fbpx

Como manter a rotina de estudos para concurso em casa?

Compartilhe o conteúdo

Se antes da quarentena já era um hábito comum para os futuros servidores estudar em casa, agora virou uma parte do cotidiano que veio para ficar. Mas como manter a rotina de estudos para concurso em casa com eficiência?

Por mais que algumas pessoas considerem isso normal, outras não estão acostumadas e têm alguns problemas como não conseguir encontrar uma técnica que se encaixe, falta de foco, problemas de concentração, etc.

Por isso, conversamos com cinco influenciadoras que já têm como um hábito da rotina estudar em casa: Taís Militão do @noritmoconcurseiro, Camilla Passos, do @concurseiradorio, Karina Adami, do @concursandanostribunais, Mariane Merch do @aconcurseiramari e Fernanda Faria, do @newjudge_.

Elas explicaram como fazem e deram dicas para quem está começando, tendo dificuldades ou quer rotina de estudos para concurso em casa.

Se antes da quarentena já era um hábito comum para os futuros servidores estudar em casa, agora virou uma parte do cotidiano que veio para ficar

Se antes da quarentena já era um hábito comum para os futuros servidores estudar em casa, agora virou uma parte do cotidiano que veio para ficar (Foto: Freepik)

Como começar a estudar em casa?

As cinco criadoras de conteúdo têm apoio de algum curso em sua rotina de estudos para concurso em casa. Para Fernanda Faria, o auxílio termina aí, já que ela mesma monta sua rotina, seu cronograma, vê o plano de aulas e como vai incluí-las de acordo com a sua disponibilidade.

No que diz respeito ao estudo para concursos, Taís Militão sentiu muita diferença em relação ao ritmo da faculdade de Direito, na qual se formou.

Nesse início, o que a ajudou foi o auxílio de uma coach para um maior direcionamento. Atualmente, ela estuda sozinha, usando apenas aulas online.

Além de estudar em casa, Karina Adami também está trabalhando de home office desde o início da pandemia, em março.

Por isso, ela alerta sobre a necessidade de ter disciplina para evitar possíveis distrações do ambiente doméstico, especialmente para quem, como ela, mora com os pais que precisam a interromper, às vezes.

Como estudar por conta própria?

Estudar por conta própria não é uma tarefa fácil, mas a criadora de conteúdo Fernanda Faria tem incluído pequenas ações na sua rotina que a ajudam. São elas:

  • Dormir cedo.
  • Ter horário para acordar todos os dias.
  • Consumir alimentos mais saudáveis.
  • Colocar uma música mais calma na hora dos estudos.
  • Anotar todos os compromissos no início da semana.
  • Verificar antes de dormir como será o dia seguinte.

“Assim, posso alterar meu cronograma de estudos caso precise e não fico frustrada com mudanças na rotina, apenas faço adaptações”, explica Fernanda, sobre estar sempre verificando seus compromissos da semana e para o dia seguinte.

Um hábito que ajuda muito Taís Militão é fazer seus próprios resumos a mão e sempre realizar revisões.

“A repetição é um hábito que funciona muito comigo. Quanto mais estudo um assunto, mais consigo fixá-lo na cabeça”, justifica.

Taís Militão também tem um espaço específico para estudar em casa, mas variar o ambiente ajuda, às vezes. Estudar em bibliotecas, por exemplo, a deixa mais animada, pois ela se sente motivada ao ver outras pessoas estudando ao seu redor.

Já Karina Adami tem o seu cantinho de estudos desde a faculdade. Uma dica que ela dá é sempre o deixar organizado no dia anterior para, no na hora de estudar, já ter tudo pronto.

Dicas para melhorar os estudos

Como manter a concentração e a rotina de estudos em casa?

Manter a concentração tem sido especialmente difícil no período de pandemia por conta do aumento da ansiedade e do estresse.

Taís Militão tem tentado dar o seu melhor a cada dia, mas reconhece que, em alguns momentos, é preciso reduzir um pouco o horário.

Uma coisa que a tem ajudado é estabelecer horários fixos para começar a estudar. Ter o momento de estudo bem definido também a ajuda a não se render à procrastinação.

Camilla Passos aconselha o mesmo: é essencial, apesar das adversidades do momento, manter a constância, ainda que você esteja em um dia que não renda tanto. Faça menos, mas faça.

Especialmente esse ano tem sido muito difícil. Nesse cenário de incertezas, vi muitos colegas desanimados e pensando em desistir dos concursos. Mas penso que se é mesmo concurso público que você quer, não desista, aconselha também Karina Adami.

Karina Adami recomenda ter horário fixo para partes do dia como:

  • Trabalho
  • Estudo
  • Cuidados da casa

Fernanda Faria faz coro às colegas: “Nessa época de pandemia, em que as dificuldades parecem ainda maiores, é importante cuidar da saúde física, mas também se lembrar da saúde mental”. Músicas mais calmas e sem letra, por exemplo, também ajudam a manter a concentração.

Já para Mariane Merch, fazer blocos de estudo com intervalos para manter a atenção tem funcionado muito bem.

Técnicas para estudar em casa

Essa independência de estudar em casa também ajuda Camilla Passos a estar sempre diversificando seus métodos. Tem épocas que ela gosta de assistir mais videoaulas, por exemplo.

Quando está passando por um assunto mais complexo ou que tem maior grau de dificuldade, a explicação de um professor também ajuda bastante. Em outras, está mais focada na leitura de PDFs.

Camilla recomenda, para quem não tem condições financeiras de comprar esse tipo de material, recorrer a vídeos na internet.

“Quando eu comecei estudar para concurso, em 2014, não tinha a gama de materiais que hoje tem. Hoje em dia é bem mais acessível”, diz a influenciadora.

Mas ela reforça: principalmente para quem estuda por conta própria, também é essencial saber separar horários para lazer e descanso.

Tenha um estudo mais ativo

Além disso, usar técnicas de estudo ativas também é muito importante, já que técnicas passivas são mais cansativas e desmotivadoras.

Na hora de estudar a lei seca, por exemplo, ela recomenda grifar as partes mais importantes, visto que a leitura sozinha não exige tanta ação do estudante.

Mariane Merch, assim como Camilla Passos, também diversifica bastante entre os métodos que utiliza, mas algo que a ajuda bastante é utilizar o Método Pomodoro.

“Quatro blocos de 25 minutos de estudo com intervalos de cinco minutos entre eles para descanso, totalizando um Pomodoro. Após um Pomodoro, um descanso maior de 15 a 20 minutos”, explica sobre como utiliza o Método.

Quando se sente desmotivada, Taís Militão costuma desabafar com os pais e o namorado. Compartilhar a rotina no Instagram também a ajuda muito, pois ela consegue trocar apoio e conhecimento com seus seguidores.

Uma coisa que Taís, Camilla e Fernanda aconselham é fazer resumos para utilizá-los na revisão, assim como a resolução de questões.

Fernanda Faria destaca que a prática por exercícios é essencial e também funciona como uma excelente forma de revisar e de conhecer como funciona a banca.

Quer um apoio para montar seu planejamento de estudos? Conheça o Smart Planner!

Smart Planner da Folha Dirigida

Dicas para quem está estudando em casa

Algumas dicas que as influenciadoras dão para estudar e manter a motivação são:

  • Ter um cronograma de acordo com sua rotina e ritmo de estudo.
  • Cronometrar o tempo de estudo para maior controle dos momentos de descanso e evitar a procrastinação.
  • Uso de aplicativos.
  • Não ficar se comparando com outras pessoas.
  • Manter a constância.
  • Ler os conteúdos grifando e fazendo anotações.
  • Pensar no porquê você está estudando.
  • Ter um cantinho de estudos em casa e o manter organizado para o dia seguinte.
  • Ter disciplina e comprometimento.

Apesar das dificuldades e do momento complicado, todas elas concordam: não desista, pois a recompensa virá!

Gostou das dicas? Acompanhe o Blog da Folha Dirigida para mais conselhos de como fazer seus estudos renderem!

Rotina em casa

 


Compartilhe o conteúdo

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *