fbpx

Regras de ouro para a redação do Cebraspe

A antiga banca Cespe/UnB, costuma ser o terror de muitos candidatos a concursos públicos. As provas costumam ter questões de Certo ou Errado e a cada questão errada, uma certa é anulada. Mas e a redação do Cebraspe?

Para alguns cargos ainda há a prova discursiva. Não precisa se preocupar, futuro servidor, que nós preparamos para você um guia especial para fazer a redação do Cebraspe.

As dicas são da professora Vivian Barros, especialista em redação para concursos públicos, que compartilha dicas no Gabaritando Provas Discursivas da Folha Dirigida.

Por que o Cebraspe é tão importante?

Muitos concursos grandes são organizados pela banca. Um exemplo mais recente é o concurso da Polícia Federal 2021.

Lembrando que o Cebraspe foi também responsável por grandes concursos, como o último da PF, Polícia Rodoviária Federal e MPU.

Como funciona a redação do Cebraspe

A professora Vivian Barros explica que a redação do Cebraspe tem uma estrutura de prova discursiva o mais objetiva possível. A banca costuma apresentar a redação a partir de um texto motivador.

A redação do Cebraspe é dividida, segundo a professora, em:

– Texto motivador para inspirar o seu texto;
– Tema, que representa o que o examinador busca encontrar no seu texto;
– Itens, os tópicos para você abordar e que serão responsáveis pela sua pontuação.

A professora Vivian fala em vídeo especial como o Cebraspe corrige as provas discursivas e como fazer a redação.

Confira, a seguir, algumas regrinhas para seguir e ir bem na prova.

Como fazer a redação do Cebraspe

A estrutura da discursiva no Cebraspe é o mais objetiva possível, segundo a professora Vivian Barros (Imagem: Unsplash)

Regras de ouro para fazer a redação do Cebraspe

REGRA 1

Não fazer cópia dos trechos do texto motivador no seu texto. Como a professora explicou, a leitura de apoio é apenas para te inspirar.

Apenas cite algum trecho se esse for o comando da prova discursiva. Caso contrário, se não foi pedido, não cite.

REGRA 2

A banca costuma apresentar o tema geral e comandos específicos por itens. Essa topicalização deve ser seguida rigorosamente, na ordem proposta pela banca.

Ou seja, são os tópicos que devem ser abordados essencialmente em seu texto.

REGRA 3

O Cebraspe vai privilegiar o texto dissertativo expositivo e não o dissertativo argumentativo, em que você deve defender uma tese.

O dissertativo expositivo é um texto objetivo, em que o candidato deve demonstrar claramente o que o examinador pede, mostrando domínio do assunto.

Não use argumentos para convencer da sua tese, pois esse é outro modelo de texto.

REGRA 4

Observe que a estrutura da discursiva do Cebraspe é flexível, ou seja, não segue o padrão de uma redação: introdução, desenvolvimento e conclusão.

O que não pode faltar são os tópicos, mencionados na ordem em que a banca os apresenta.

REGRA 5

Invista no conteúdo, mantendo o aspecto formal do texto. É preciso respeitar as margens da folha de resposta. Cuidado também com as rasuras.

A professora sugere que os candidatos marquem o erro com um traço sutil sobre a palavra e não marcar um grande X ou rabiscar.

REGRA 6

Nunca dar título a redação, a não ser que a banca explicitamente oriente isso ou quando o comando vier no edital do concurso. Caso contrário, não dê título ao texto.

> 15 erros ao estudar para concurso público

REGRA 7

Mantenha-se atualizado e leia bastante. O Cebraspe gosta de cobrar temas atuais em suas provas discursivas.

REGRA 8

Evite estrangeirismo, palavras inadequadas ou metáforas, para você ter mais chances de receber a pontuação máxima no item de avaliação macroestrutural chamado Propriedade Vocabular.

REGRA 9

O Cebraspe costuma disponibilizar os padrões de resposta de provas discursivas passadas. Segundo Vivian Barros, são ótimas fontes de estudo para a sua discursiva.

> GUIA COMPLETO: Como fazer redação para concurso?

Critérios avaliados na redação do Cebraspe

A avaliação de uma redação pelo Cebraspe se divide em duas grandes áreas: macro e microestruturais.

A área macroestrutural é subdividida em dois aspectos que os candidatos devem observar:

1. Apresentação na redação do Cebraspe

A banca espera que o candidato desenvolva o texto com legibilidade, respeito às margens e à estrutura textual.

Segundo a professora, quando o examinador fala em legibilidade, ele não quer a melhor caligrafia, mas um texto compreensível, fácil de ler.

Quanto às margens, você deve mostrar que sabe as regras de parágrafo. E como fazer isso? Mantendo uma distância sensata em relação à margem do texto ao iniciar cada novo parágrafo.

Já a estrutura textual refere-se aos tópicos que o examinador propõe e espera que o candidato desenvolva-os.

É a organização das ideias em um texto estruturado e você não pode quebrar a ordem dos tópicos propostos. Essa é a estrutura que deve seguir no seu texto.

Dicas para fazer uma boa redação em concursos

2. Desenvolvimento do tema na redação do Cebraspe

É o desenvolvimento do conteúdo e é deste aspecto que sai a maior parte da sua nota. Dessa forma, o candidato deve ter em mente que o aspecto macroestrutural é essencial e o conteúdo é muito importante.

Sobre os aspectos microestruturais, um exemplo de erro que, segundo Vivian Barros, pega muitos candidatos nas discursivas do Cebraspe é o emprego da vírgula.

“Emprego da vírgula é um vilão” – Vivian Barros

Esse erro está relacionado à morfossintaxe e muito candidato derrapa nesse aspecto. Como resultado, pode render muitos pontos perdidos. Por isso, muita atenção aos três aspectos microestruturais:

1. Ortografia
2. Morfossintaxe
3. Propriedade vocabular

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *