciso definir um plano de estudos.

Montando um ciclo diário de estudos

Dentro da rotina de estudos existem coisas que são possíveis de serem negociadas e outras que não. Por exemplo: o horário de trabalho, o percurso de casa para o trabalho e vice-versa.

O que pode ser negociado no seu cronograma são atividades como horário de almoço e de descanso, quando há a possibilidade de inserir uma ação diferente.

Perceba que isso fará surgir um hábito novo que poderá potencializar suas qualidades físicas e mentais para os estudos, explica Viana, que ainda indica que você se pergunte:

  • Qual é o meu horário mais privilegiado?
  • Em qual horário, o meu pico de produtividade está ótimo?
  • O horário do meu pico de produtividade é negociável para eu focar nos meus estudos?

Se as respostas às perguntas anteriores forem positivas, excelente! Pegue esses horários e foque em seus estudos.

Pense em bons hábitos para iniciar o dia. Essa sempre será a sua primeira meta, aconselha Marcelino Viana.

A criação de uma lista de atividades ajudará você a ter um dia melhor e mais produtivo.

Criando a sua meta de estudos em 3 passos

É importante estabelecer metas que sejam possíveis de serem cumpridas. Uma média de três horas de estudos por dia é interessante.

Crie sua meta de estudos de forma que a sua preparação em, pelo menos, quatro meses tenha cumprido pequenas metas e revisões pontuais. Isso aumentará o seu nível de retenção.

Os dois meses seguintes serão para execução de revisão pelo método que lhe seja mais adequado.

Segundo o psicanalista, uma pessoa que mantém o foco e trabalha as oscilações no percurso é capaz até mesmo de conseguir uma aprovação antecipada, em torno de um ano e meio, dependendo do concurso.

Resumindo, o futuro servidor precisa:

  1. Conhecer a si, seus hábitos e sua rotina.
  2. Entender o seu concurso, a banca e o tempo médio de aprovação.
  3. Inserir isso em sua rotina, estabelecendo a si como pilar, as matérias, o período de estudos e o destino final: a aprovação.

Tendo objetivos específicos e pleno conhecimento sobre o edital e prova do concurso, a meta de ser aprovado em pouco tempo fica mais real. Que tal estabelecer sua rotina de estudos hoje mesmo?

Acompanhe o Treine sua Mente no canal da Folha Dirigida!

Você pode gostar...

2 Resultados

  1. Folha Dirigida disse:

    Olá, Josean. Tudo bem? Que bom que gostou do conteúdo! 😍😍😍 Caso tenha alguma sugestão do seu interesse, pode entrar em contato conosco também! Abraços, Blog Folha Dirigida!

  2. Josean costa disse:

    Muito bom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *