fbpx

O que fazer quando falta tempo para estudar para concursos?

É assim que vivemos nossos dias: sem tempo, irmão. Ou é o que pensamos acontecer. Mas o que fazer quando falta tempo para estudar para concursos?

É que, no mundo dos concursos, a coisa piora. Você até quer estudar, mas não consegue arrumar tempo na sua agenda.

São muitos afazeres – “deixa eu dar só uma olhadinha no Instagram” – e poucos são os minutos que sobram para o projeto mais importante da sua vida – “nossa, que vídeo engraçado!”

falta de tempo para estudar para concurso

É assim que vivemos nossos dias: sem tempo, irmão. Ou é o que pensamos acontecer (Foto: Freepik)

A grande vilã dos estudos para concurso

Tudo bem, você assistiu a uma live na qual foi ensinado a dividir o seu dia em 24 blocos de 30 minutos – “cara, esse perfil aqui é muito bom”.

Você abre sua agenda no celular e vai conferir os compromissos da sua semana, para tentar “cavar” algumas horas líquidas, reunindo esses blocos. Rearranja atividades, desmarca o que não é urgente e – “eita, Simone e Simaria brigaram” – prepara seu cronograma de estudos.

A grande verdade é que você nem percebe, mas está com um hábito muito ruim: a olhadinha nas redes sociais. Trata-se de uma ladra de tempo. Os blocos de 30 minutos do seu dia são – “gente do céu, não acredito que o Luva de Pedreiro foi enganado pelo próprio empresário. Tadinho!” – engolidos por esse hábito.

E o cronograma de estudos?

Quando você menos espera, já é noite e o seu cronograma se foi.

Não se engane! Ninguém está completamente livre desse mal. Afinal, queremos as notícias mais quentinhas sobre os concursos de nosso interesse e somos todos #folhadirigida – “minha nossa, autorizaram o INSS”.

Mas vamos à pergunta que não quer calar: quanto tempo as redes sociais consomem do seu dia?

Segundo um levantamento da agência de marketing digital Sortlist, feito no início de 2022, o brasileiro fica, em média, 3 horas e 42 minutos por dia nas mídias sociais (Instagram, Twitter, TikTok, Facebook, YouTube, etc.). São sete blocos inteiros de 30 minutos. Sete!

Eu não estou aqui querendo que você jogue o seu celular ou tablet pela janela para começar a ter tempo. Porém precisamos fazer uma reflexão sobre o controle e uso dessas redes.

É possível e nada incomum, inclusive, utilizarmos as redes para estudar, aprender com dicas de professores e, claro, manter as notícias em dia, especialmente sobre o edital de interesse. Só não pode – “não acredito que saiu mais um edital para Sefaz” – exagerar, afinal você pode nem estudar para a área fiscal.

Dicas para lidar com falta tempo para estudar para concursos

Aqui vão algumas dicas práticas para reduzir essa sensação de falta de tempo ao longo do dia e aumentar suas horas líquidas de estudo:

  1. Ao acordar, não utilize telas (celular, tablet ou computador) nos primeiros 30 minutos
  2. Desative todas as notificações possíveis
  3. Ao sentar para estudar, deixe seu celular no modo “não perturbe” e fora do seu alcance direto
  4. Nas redes sociais, faça um limpa dos perfis que segue (você não faz ideia do quão libertador é)
  5. Nas últimas duas horas do dia, evite ao máximo o uso das telas

Imagine só: se você conseguir liberar duas horas do seu dia, fará o que 90% dos concursando não faz. Se conseguir substituir o tempo médio de uso das redes pelo estudo efetivo, concentrado, estará no 1% que briga pela aprovação em muito menos tempo do que você imagina.

Então eu pergunto: tem tempo, irmão?

Bons estudos!

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *