fbpx

Preparação para concursos: 5 passos para começar

Para quem está iniciando a preparação para concursos, um dos primeiros passos é procurar dicas antes começar a estudar.

Isso porque, ver a experiência de quem já passou por isso pode ajudar em algumas dificuldades iniciais. Apesar de, muitas vezes, aprendermos com nossos acertos e erros, ter acesso às melhores informações pode, até mesmo, acelerar o processo de aprovação.

Quando começou sua preparação, Luiza Velloso, que é formada em Administração e Design Gráfico, também teve diversas questões. Hoje, ela vê que com o conselho certo, seria um pouco mais fácil.

Depois de sua experiência no concurso do MP RJ, no qual aguarda uma chance de ser chamada no cadastro de reserva, Luiza já se prepara com menos dúvidas para o concurso de técnico judiciário do TJ RJ.

Justamente por isso, ela reuniu 5 dicas para começar a estudar para concurso que gostaria de ter ouvido quando iniciou a sua preparação. Confira!

5 passos da preparação para concursos

A seguir, confira as dicas da própria Luiza Velloso para você já iniciar sua preparação sanando algumas das dúvidas mais comuns entre os futuros servidores iniciantes.

1 – Escolha uma área

Não adianta querer estudar para a Receita Federal, para um concurso de Polícia e outros de Tribunais ao mesmo tempo, porque são matérias muito diferentes.

Por isso, tenha uma área em mente. Com isso, mire seus estudos nela.

No início da sua preparação, pode até existir a possibilidade de focar os estudos nas principais matérias que são cobradas em concurso. Mas, a longo prazo, essa decisão precisará ser tomada.

2 – Monte um planejamento

Aqui, não adianta seguir a intuição. É preciso analisar a quantidade de horas disponíveis que você tem para o estudo.

Também vale ressaltar que é melhor estudar entre uma ou duas horas do dia do que oito horas diárias sem constância.

Por isso, a importância de avaliar a quantidade de horas que você tem disponível. Depois desse passo, você deve montar um cronograma com base na sua própria rotina.

Sabe aquele dia que você emperra nos estudos e parece que nada mais faz sentido? Você lê e nada entra na cabeça? Saiba o que fazer quando travar na sua preparação para concursos.

3 – Tenha materiais de revisão sucintos

Na escola e na faculdade, fazemos resumos muito grandes, com o máximo de conteúdo possível. Mas para concursos públicos isso não funciona.

A quantidade de matéria é muito extensa. É uma matéria infinita para uma prova que pode acontecer daqui a meses, talvez anos, destaca Luiza Velloso. Por esse motivo é tão importante praticar com questões.

Assim, você perceberá quais são os conteúdos que mais caem e tirar dos seus resumos aquele pequeno excesso que ficou da primeira vez que você viu o conteúdo.

4 – Não negligencie o estudo da lei seca

A lei seca, como o próprio nome diz, é a legislação pura, sem nenhuma anotação.

Principalmente para cargos de ensino médio, como os de técnico, e em alguns concursos para analista, as bancas cobram um copia e cola da lei seca, com alguns termos ou percentuais alterados.

A ideia é justamente avaliar se o candidato está por dentro da legislação. Portanto, tenha a lei seca na ponta da língua!

Uma forma de fazer isso é através de um estudo ativo. Não basta apenas fazer a leitura da letra da lei, mas sim acompanhá-la de anotações que possam vir a ser gatilhos para ajudar na sua memória mais para frente.

5 – Concurso público não é uma linha reta

Muitas emoções, frustrações e cobranças da família atravessarão sua jornada rumo a aprovação.

Não adianta abdicar de tudo e não ter equilíbrio emocional durante a sua preparação. Ter um estudo sustentável é fundamental. Principalmente quando falamos em um projeto de longo prazo, como é o caso do concurso público.

Curtiu as dicas para iniciar a preparação para concursos? Entre para o Clube da Folha e começa agora mesmo!

Preparação para concursos é com o Clube da Folha

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *