fbpx

O que é e como funciona o programa de trainee?

Você sabe o que é o programa de trainee? Pois saiba que ele pode ser muito importante para o começo da sua carreira.

A formatura na universidade é um momento extremamente significativo na vida do estudante. Academicamente falando, é quando ele está pronto para o mercado de trabalho.

Apesar disso, ter se formado não significa ser sentir seguro e preparado para se aventurar no primeiro emprego. Pelo contrário.

Por isso, muitas empresas desenvolvem o que é chamado de programa Trainee, voltado para pessoas que se formaram há pouco tempo e têm pouca (ou nenhuma) experiência profissional.

Quer saber mais sobre?

Ter se formado não significa ser sentir seguro  e preparado para se aventurar no primeiro emprego

Ter se formado não significa ser sentir seguro  e preparado para se aventurar no primeiro emprego (Foto: Freepik)

O que é o programa de trainee?

Segundo Ligia Oliveira, account manager e employer brand hacker da Cia de Talentos, essas vagas são para pessoas que valorizam muito o desenvolvimento da prática e dia a dia das organizações.

Bem como a exposição a projetos que contribuem diretamente nos resultados de um negócio e almejam posições de liderança.

É um programa com o objetivo de potencializar o desenvolvimento de novos líderes dentro das empresas, com foco no público de recém-formados, sem experiência profissional.

Diferentemente de programas de Jovens Profissionais, por exemplo, que priorizam um tempo maior de formação (de três até seis anos) e experiência prévia.

Está procurando uma vaga de Trainee? Confira na Folha Dirigida!

Qual é o perfil de um trainee?

Geralmente, são elegíveis aos cargos de trainee candidatos recém-formados ou com até dois ou três anos da conclusão do curso superior.

Em alguns casos, as empresas contratantes estabelecem como pré-requisitos conhecimentos em Inglês e experiências extracurriculares, como trabalho voluntário ou em organizações estudantis.

Há também empresas que apenas definem como pré-requisito o ano de conclusão do curso e mais nada. Estas empresas têm valorizado a diversidade em seus programas de entrada muito mais do que os requisitos técnicos, além do potencial candidato, destaca Ligia Oliveira.

Quais as habilidades procuradas em um trainee?

Liga Oliveira afirma que um dos principais pontos que chamam a atenção na hora de selecionar um trainee é a atitude dos candidatos.

Além disso, o comportamento também é algo levado em consideração pelos recrutadores.

Isso acontece porque, como não é exigida experiência profissional para esse público, é levado mais em consideração o perfil do trainee, ou seja, suas soft skills.

Segundo a account manager e employer brand hacker da Cia de Talentos, é esperado que um trainee tenha competências como:

  • Learning Agility
  • Boa Comunicação
  • Consistência
  • Adaptabilidade
  • Resiliência
  • Capacidade Analítica/Estratégica

Perfil de um Trainee

O que um trainee precisa ter?

Ligia Oliveira alerta que não existe uma receita infalível para se tornar um trainee. Vale muito mais o exercício e reflexão sobre o que o candidato quer e espera de sua carreira nos próximos anos.

O trainee deve ser capaz de conectar suas vivências e aprendizados anteriores às suas habilidades, trazendo transformação e agregando ao contexto em que está inserido.

Em resumo, mais do que ter as competências esperadas, é preciso que você saiba quando e como usá-las, somadas a uma boa leitura de cenário.

Quanto ganha um trainee?

De acordo a especialista da Cia de Talentos, a média de remuneração é de R$ 5 mil à R$ 7 mil. Esse valor pode variar em função do segmento da empresa, área de atuação do trainee e momento econômico.

Além do salário, alguns dos benefícios de um Trainee costumam ser:

  • 13º salário
  • Assistência médica
  • Seguro de vida
  • Vale-refeição
  • Assistência odontológica
  • Participação nos lucros (oferecidos por cerca 90% das empresas)

Algumas organizações ainda oferecem um MBA in company, subsídio para estudos como pós-graduação e cursos de idiomas, programas ligados à qualidade de vida, alimentação saudável, academia e política home office.

Há empresas que estão disponibilizando também benefícios para autocuidado e apoio psicológico, uma tendência que tem crescido principalmente com a pandemia.

Benefícios de um Trainee

Como é o contrato de um trainee?

O contrato de trainee segue o regime CLT. A carga horária diária é de oito horas, respeitando todas as normas da legislação trabalhista.

Na maioria das vezes, os programas têm duração de até dois anos.

Como é o processo seletivo para uma vaga de trainee?

Para a account manager e employer brand hacker da Cia de Talentos, a seleção migrou para um modelo de seleção mais comportamental.

Isso significa dizer que as empresas estão olhando mais para o comportamento do que para a formação técnica do candidato em si.

Toda organização tem o seu próprio modelo de competências, ligado a sua cultura e estratégias.

A partir daí, busca-se candidatos cujo perfil indique pelo histórico acumulado maior probabilidade de desempenho satisfatório e principalmente alinhados com os objetivos da empresa.

Já fazemos diversos processos às cegas, em que não apresentamos para os clientes dados como idade, faculdade e curso, conta Ligia Oliveira, da Cia de Talentos.

Ela completa afirmando que, antigamente, os processos privilegiavam os candidatos de Exatas e faculdades consideradas de primeira linha.

Essa barreira está sendo eliminada e os processos estão cada vez mais valorizando diversidades em todas as esferas.

O que mudou nos processos seletivos de trainee?

Do ponto de vista metodológico, os processos estão mais digitais.

Os testes de resposta certas e erradas se transformaram em Assessments Gameficados, embasados em neurociência, competências socioemocionais, valores, cultura e lifestyle. Dessa forma, o processo seletivo se torna mais justo e inclusivo.

A Cia de Talentos, por exemplo, utiliza o Skyrise City, que mede habilidades cognitivas, e o Owiwi, responsável por medir competências.

Os testes baseados em psicometria e neurociência permitem avaliar competências em grande escala de candidatos a partir de metodologia científica.

Esse conjunto de expertises reduz os vieses inconscientes no processo de avaliação, ou seja, estereótipos que as pessoas mantêm sobre diferentes grupos a partir de situações vivenciadas ao longo da vida

O formato também proporciona uma experiência mais engajadora para o candidato, um feedback mais satisfatório e um formato mais atraente.

Como se preparar para o processo seletivo de trainee?

A especialista recomenda que os estudantes aproveitem oportunidades desde a faculdade ou em seu contexto pessoal, por exemplo:

  • Trabalhar com públicos diversos
  • Projetos de inovação
  • Organizações estudantis
  • Causas sociais

Ou seja, todas as iniciativas em que você percebe a oportunidade de aprimorar seus comportamentos e competências como protagonismo, agilidade de aprendizagem, gestão de projetos e mentalidade ágil.

Essas habilidades compõem um perfil desejável para trainee por parte das empresas que contratam.

Quais empresas contratam trainee?

Diversas empresas de portes e segmentos diferentes. Ligia Oliveira cita alguns exemplos:

  • Unilever
  • PepsiCo
  • Bunge
  • Porto Seguro
  • CCR
  • Nestlé
  • Itaú
  • NitroQuímica
  • Whirlpool
  • Delivery Center
  • Entre outras.

Agora que você já sabe como funciona o programa de trainee, já pensou em se tornar um? Acompanhe a editoria Folha + para ficar sabendo de diversas vagas em primeira mão!

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *